Repositório Digital

A- A A+

Humor e subversão : a comicidade nas ilustrações do Coojornal e a resistência política

.

Humor e subversão : a comicidade nas ilustrações do Coojornal e a resistência política

Mostrar registro completo

Estatísticas

Título Humor e subversão : a comicidade nas ilustrações do Coojornal e a resistência política
Autor Amado, Thamiriz Rocha
Orientador Rosário, Nísia Martins do
Co-orientador Coca, Adriana Pierre
Data 2015
Nível Graduação
Instituição Universidade Federal do Rio Grande do Sul. Faculdade de Biblioteconomia e Comunicação. Curso de Comunicação Social: Habilitação em Jornalismo.
Assunto Coojornal (Jornal)
Humorismo
Imprensa alternativa
[en] Alternative press
[en] Caricature
[en] Cartoon
[en] Civil-military dictatorship
[en] Comicality
[en] Coojornal
[en] Humor
[en] Illustration
[en] Journalism
Resumo Esta pesquisa analisou as ilustrações pertencentes aos últimos dois anos do jornal alternativo Coojornal, referentes aos anos de 1982 e 1983, tendo em vista ser um período que diz respeito ao final dos anos de ditadura civil-militar no Brasil, anos de redemocratização e de resistência política. O objetivo centrou-se na relação entre as questões referentes à comicidade e ao jornalismo, e como essa dinâmica se dava nos anos de repressão e de controle aos meios de comunicação. Para isso, são utilizados autores que estudam o humor, a ditadura, a imprensa alternativa, que surgiu a partir do golpe de 1964, e as formas de ilustrações, como a charge e a caricatura. Compreendendo que o humor foi uma forma de burlar a censura ou de criticá-la, para esse estudo foram selecionadas quatro ilustrações relacionadas com política e pertencentes aos chargistas Santiago e Edgar Vasques para serem analisadas em seu conteúdo político, crítico e humorístico. Entendendo que o cômico do duplo sentido e da ironia são elementos constituidores das ilustrações, buscamos relacionar a teoria referente ao humor para analisar os desenhos do Coojornal.
Abstract This research analyzed the illustrations belonging to the last two years of the alternative newspaper Coojornal, related to the years of 1982 and 1983, in view of this being a period that concerns the final years of civil-military dictatorship, years of re-democratization and political resistance. The objective focused on the relationship between the issues concerning the comicality and the journalism, and how this dynamic occurred in the years of repression and control of the media. For this, it was used authors that study the humor, the dictatorship, the alternative press, that appeared since the military coup of 1964, and the various forms of illustration, like cartoons and caricatures. Understanding that the humor was a way of cheating the censorship or criticize it. For this study it was selected four illustration related to politics and belonging to the cartoonists Santiago and Edgar Vasques to be analyzed in its political, critical and humorous content. Understanding that the comic of the double entendre and the comic of the irony are elements that constitutes the illustrations, we sought to relate the theory concerning the humor to analyze the drawings of the Coojornal.
Tipo Trabalho de conclusão de graduação
URI http://hdl.handle.net/10183/125968
Arquivos Descrição Formato
000972045.pdf (1.963Mb) Texto completo Adobe PDF Visualizar/abrir

Este item está licenciado na Creative Commons License

Este item aparece na(s) seguinte(s) coleção(ões)


Mostrar registro completo

Percorrer



  • O autor é titular dos direitos autorais dos documentos disponíveis neste repositório e é vedada, nos termos da lei, a comercialização de qualquer espécie sem sua autorização prévia.
    Projeto gráfico elaborado pelo Caixola - Clube de Criação Fabico/UFRGS Powered by DSpace software, Version 1.8.1.