Repositório Digital

A- A A+

A formação do tenista de alto redimento : o desafio entre as técnicas avançadas e os modelos estratégico-táticos

.

A formação do tenista de alto redimento : o desafio entre as técnicas avançadas e os modelos estratégico-táticos

Mostrar registro completo

Estatísticas

Título A formação do tenista de alto redimento : o desafio entre as técnicas avançadas e os modelos estratégico-táticos
Autor Klering, Roberto Tierling
Orientador Balbinotti, Carlos Adelar Abaide
Data 2015
Nível Graduação
Instituição Universidade Federal do Rio Grande do Sul. Escola de Educação Física. Curso de Educação Física: Bacharelado.
Assunto Adolescente
Tênis (Esporte)
Treinamento
[en] Adolescent
[en] Teaching
[en] Tennis
[en] Training
Resumo O presente estudo tem por objetivo descrever e comparar as frequências de treinamento das técnicas avançadas em tenistas infantojuvenis brasileiros. Para tanto, aplicouse o Inventário do Treino Técnico-Desportivo do Tenista (ITTT-12) para uma amostra de 37 tenistas do sexo masculino. Todos os tenistas investigados competiam na categoria “Até 14 anos” (Média = 13,10 anos; DP = 0,77) da Confederação Brasileira de Tênis. A coleta de dados ocorreu durante um campeonato internacional de tênis. Utilizou-se ANOVA para medidas repetidas para comparação entre as iniciativas de jogadas (Iniciativas de Saque – IS; Iniciativas de Devolução de Saque – ID; Iniciativas de Troca de Bolas de Fundo de Quadra – IT). Para a comparação entre Golpes de Preparação (GP) e Golpes de Definição (GD), dentro de cada uma das iniciativas de jogadas, utilizou-se o teste t pareado. Encontraram-se diferenças significativas (p < 0,05) entre as três iniciativas de jogadas investigadas ( X IS = 13,70; X ID = 12,35; X IT = 15,46). Além disso, verificou-se diferença significativa (p < 0,05) entre os GP e os GD no treinamento geral das iniciativas de jogadas e, também, dentro dos grupos de IS e de ID. Este resultado pode indicar uma possível especialização precoce dos modelos estratégico-táticos nos jovens tenistas investigados, não incentivando o desenvolvimento técnico-esportivo adequado à formação de um tenista completo.
Abstract The aim of this study is describe and compare the frequencies of advanced techniques training in young Brazilian tennis players. To accomplish it, was applied the Tennis Player Technique-Sportive Train Inventory (ITTT-12) for a sample of 37 male tennis players. All of them participated in the “Under 14” competition (Average = 13,10 years; SD = 0,77) of the Brazilian Tennis Confederation. The data was collected in an international tennis championship. ANOVA repeated measures was used to compare the initiatives of play (Serve Initiatives – IS; Return Initiatives – ID; Rally Initiatives – IT). Also was used an one sample t Test to compare Preparation Strokes (GP) and Definition Strokes (GD) inside of each initiatives of play. Were found significant differences (p < 0,05) among the investigated initiatives of play ( X IS = 13,70; X ID = 12,35; X IT = 15,46). In addition, was verified significant differences (p < 0,05) among the GP and GD in general training initiatives of play and also within groups of IS and ID. This result may indicate an early specialization of the strategic and tactical model for the Brazilians young tennis players, not encouraging the development of the technique-sportive skills needed to form an all-court tennis player.
Tipo Trabalho de conclusão de graduação
URI http://hdl.handle.net/10183/126462
Arquivos Descrição Formato
000973062.pdf (787.8Kb) Texto completo Adobe PDF Visualizar/abrir

Este item está licenciado na Creative Commons License

Este item aparece na(s) seguinte(s) coleção(ões)


Mostrar registro completo

Percorrer



  • O autor é titular dos direitos autorais dos documentos disponíveis neste repositório e é vedada, nos termos da lei, a comercialização de qualquer espécie sem sua autorização prévia.
    Projeto gráfico elaborado pelo Caixola - Clube de Criação Fabico/UFRGS Powered by DSpace software, Version 1.8.1.