Repositório Digital

A- A A+

Introdução do jundiá (Rhamdia quelen) e da tilápia-do-Nilo (Oreochromis niloticus) no tradicional sistema de policultivo de carpas do Rio Grande do Sul : introdução isolada ou conjunta

.

Introdução do jundiá (Rhamdia quelen) e da tilápia-do-Nilo (Oreochromis niloticus) no tradicional sistema de policultivo de carpas do Rio Grande do Sul : introdução isolada ou conjunta

Mostrar registro completo

Estatísticas

Título Introdução do jundiá (Rhamdia quelen) e da tilápia-do-Nilo (Oreochromis niloticus) no tradicional sistema de policultivo de carpas do Rio Grande do Sul : introdução isolada ou conjunta
Outro título Introduction of jundia (Rhamdia quelen) and Nile Tilapia (Oreochromis niloticus) in the traditional carp polyculture practiced in Rio Grande do Sul : isolate or conjugate introduction
Autor Silva, Leonardo Bolognesi da
Orientador Kessler, Alexandre de Mello
Souza, Silvia Maria Guimaraes de
Co-orientador Barcellos, Leonardo Jose Gil
Data 2007
Nível Mestrado
Instituição Universidade Federal do Rio Grande do Sul. Faculdade de Agronomia. Programa de Pós-Graduação em Zootecnia.
Assunto Carpa
Jundiá
Peixe
Piscicultura
Rio Grande do Sul
Tilapia do nilo
Resumo O policultivo de peixes é praticado em mais de 95% das propriedades do Rio Grande do Sul. Objetivando melhorar os índices de produtividade e desempenho das espécies utilizadas no atual sistema, o trabalho buscou identificar a melhor relação de introdução de Rhamdia quelen e de Oreochromis niloticus no policultivo tradicional de carpas praticado no Estado. Durante a fase de crescimento inicial, o presente estudo foi conduzido num período experimental de 86 dias em nove tanques escavados de 250m2 de área superficial (1,2 m de profundidade). Um dos tanques foi estocado com a proporção usual empregada na região como o controle, ou seja, 35% de carpa comum (CC), 35% de carpa-capim (GC), 15% de carpa prateada (CP) e 15% de carpa cabeça-grande (CCG) em uma densidade de estocagem de 2875 peixes/ha. Dois tanques foram estocados com a mesma relação de espécies, mas com densidade de 5750 peixes/ha (tratamento 1, T1). Dois tanques com 20%CC: 30%GC: 10%CP: 20%CCG e 20% de jundiá (JN), densidade de 5750 peixes/ha (tratamento 2, T2). Como tratamento 3 (T3), dois tanques com 35%GC: 5%CP: 10%CCG: 20% JN e 30% de tilápia-do-Nilo (TN), densidade de 5750 peixes/ha e o quarto tratamento (T4) com 15%CC: 30%GC: 5%CP: 10% CCG: 20% JN e 20%TN, com a mesma densidade. Todos os parâmetros da qualidade de água avaliados estavam dentro da faixa ideal para o cultivo de peixes. Nenhuma correlação significativa foi encontrada entre as relações de espécies e os parâmetros da qualidade de água. O peso final por espécie nos diferentes tratamentos mostrou algumas diferenças estatísticas mostrando efeito no crescimento das espécies. A sobrevivência foi considerada satisfatória em todos os tratamentos testados. Quando os dados são analisados pela perspectiva zootécnica, a relação de espécies mais promissora para o policultivo parece ser a usada no T4. A exclusão completa da CC no T3 não se refletiu em bom resultado zootécnico, já a redução do percentual de CC de 35% para 15% e introdução de 20% de JN mostrou efeito positivo. A introdução de JN nos policultivos testados não causou efeito sobre as outras espécies. A TN cresceu melhor no T3 onde não havia CC, entretanto a CC mostrou melhor desempenho na presença da TN. A associação da CC e da TN aumenta o crescimento da CC. Baseado nos dados apresentados a relação de espécies para policultivo (fase inicial) que se mostrou mais promissora foi usada no T4. A redução da taxa de CC e a introdução da TN e do JN provocou efeitos positivos em todos os parâmetros zootécnicos avaliados.
Abstract Fish polyculture is practiced in more than 95% fish farm of Rio Grande do Sul. Aiming to increase productivity and performance of the species traditionally used, the present work was conducted in an attempt to identify the better species ratio of introduction of jundia (Rhamdia quelen) and Nile tilapia (Oreochromis niloticus) in the traditional carp polyculture practiced in the state. The experiment was conducted over 86 days, in nine 250 m2 earthen ponds (1.2 m deep), and comprised the initial growing period of fish. As control, one pond was stocked with a species ratio usually employed in the region: 35% common carp, Cyprinus carpio (CC), 35% grass carp, Ctenopharyngodon idella (GC), 15% silver carp, Hypophtalmichthys molitrix (SC) and 15% bighead carp, Aristichthys nobilis (BC) with a density of 2875 fish/ha. Treatment I consisted of two ponds stocked with the same species ratio, but with a density of 5750 fish/ha; this fish density was also used in the remaining treatments. Treatment II consisted of two ponds with 20% CC, 30% GC, 10% SC, 20% BC and 20% jundia, Rhamdia quelen (JN). Treatment III consisted of two ponds with 35% GC, 5% SC, 10% BC, 20% JN and 30% Nile tilapia, Oreochromis niloticus (NT). Treatment IV consisted of two ponds with 15% CC, 30% GC, 5% SC, 10% BC, 20% JN and 20% NT. All water quality parameters evaluated were within acceptable limits for fish culture in pond water. No significant correlation was found between species rate and the water quality parameters. The final weight of different species, in different treatments, showed statistical differences. Survival rate was satisfactory in all treatments employed. Considering growth parameters, the best result was obtained in treatment IV. A complete exclusion of the CC in treatment III had no advantage over the other treatments; however, the reduction of CC percentage from 35% to 15% allowed the introduction of JN, with positive effects. In addition, the introduction of JN in the polycultures tested had no effect over the other species. Nile tilapia grew better in treatment III with no CC, but CC had a better performance in the presence of NT. The association of CC and TN improve the grow of CC. Based on the data presented herein, the most promising polyculture ratio for initial growing season seems to be that used in treatment IV. The reduction of the CC ratio and the introduction of NT and JN had positive effects in all growth parameters evaluated.
Tipo Dissertação
URI http://hdl.handle.net/10183/12580
Arquivos Descrição Formato
000630290.pdf (1.369Mb) Texto completo Adobe PDF Visualizar/abrir

Este item está licenciado na Creative Commons License

Este item aparece na(s) seguinte(s) coleção(ões)


Mostrar registro completo

Percorrer



  • O autor é titular dos direitos autorais dos documentos disponíveis neste repositório e é vedada, nos termos da lei, a comercialização de qualquer espécie sem sua autorização prévia.
    Projeto gráfico elaborado pelo Caixola - Clube de Criação Fabico/UFRGS Powered by DSpace software, Version 1.8.1.