Repositório Digital

A- A A+

Estudo sobre a colaboração em exergames : o modo colaborativo do Running Wheel

.

Estudo sobre a colaboração em exergames : o modo colaborativo do Running Wheel

Mostrar registro completo

Estatísticas

Título Estudo sobre a colaboração em exergames : o modo colaborativo do Running Wheel
Outro título Study about collaboration in exergames : the collaborative mode of Running Wheel
Autor Silva, Rodrigo Nunes Moni da
Orientador Nedel, Luciana Porcher
Co-orientador Nunes, Mateus Bisotto
Data 2015
Nível Graduação
Instituição Universidade Federal do Rio Grande do Sul. Instituto de Informática. Curso de Ciência da Computação: Ênfase em Ciência da Computação: Bacharelado.
Assunto Computação gráfica
Jogos eletrônicos
[en] Collaboration
[en] Competition
[en] Exergame
[en] Physical exercise
[en] Virtual reality
Resumo Nos dias atuais, os jogos eletrônicos fazem parte do cotidiano de diversas pessoas, que buscam diversão, distração, entre outros motivos. Entretanto, a maioria deles não estimula fisicamente os jogadores, o que acaba tornando-os em uma atividade sedentária. Para unir a diversão dos jogos e os benefícios de um exercício físico os exergames foram criados. Running Wheel é um exergame de corrida ou caminhada, onde são capturados a velocidade e o ritmo cardíaco de cada jogador. A interface usada é uma esteira ergométrica. Este trabalho dará continuidade aos estudos já feitos sobre este sistema. Buscando encontrar formas mais eficientes de motivar as pessoas, além do modo multiplayer competitivo (correr ou caminhar contra um oponente) já presente, foi desenvolvido o modo colaborativo (correr ou caminhar com dois parceiros). Após a implementação do sistema, foi desenvolvida uma metodologia a fim de avaliar a seguinte hipótese: "Existe diferença de desempenho entre as pessoas que utilizam o modo colaborativo de jogo e àquelas que utilizam o modo competitivo". O sistema foi testado por 12 participantes ao longo de três sessões que levavam em torno de 30 minutos cada, de onde 12 minutos eram destinados a correr ou caminhar na esteira. Houve uma divisão na escolha do modo preferido, sendo que cada modo recebeu 6 votos. O sistema agradou bastante os voluntários, que afirmaram ser bem melhor realizar uma caminhada ou corrida na esteira utilizando esse exergame. Foi possível verificar uma diferença significativa de desempenho entre os grupos através da análise da velocidade alcançada pelos jogadores. O grupo competitivo obteve uma média cerca de 7,9% maior que a do grupo colaborativo. No entanto, levando em consideração a distância percorrida, os batimentos cardíacos e a percepção de cansaço, não foi possível encontrar uma diferença estatisticamente significante. O sistema mostrou-se bastante eficiente, mudando a percepção de competitividade e engajamento em grupo dos participantes. Após o experimento, os voluntários se consideraram mais competitivos e mais engajados em metas de grupo. Trabalhos futuros devem levar em consideração a criação de ambientes mais diversificados, inclusão de sons e inclusão de mais participantes no jogo.
Abstract Nowadays electronic games are part of the routine of many people that seek fun, distraction or any other reason. However, most of them don’t physically stimulate the players, what ends up making them a sedentary activity. To join the fun of games and the benefits of a physical exercise the exergames were created. Running Wheel its a running or walking exergame, where the speed and heartbeat of each player are captured. The interface used is a treadmill. This paper will continue the studies already made about this system. Looking for more efficient ways of motivating people, aside from the already present multiplayer competitive mode (running or walking against an opponent), the cooperative mode (running or walking with two partners) was added. After the implementation of the system , a methodology was developed to evaluate the following hypothesis: "There is a difference of performance between people that use the cooperative gaming mode and those who use the competitive". The system was tested by 12 participants, in three sessions that took about 30 minutes each, only 12 minutes where destined to running or walking in the treadmill. There was a division in the choice of the favorite mode, and each received 6 votes. The system was well accepted by the voluntary, that affirmed that is much better to walk or run in the treadmill while using this exergame. It was possible to verify a significant difference in performance between the groups through the speed achieved by the players. The competitive group achieved an average about 7.9% higher than the cooperative. Although, considering the distance covered, heartbeat and perception of tiredness, no statistically significant difference was found. The system proved to be very efficient, changing the perception of competitiveness and group commitment of the participants. After the experiment the volunteers considered themselves more competitive and engaged in group goals. Future works must take in account the creation of more diversified environments, inclusion of sound and inclusion of more participants in the game.
Tipo Trabalho de conclusão de graduação
URI http://hdl.handle.net/10183/126079
Arquivos Descrição Formato
000971098.pdf (6.672Mb) Texto completo Adobe PDF Visualizar/abrir

Este item está licenciado na Creative Commons License

Este item aparece na(s) seguinte(s) coleção(ões)


Mostrar registro completo

Percorrer



  • O autor é titular dos direitos autorais dos documentos disponíveis neste repositório e é vedada, nos termos da lei, a comercialização de qualquer espécie sem sua autorização prévia.
    Projeto gráfico elaborado pelo Caixola - Clube de Criação Fabico/UFRGS Powered by DSpace software, Version 1.8.1.