Repositório Digital

A- A A+

Estrutura e organização da cadeia de suprimento de insumos para fitoterápicos

.

Estrutura e organização da cadeia de suprimento de insumos para fitoterápicos

Mostrar registro completo

Estatísticas

Título Estrutura e organização da cadeia de suprimento de insumos para fitoterápicos
Autor Biazús, Mateus Arioli
Orientador Padula, Antonio Domingos
Co-orientador Mayorga Borges, Paulo Eduardo
Data 2008
Nível Mestrado
Instituição Universidade Federal do Rio Grande do Sul. Escola de Administração. Programa de Pós-Graduação em Administração.
Assunto Administração da produção
Cadeia de suprimentos
Cadeia produtiva
Gestão da produção
Plantas medicinais : Remédios fitoterápicos
[en] Distribution channels of medicinal plants
[en] Phytomedicines
[en] Supply chain
[en] Supply chain management (SCM)
Resumo A utilização de medicamentos fitoterápicos tem crescido a taxas acima da média em todo o mundo, quando comparada à dos medicamentos tradicionais, constituindo-se em uma grande oportunidade de crescimento e desenvolvimento para a indústria farmacêutica nacional. O Brasil, além de possuir a maior biodiversidade em plantas do mundo, possui um conhecimento popular em relação à propriedade medicinal de muitas ervas e plantas que poderiam balizar o desenvolvimento de novos medicamentos. Na cadeia produtiva farmacêutica, a qualidade da matéria-prima é fundamental e pode ser a diferença entre a produção de um medicamento eficaz ou não. Nesse contexto, a gestão da cadeia de suprimentos se apresenta como parte importante para a estruturação das relações e para a qualidade do desenvolvimento de tais produtos. Assim, este estudo objetiva analisar a estrutura e organização da cadeia de suprimento de insumos para fitoterápicos, procurando compreender as suas inter-relações e suas dificuldades de desenvolvimento. A pesquisa foi desenvolvida em parceria com a Escola de Administração da Universidade Federal do Rio Grande do Sul (UFRGS) e com o projeto Centro de Estudos Avançados em Biodiversidade e Fitoprodutos (BIO-FITO) da Faculdade de Farmácia da UFRGS. Foram estudados três laboratórios situados no Rio Grande do Sul, que utilizam a planta Maytenus ilicifolia (Schrad.) Planch., conhecida popularmente como “Espinheira-santa”, para a produção de fitoterápicos. Com base nos resultados encontrados, verificou-se que a estrutura da cadeia de suprimentos apresenta dificuldades relacionadas ao fluxo de informações e de produtos e que existem três diferentes formas de estrutura e organização para obtenção de insumos pela empresa focal: compra, verticaliza parcialmente e verticaliza totalmente. A definição dessa estrutura está diretamente relacionada com os recursos disponíveis na empresa e para identificá-la foi criado um modelo teórico.
Abstract The use of phytomedicines has grown above average in the world, when compared to the traditional medicines, consisting in a great opportunity of growth and development for the national pharmaceutical industry. Brazil, beyond the fact that possesses the largest biodiversity of plants in the world, possesses also a popular knowledge related to medicinal properties of many herbs and plants, which could lead to the development of new medicines. In the pharmaceutical supply chain, the quality of the raw material is fundamental and could be the difference between the production of an efficient medicine or not. In this context, the supply chain management presents itself as a key element to structure the business relations and to the quality of these products development. Therefore, the aim of this study is to analyze the structure and organization of the raw material’s supply chain for phytomedicines, trying to comprehend the inter-relations and the difficulties of its development. The research was developed in a partnership of the Management School of Federal University of Rio Grande do Sul (UFRGS) and the project “Centro de Estudos em Biodiversidade e Fitoprodutos” (BIO-FITO) of Pharmacy School from UFRGS. Three laboratories which use the plant Maytenus ilifolia (Schrad.) Planch. for the production of phytomedicines were studied in Rio Grande do Sul. Based on the results, it was verified that the structure of the supply chain presents difficulties related to the flow of information and products and that exists three different ways of structure and organization to obtain raw materials for the enterprise: purchase, partially integrates and totally integrates. The definition of this structure is directly related to the available resources in the firm and for its identification was created a theoretical model.
Tipo Dissertação
URI http://hdl.handle.net/10183/12555
Arquivos Descrição Formato
000630063.pdf (322.8Kb) Texto completo Adobe PDF Visualizar/abrir

Este item está licenciado na Creative Commons License

Este item aparece na(s) seguinte(s) coleção(ões)


Mostrar registro completo

Percorrer



  • O autor é titular dos direitos autorais dos documentos disponíveis neste repositório e é vedada, nos termos da lei, a comercialização de qualquer espécie sem sua autorização prévia.
    Projeto gráfico elaborado pelo Caixola - Clube de Criação Fabico/UFRGS Powered by DSpace software, Version 1.8.1.