Repositório Digital

A- A A+

"A pupila dos cegos é seu corpo inteiro" : compreendendo as sensibilidades de indivíduos cegos através das suas tessituras narrativas

.

"A pupila dos cegos é seu corpo inteiro" : compreendendo as sensibilidades de indivíduos cegos através das suas tessituras narrativas

Mostrar registro completo

Estatísticas

Título "A pupila dos cegos é seu corpo inteiro" : compreendendo as sensibilidades de indivíduos cegos através das suas tessituras narrativas
Autor Correia, Luiz Gustavo Pereira de Souza
Orientador Victora, Ceres Gomes
Data 2007
Nível Doutorado
Instituição Universidade Federal do Rio Grande do Sul. Instituto de Filosofia e Ciências Humanas. Programa de Pós-Graduação em Antropologia Social.
Assunto Antropologia social
Cegueira
Corpo
Memória
Narrativas
[en] Blindness
[en] Body
[en] Emotions
[en] Memory
[en] Narratives
Resumo Esta tese tem como objetivo compreender as vivências dos processos simbólicos e as interpretações pessoais sobre a perda da visão via narrativas de indivíduos cegos habitantes de Porto Alegre, Rio Grande do Sul. As abordagens teórico-metodológicas são voltadas às temporalidades diversas emaranhadas nas memórias dos personagens e recompostas nas suas narrativas, tendo como pressupostos os ritmos, as descontinuidades, os movimentos e as possibilidades de articulação próprias às trocas intersubjetivas vividas na cidade, entendida aqui como cenário onde se vinculam as experiências. As emoções expressas nas narrativas são os elementos de análise e compreensão das elaborações simbólicas dos personagens da sua localização e orientação social como indivíduos cegos. Desta forma é discutida a intersubjetividade na vivência da cegueira, como possibilidade de pensar a experiência subjetiva do corpo em seu engajamento ou enraizamento no mundo social.
Abstract The aim of this thesis is to understand the experiences of symbolic processes and personal interpretations about loss of vision by narratives of Porto Alegre’s blind inhabitants. The theoretical and methodological approaches follow the several temporalities matted in characters memories and reconstructed in their narratives. The presuppositions are the rhythms, discontinuities, movements and possible articulations peculiar to the intersubjective changes experienced in city as a set where experiences are bond. Emotions expressed in narratives are elements to analyze and understand symbolic elaborations made by characters to explain their social localisation and orientation as blind individuals. In this way, we discuss the intersubjectivity in blindness experience as a way of thinking the subjective experience in its involvement or establishment in the social world.
Tipo Tese
URI http://hdl.handle.net/10183/12529
Arquivos Descrição Formato
000628268.pdf (2.834Mb) Texto completo Adobe PDF Visualizar/abrir

Este item está licenciado na Creative Commons License

Este item aparece na(s) seguinte(s) coleção(ões)


Mostrar registro completo

Percorrer



  • O autor é titular dos direitos autorais dos documentos disponíveis neste repositório e é vedada, nos termos da lei, a comercialização de qualquer espécie sem sua autorização prévia.
    Projeto gráfico elaborado pelo Caixola - Clube de Criação Fabico/UFRGS Powered by DSpace software, Version 1.8.1.