Repositório Digital

A- A A+

Concentrações biogênicas em sistemas fluviais, fácies de planície de inundação : Sítio Linha Várzea, um estudo de caso para o triássico sul-brasileiro

.

Concentrações biogênicas em sistemas fluviais, fácies de planície de inundação : Sítio Linha Várzea, um estudo de caso para o triássico sul-brasileiro

Mostrar registro completo

Estatísticas

Título Concentrações biogênicas em sistemas fluviais, fácies de planície de inundação : Sítio Linha Várzea, um estudo de caso para o triássico sul-brasileiro
Autor Martinelli, Greice
Orientador Schultz, Cesar Leandro
Co-orientador Rosa, Atila Augusto Stock da
Data 2007
Nível Mestrado
Instituição Universidade Federal do Rio Grande do Sul. Instituto de Geociências. Programa de Pós-Graduação em Geociências.
Assunto Formação Santa Maria
Paleovertebrados
Tafonomia
[en] Biogenic concentration
[en] Santa Maria Formation
[en] Taphonomy
[en] Therapsids
[en] Triassic
Resumo O Sítio Linha Várzea, localizado a cerca de 4 km a nordeste da cidade de Paraíso do Sul – RS é composto por três afloramentos principais, situados às margens de três açudes artificiais de captação de água, o LV1/Base, o LV1/Topo, ambos subdivididos em Margem Leste e Oeste, e o LV2. Estes afloramentos são formados por siltitos avermelhados, característicos do Membro Alemoa da Formação Santa Maria. O conteúdo fossilífero desse conjunto de afloramentos é constituído por dicinodontes e cinodontes de tamanhos distintos, arcossauros e material icnológico representado por coprólitos atribuídos a formas herbívoras e carnívoras, constituindo-se assim, de uma assembléia fossilífera típica da Cenozona de Therapsida. O material referente aos Synapsidas é mais representativo e estágios ontogenéticos distintos podem ser evidenciados nos dicinodontes. Os espécimes apresentam variados graus de desarticulação e seguem duas formas preferenciais de preservação: bem preservados e mal preservados (“inchados”). Fósseis desarticulados são predominantes nos três afloramentos, mas estes apresentam diferenças nos aspectos de preservação. O LV1/Base possui fósseis preferencialmente “inchados” na Margem E e bem preservados na Margem W, no LV1/Topo são encontrados fósseis geralmente em bom estado de preservação, e no LV2 destaca-se a presença de um Dinodontosaurus semi-articulado, relativamente completo e “inchado”, possivelmente alvo necrofagia. A tafocenose, é interpretada como autóctone, e a análise sedimentológica e de paleoalterações indica uma variação na relação tempo de exposição/taxa de deposição para cada afloramento, com um distanciamento relativo do canal principal, num ambiente de planície de inundação.
Abstract The Linha Várzea fossiliferous site is composed of three main outcrops, at the margins of artificial lacustrine environments, located 4 km northeast of the town of Paraíso do Sul – RS. The outcrops are named LV1/Base, LV1/Top (both subdivided into Eastern and Western margins) and LV2. The outcrops are composed by reddish siltstones, characteristic of the Alemoa Member, Santa Maria Formation. The fossiliferous content is constituted by dicynodonts and cynodonts of different sizes, archosaurs and ichnologic material (coprolites), attributed to herbivores and carnivores. These fossils constitute the typical fossiliferous assemblage of the Therapsida Cenozone. Synapsids are far the most represented, with distinct ontogenetic stages recorded on dicynodonts. The specimens show all degrees of disarticulation, but main forms of preservation: well and badly preserved (“inflated”). Disarticulated fossils are the most common in all three outcrops, with slight differences on preservational processes. LV1/Base records prefferentially “inflated” fossils at the Eastern Margin, and well preserved at the Western Margin. Fossils at the LV1/Top are generally well preserved. At LV2, a semi-articulated, almost complete and “inflated” Dinodontosaurus is studied in detail, suggesting the record of necrophagy. The taphocenosis is interpreted to be autochtonous. The sedimentological and paleoalteration analysis indicate a shift on the relation exposure time/sedimentation rate for each outcrop, with a relative facies change outwards the main fluvial channel, in a floodplain environment.
Tipo Dissertação
URI http://hdl.handle.net/10183/12519
Arquivos Descrição Formato
000627776.pdf (6.113Mb) Texto completo Adobe PDF Visualizar/abrir

Este item está licenciado na Creative Commons License

Este item aparece na(s) seguinte(s) coleção(ões)


Mostrar registro completo

Percorrer



  • O autor é titular dos direitos autorais dos documentos disponíveis neste repositório e é vedada, nos termos da lei, a comercialização de qualquer espécie sem sua autorização prévia.
    Projeto gráfico elaborado pelo Caixola - Clube de Criação Fabico/UFRGS Powered by DSpace software, Version 1.8.1.