Repositório Digital

A- A A+

Avaliação do desempeho clínico de restaurações classe V em resina composta realizadas por alunos de graduação da Faculdade de Odontologia da UFRGS

.

Avaliação do desempeho clínico de restaurações classe V em resina composta realizadas por alunos de graduação da Faculdade de Odontologia da UFRGS

Mostrar registro completo

Estatísticas

Título Avaliação do desempeho clínico de restaurações classe V em resina composta realizadas por alunos de graduação da Faculdade de Odontologia da UFRGS
Outro título Clinical performance evaluation of composite resin class V restorations placed by students from UFRGS School of Dentistry
Autor Marina, Camila
Orientador Feldens, Thaís Thomé
Data 2015
Nível Graduação
Instituição Universidade Federal do Rio Grande do Sul. Faculdade de Odontologia. Curso de Odontologia.
Assunto Restauracoes : Resinas compostas
[en] Composite resin
[en] Posterior restorations
[en] Retrospective study
Resumo O trabalho avaliou o desempenho clínico de restaurações de Classe V em resina composta realizadas por alunos de graduação da Faculdade de Odontologia da UFRGS no período de 2008 a 2012 através de modificações dos métodos USPHS e FDI. Os pacientes selecionados foram convidados a comparecer à Faculdade e receberam informações detalhadas sobre todos os procedimentos, sendo solicitado então o Consentimento Livre e Esclarecido. Foram avaliados 25 pacientes, em um total de 55 restaurações. A média de idade dos pacientes foi de 56,7 anos e o tempo de permanência em boca das restaurações avaliadas variou entre 22 e 78 meses, com uma média de tempo de aproximadamente 40,2 meses, desconsiderando as restaurações perdidas. As restaurações foram divididas em dois grupos, o primeiro contendo restaurações de 22 a 42 meses (1,8 a 3,5 anos) em boca, e o segundo contendo restaurações de 43 a 78 meses (3,6 a 6,5 anos) em boca. O primeiro grupo foi composto por 27 restaurações e o segundo por 28 restaurações. Os dados coletados foram tabulados e os escores com piores desempenhos que identificam restaurações com necessidade de troca ou reparo foram submetidos à análise estatística através do teste não-paramétrico de Mann-Whitney, com nível de significância de 5%. Entre as restaurações avaliadas, 16 (29,09%) foram classificadas como insatisfatórias ou deficientes, dessas 10 foram perdidas, sendo que em 2 (duas) ocorreu a perda total dos dentes e 1 (uma) havia a presença de tecido cariado na cavidade dentária remanescente que abrigava a restauração perdida. Os principais motivos para reparo ou substituição das restaurações foram em função da fratura e retenção (21,81%) e de forma anatômica (21,81%). Também foram motivos de falha os itens adaptação marginal (10,9%), integridade dental (10,9%) recorrências de cáries, erosão ou abfração (5,45%), estabilidade de cor e transluscência (5,45%), considerando a possibilidade de que uma restauração pode apresentar mais de um critério que a caracteriza como falha. Ponderando o tempo de acompanhamento retrospectivo, o impedimento de um comparativo das restaurações em um “tempo zero” e o número de amostras do presente estudo, conclui-se que: 1).Restaurações Classe V realizadas na Faculdade de Odontologia da UFRGS possuem bom desempenho clínico. 2) Os métodos utilizados (USPHS e FDI modificados) mostraram-se eficazes. Entretanto, o método FDI demonstrou ser mais sensível em avaliar complicações. 3) Perdas e fraturas das restaurações foram as maiores causas de insucesso e não estão associadas ao tempo das restaurações em boca.
Abstract The present paper has evaluated the clinical performance of Class V composite resin restorations performed by students of UFRGS School of Dentistry from 2008 until 2012 through a change of USPHS and FDI methods.The selected patients were invited to come to the University and were instructed in detail about all procedures and have been asked to sign a Consent Form. An overall of 25 patients have been evaluated, with a total of 55 restorations. The patients’ average age was 56.7 years, the time in-mouth of the evaluated restorations has varied between 22 and 78 months, with an average time of 40.2 months, not considering discarted restorations. These have been split in two groups, the first one containing restorations from 22 to 42 months (1.8 to 3.5 years) in use, and the second from 43 to 78 months (3.6 to 6.5 years). The first group contained 27 restorations and the second one 28 restorations. The collected data has been organized and the worst scores - which identify restorations that need to be replaced or repaired - have been submitted to a statistical analysis, the non-parametric Mann-Whitney test with 5% level of significance. Among the evaluated restorations, 16 (29.09%) have been classified as non-satisfactory or deficient – 10 of those have been lost, from those 2 were complete loss of teeth and 1 had the presence of cariated tissue in the restoration’s dental cavity. The main reasons for restorations repair or replacement were due to fracture and retention (21.81%) and anatomic form (21.81%). Also the cause of failures were marginal adaption (10.9%), dental integrity (10.9%) caries reccurrence, erosion or abfraction (5.45%), color stability and transluscence (5.45%), considering that one restoration may have more than one failure-characterizing criterion. Considering the observation time backwards, the impossibility to compare restorations in “time zero” and the sample space of the current study, one can come to the conclusion that: 1) Class V restorations performed in the UFRGS School of Dentistry have a good clinic performance. 2) The used methods (USPHS and Modified FDI) have proven to be effective. However the FDI method has shown more responsiveness in evaluating complications. 3) Restorarion losses and fractures have been the biggest causes of unsucess and are not associated to the restorarion time in mouth.
Tipo Trabalho de conclusão de graduação
URI http://hdl.handle.net/10183/125881
Arquivos Descrição Formato
000970789.pdf (1.022Mb) Texto completo Adobe PDF Visualizar/abrir

Este item está licenciado na Creative Commons License

Este item aparece na(s) seguinte(s) coleção(ões)


Mostrar registro completo

Percorrer



  • O autor é titular dos direitos autorais dos documentos disponíveis neste repositório e é vedada, nos termos da lei, a comercialização de qualquer espécie sem sua autorização prévia.
    Projeto gráfico elaborado pelo Caixola - Clube de Criação Fabico/UFRGS Powered by DSpace software, Version 1.8.1.