Repositório Digital

A- A A+

Revisitando o conceito de mecanismo de coordenação : confiança como um mecanismo de coordenação na análise de formas organizacionais plurais no agronegócio

.

Revisitando o conceito de mecanismo de coordenação : confiança como um mecanismo de coordenação na análise de formas organizacionais plurais no agronegócio

Mostrar registro completo

Estatísticas

Título Revisitando o conceito de mecanismo de coordenação : confiança como um mecanismo de coordenação na análise de formas organizacionais plurais no agronegócio
Outro título Reviewing the concept of coordination mechanism: trust as a coordination mech-anism in the analysis of plural organizational forms in agribusiness
Autor Gonçalves, Wilson Magela
Silva, Tania Nunes da
Resumo A questão de coordenação, de alocação de recursos e das formas organizacionais utilizados para esta alo-cação, tem sido destacado como um foco de investigação em diferentes ciências e abordagens teóricas , tais como economia, sociologia e Teoria Organizacional , entre outros. Embora os modelos, estruturas de go-vernança e formas organizacionais tenham merecido grande destaque, o mesmo não ocorre com o conceito de mecanismo de coordenação, evidenciando a necessidade de revisão e reconstrução deste conceito. Confi-ança, considerada por muitos autores como sendo um dos mecanismos de coordenação, tem sido utilizada como uma forma complementar e integrada com outras abordagens. No agronegócio, mesmo que seja men-cionado, são poucas as obras que a contemple de forma mais profunda. A confiança foi escolhida para este ensaio como um esforço para elucidar algumas questões teóricas relativas ao mecanismo de coordenação. Assim, o objetivo deste trabalho é revisitar de forma aprofundada o conceito de mecanismo de coordenação. Conclui-se que a confiança atende aos propósitos de um mecanismo de coordenação, e que é necessário uma melhor identificação das arenas e mecanismos de coordenação e as possíveis combinações de meca-nismos na identificação de formas organizacionais.
Abstract The matter of coordination, of allocation of resources and of the organizational forms used for this alloca-tion, has been highlighted as an investigative focus in different sciences and theoretical approaches such as economics, sociology, and Organizational Theory, amongst others. Although models, governance structures and organizational forms have deserved great prominence, the same doesn’t occur with the concept of coor-dination mechanism, showing the necessity of reviewing and rebuilding of this concept. Trust, considered by many authors as being one of the mechanisms of coordination, has been used as a complementary and inte-grates form to other approaches. In agribusiness, even though it’s mentioned, few are the works that con-templates them in a more deep way. It has been chosen make this essay as an effort to elucidate the theoreti-cal matters approached. Thus, the goal of this work is reviewing the concept of coordination mechanism. It is concluded that trust attends to the proposals of a coordination mechanism and that it’s necessary the well-identification of the arenas and coordination mechanisms and the possible combinations of mechanisms in the identification of organizational forms.
Contido em Revista de gestão e organizações cooperativas. Santa Maria, RS. Vol. 2, n. 3, (jan./jun. 2015), p. 15-25
Assunto Agronegócios
Coordenação
Governança
[en] Dependencies
[en] Governance
[en] Interdependencies
[en] Mechanism of coordination
[en] Trust
Origem Nacional
Tipo Artigo de periódico
URI http://hdl.handle.net/10183/126285
Arquivos Descrição Formato
000972239.pdf (327.1Kb) Texto completo Adobe PDF Visualizar/abrir

Este item está licenciado na Creative Commons License

Este item aparece na(s) seguinte(s) coleção(ões)


Mostrar registro completo

Percorrer



  • O autor é titular dos direitos autorais dos documentos disponíveis neste repositório e é vedada, nos termos da lei, a comercialização de qualquer espécie sem sua autorização prévia.
    Projeto gráfico elaborado pelo Caixola - Clube de Criação Fabico/UFRGS Powered by DSpace software, Version 1.8.1.