Repositório Digital

A- A A+

A pessoa como centro do cuidado na prática do médico de família

.

A pessoa como centro do cuidado na prática do médico de família

Mostrar registro completo

Estatísticas

Título A pessoa como centro do cuidado na prática do médico de família
Outro título The person at the center of care in the practice of the family doctor
Outro título La persona en el centro de la atención en la práctica del médico de familia
Autor Lopes, José Mauro Ceratti
Ribeiro, Jorge Alberto Rosa
Resumo Objetivo: uma atuação centrada na pessoa é considerada essencial para o médico de família e comunidade considerando-se as mudanças ocorridas na sociedade nos séculos XIX e XX. Este artigo apresenta um estudo de caso, cujo objetivo foi identificar se os componentes que caracterizam inequivocamente o Método de Abordagem Clínica Centrada na Pessoa (MCCP) estão presentes na prática do médico de família. Métodos: os dados foram coletados por meio de entrevistas com médicos de família e com pessoas por eles atendidas, sendo os depoimentos gravados, transcritos e analisados com base no Discurso do Sujeito Coletivo. Resultados: identificaram-se aspectos comuns ou contraditórios nos discursos de pessoas e médicos sobre a aplicação da Abordagem Centrada na Pessoa. Conclusão: ainda não existe por parte dos médicos de família um conhecimento adequado sobre significado e aplicação de uma Abordagem Clínica Centrada na Pessoa.
Abstract Objective: a person-centered practice is essential to the family and community doctor in the face of changes in society in the nineteenth and twentieth centuries. This article reports on a case study whose objective was to identify if the components that uniquely characterize the Person Centered Clinical Approach are present in the practice of the family doctor. Methods: data were collected through interviews with family doctors and with people seen by them. The interviews were recorded, transcribed and analyzed using the Discourse of the Collective Subject. Results: the study identified common or contradictory discourses of people and doctors on the application of the person-centered approach. Conclusion: family doctors still lack adequate knowledge about the meaning and application of the Person-Centered Clinical Approach.
Resumen Objetivo: una actividad centrada en la persona es esencial para el médico de familia y comunidad frente a los cambios en la sociedad en los siglos XIX y XX. Este artículo es un estudio de caso, cuyo objetivo fue identificar si los componentes que caracterizan de forma exclusiva el método de la Clínica de Enfoque Centrado en la Persona (MCCP) están presentes en la práctica del médico de familia. Métodos: los datos fueron recolectados a través de entrevistas con los médicos de familia y las personas atendidas por ellos. Las entrevistas fueron grabadas, transcritas y analizadas utilizando el Discurso del Sujeto Colectivo. Resultados: el estudio identificó los discursos comunes o contradictorios de las personas y de los médicos sobre la aplicación del enfoque de los aspectos centrados en la persona. Conclusión: no existe por parte de los médicos de familia adecuado conocimiento del significado y de la aplicación del Enfoque Centrado en la Persona.
Contido em Revista brasileira de medicina de família e comunidade. Rio de Janeiro. Vol. 10, n. 34 (jan./mar. 2015), p. 1-13
Assunto Atenção primária à saúde
Medicina de família
Paciente
[en] Family practice
[en] Patient-centered care
[en] Physician-patient relations
[es] Atención dirigida al paciente
[es] Medicina familiar y comunitaria
[es] Relaciones médico-paciente
Origem Nacional
Tipo Artigo de periódico
URI http://hdl.handle.net/10183/126294
Arquivos Descrição Formato
000970761.pdf (601.5Kb) Texto completo Adobe PDF Visualizar/abrir

Este item está licenciado na Creative Commons License

Este item aparece na(s) seguinte(s) coleção(ões)


Mostrar registro completo

Percorrer



  • O autor é titular dos direitos autorais dos documentos disponíveis neste repositório e é vedada, nos termos da lei, a comercialização de qualquer espécie sem sua autorização prévia.
    Projeto gráfico elaborado pelo Caixola - Clube de Criação Fabico/UFRGS Powered by DSpace software, Version 1.8.1.