Repositório Digital

A- A A+

A contabilidade social na perspectiva clássica : (capital produtivo e não-produtivo : traçando um mapa do sistema de contas nacionais brasileiro)

.

A contabilidade social na perspectiva clássica : (capital produtivo e não-produtivo : traçando um mapa do sistema de contas nacionais brasileiro)

Mostrar registro completo

Estatísticas

Título A contabilidade social na perspectiva clássica : (capital produtivo e não-produtivo : traçando um mapa do sistema de contas nacionais brasileiro)
Autor Pinto, José Paulo Guedes
Orientador Maldonado Filho, Eduardo Augusto de Lima
Data 2007
Nível Mestrado
Instituição Universidade Federal do Rio Grande do Sul. Faculdade de Ciências Econômicas. Programa de Pós-Graduação em Economia.
Assunto Brasil
Capitalismo
Contabilidade nacional
Contabilidade social
Contas nacionais
Mais valia
Teoria econômica marxista
[en] Marxian theory
[en] National accounts
[en] Surplus value
Resumo O objetivo dessa dissertação é apresentar um exercício empírico, qual seja, transformar a contabilidade nacional oficial em categorias analíticas da economia clássica/marxiana. Esse processo é baseado na metodologia desenvolvida por Shaikh e Tonak (1994). No primeiro capítulo nós apresentamos de forma sucinta os principais aspectos teóricos da distinção entre o trabalho produtivo e o trabalho não-produtivo do ponto de vista do capital. No segundo capítulo apresentamos tanto a análise crítica do sistema de contas nacionais quanto a metodologia para realizar o mapeamento da contabilidade nacional convencional para categorias clássicas/marxianas. No terceiro capítulo aplicamos esse mapeamento nas contas nacionais brasileiras. Assim, baseando-nos nos recentes desenvolvimentos da pesquisa empírica marxista, estamos aptos a calcular a taxa de mais-valia, a composição valor e material do capital e a taxa geral de lucro marxiana para os períodos entre 1990-1994, 1995-1999 e 2000-2004.
Abstract The aim of this dissertation is to present an empirical exercise of transforming the official accounts into the classical/marxian analytical framework. Our transformation procedure is based on the methodology developed by Shaikh and Tonak (1994). Initialy we briefly present the mains theoretical aspects of the distinction between productive and unproductive labour. In the second chapter, it is presented both the critical analysis of the system of national accounts and the methodology for mapping conventional national accounts into the classical/marxian categories. In the third chapter we apply this mapping methodology to the Brazilian national accounts. Therefore, based on recent developments in Marxian empirical research, we were able to calculate the rate of surplus value, the value and materialized composition of capital and the general Marxian rate of profit for the 1990-1994, 1995-1999 and 2000-2004 periods.
Tipo Dissertação
URI http://hdl.handle.net/10183/12587
Arquivos Descrição Formato
000631073.pdf (638.0Kb) Texto completo Adobe PDF Visualizar/abrir

Este item está licenciado na Creative Commons License

Este item aparece na(s) seguinte(s) coleção(ões)


Mostrar registro completo

Percorrer



  • O autor é titular dos direitos autorais dos documentos disponíveis neste repositório e é vedada, nos termos da lei, a comercialização de qualquer espécie sem sua autorização prévia.
    Projeto gráfico elaborado pelo Caixola - Clube de Criação Fabico/UFRGS Powered by DSpace software, Version 1.8.1.