Repositório Digital

A- A A+

Fatores que contribuem para a falta de uniformidade de suínos de terminação.

.

Fatores que contribuem para a falta de uniformidade de suínos de terminação.

Mostrar registro completo

Estatísticas

Título Fatores que contribuem para a falta de uniformidade de suínos de terminação.
Outro título Factors affecting uniformity and slaughter weight in pigs
Autor Almeida, Marcelo Nunes de
Orientador Barcellos, David Emilio Santos Neves de
Data 2008
Nível Mestrado
Instituição Universidade Federal do Rio Grande do Sul. Faculdade de Veterinária. Programa de Pós-Graduação em Ciências Veterinárias.
Assunto Peso
Suinos : Patologia veterinaria
Suinos : Producao animal
Terminação
[en] Attrition
[en] Finishing
[en] Low weight
[en] Pigs
[en] Weight variation
Resumo Com a popularização do uso do sistema “todos dentro - todos fora” a variação no peso dos animais ao abate tornou-se evidente. Esta variação de peso acarreta prejuízos aos produtores e indústria, de forma que atualmente diversos estudos são conduzidos direcionados a este assunto. No presente trabalho foram investigados fatores sanitários e de manejo capazes de influenciar a uniformidade do peso dos animais ao abate. Foram avaliados dados de 440 suínos (237 machos e 203 fêmeas) alojados em duas unidades de terminação (A e B) e provenientes de três diferentes origens (Unidades Produtoras de Leitões, UPLs, 1, 2 e 3). Os animais foram pesados à entrada da terminação e aos 102 dias de alojamento (abate). Foram anotadas as doenças que ocorreram no período. A chance dos animais se tornarem de baixo peso ao final da terminação aumentou à medida que diminuiu o peso de alojamento (P<0,05) sendo que quando comparada com a classe de peso na entrada entre 25,0-32,5 Kg a chance foi de 19,5, 8,0 e 5,0 vezes maior paras as classes de peso de 15,0-18,0 Kg, 18,5-21,0 Kg e 21,5-24,5 Kg, respectivamente. Fêmeas tiveram 2,0 vezes mais chance de se tornarem de baixo peso ao final da terminação quando comparadas com machos (P=0,01). Neste experimento a única doença que aumentou a chance dos animais se tornarem de baixo peso ao final da terminação foi diarréia (P<0,01) com 4,5 vezes mais chance quando comparados com os sem doenças. Os fatores que influenciaram a ocorrência de diarréia foram a origem (UPLs) dos animais e o sexo. Animais pertencentes à UPL 1 tiveram 2,4 vezes maior chance de terem diarréia do que os da UPL 3 (P<0,05). Machos, quando comparados com fêmeas, tinham 2,0 vezes mais chance de ocorrência de diarréia (P<0,05). A média de peso final para o grupo de animais com diarréia diferiu (P<0,05) daqueles grupos de animais com artrite, outras enfermidades ou sem doenças, enquanto o ganho de peso diário (GPD) não apresentou diferença entre os grupos de animais sem doença e com artrite (P>0,05), porém estes diferiram daqueles com diarréia e outras doenças (P<0,05).
Abstract One of the consequences of the diffusion of the use of all in-all out management was that weight variation at slaughter became evident. This weight variation causes losses to the producer and to the industry and, because of this; several studies have been carried out to characterize the problem. In the present study, we investigated health and management variables that could influence uniformity and weight at slaughter. Data from 440 pigs (237 males and 203 females) were analyzed. The animals were housed in two finishing facilities (A and B) and originated from three different origins or pig production units (1, 2 and 3). Animals were weighed at placement and after 102 days of housing (slaughter age). Health problems occurring in the period were recorded. The chance to belong to the low weight group at the final of finishing period increased as the placement weight decreased (P<0.05). When compared with the entry weight class 25.0-32.5 Kg, the chance was 19.5, 8.0 and 5.0 higher when compared with weight classes 15.0-18.0 Kg, 18.5-21.0 Kg and 21.5-24.5 Kg, respectively. Females had 2.0 times higher chance to belong to the low weight class at slaughter when compared with males (P=0.01). In the present experiment, the only health problem that increased the chance to fall into the low weight category was diarrhea (P<0.01), with 4.5 times higher chance if compared with healthy animals. Factors influencing the occurrence of diarrhea were origin and sex. Animal belonging to origin 1 had 2.4 time higher chance to present diarrhea when compared with origin 3 (P<0.05). Males, when compared with females, had 2.0 times higher chance to present diarrhea (P<0.05). The average final weight for the group of animals with diarrhea differed (P<0.05) when compared with healthy animals or with those with arthritis or other health problems, while daily weight gain was not different between healthy animals and those with arthritis (P>0.05), but differed from those with diarrhea and other diseases (P<0.05).
Tipo Dissertação
URI http://hdl.handle.net/10183/12700
Arquivos Descrição Formato
000633174.pdf (134.7Kb) Texto completo Adobe PDF Visualizar/abrir

Este item está licenciado na Creative Commons License

Este item aparece na(s) seguinte(s) coleção(ões)


Mostrar registro completo

Percorrer



  • O autor é titular dos direitos autorais dos documentos disponíveis neste repositório e é vedada, nos termos da lei, a comercialização de qualquer espécie sem sua autorização prévia.
    Projeto gráfico elaborado pelo Caixola - Clube de Criação Fabico/UFRGS Powered by DSpace software, Version 1.8.1.