Repositório Digital

A- A A+

Associação da função respiratória com a capacidade de exercício e qualidade de vida em pacientes com carcinomatose peritoneal

.

Associação da função respiratória com a capacidade de exercício e qualidade de vida em pacientes com carcinomatose peritoneal

Mostrar registro completo

Estatísticas

Título Associação da função respiratória com a capacidade de exercício e qualidade de vida em pacientes com carcinomatose peritoneal
Autor Lima, Camila de Oliveira de Carvalho
Orientador Berton, Danilo Cortozi
Data 2015
Nível Mestrado
Instituição Universidade Federal do Rio Grande do Sul. Faculdade de Medicina. Programa de Pós-Graduação em Ciências Pneumológicas.
Assunto Carcinoma
Exercício
Músculos respiratórios
Neoplasias peritoneais
Qualidade de vida
[en] Exercise capacity
[en] Health related quality of life
[en] Peritoneal carcinomatosis
[en] Respiratory function
Resumo A carcinomatose peritoneal (CP), secundária ao avanço neoplásico maligno na cavidade abdominal, causa grande morbidade e tem como recomendação terapêutica atual um tratamento multimodal, que consiste na combinação de cirurgia citorredutora (CCR) agressiva e quimioterapia hipertérmica intraperitoneal (HIPEC). O objetivo do presente estudo é caracterizar a função respiratória desse grupo de pacientes, potencialmente candidatos à abordagem de tratamento multimodal e a relação da função respiratória com a capacidade de exercício e qualidade de vida relacionada à saúde (QVRS). Nesse estudo transversal, 25 pacientes com CP candidatos à abordagem de tratamento multimodal, foram avaliados em um centro terciário de saúde, entre maio de 2013 e abril de 2014. Foram avaliados o performance status (PS), espirometria, pressões respiratórias máximas, capacidade de exercício pelo teste de caminhada de seis minutos (TC6m) e um questionário de QVRS (QQVRS) específico para portadores de câncer. Os valores médios da avaliação de força muscular respiratória e da espirometria estavam dentro dos limites de normalidade. Todavia, foram encontrados valores reduzidos na pressão inspiratória máxima (PImax), na pressão expiratória máxima (PEmax) e na distância percorrida no TC6m em 6/25 (24%), 4/25 (16%), e 9/20 (45%), respectivamente. A PImax se associou com o PS, enquanto que a PEmax se associou com a capacidade de exercício, escala funcional do QQVRS e PS. Em conclusão, uma significativa proporção de pacientes apresentava fraqueza muscular respiratória e redução da capacidade de exercício. A força muscular respiratória mostrou associação significativa com PS, enquanto que a PEmax se relacionou com a capacidade de exercício e escala funcional do questionário de QVRS.
Abstract Peritoneal carcinomatosis (PC), secondary to advanced abdominal malignancies, causes great morbidity and is currently treated using multimodal approaches combining aggressive cytoreductive surgery (CRS) and intraperitoneal hyperthermic chemotherapy (HIPEC). The aim of the present study is to characterize the respiratory functional status of patients with PC potentially candidates to multimodal treatment approaches and the relationship of respiratory function with exercise capacity and health related quality of life (HRQL). In a cross-sectional study, 25 patients with PC referred for CRS plus HIPEC treatment approach at a tertiary care center between May 2013 and April 2014 were evaluated. Performance status, spirometry, maximal respiratory pressure measures,6-minute walk test (6MWT) and cancer specific HRQL questionnaire were assessed. Mean values of spirometry and respiratory muscle strength were above normal limits. However, reduced maximal inspiratory pressure (MIP), maximal expiratory pressure (MEP) and 6MWT distance was found in 6/25 (24%), 4/25 (16%), and 9/20 (45%), respectively. MIP was associated with performance status while MEP was associated with exercise capacity, functional scale of HRQL questionnaire and performance status. A significant proportion of patients presented respiratory muscle weakness and impaired exercise capacity. MEP and MIP were related with performance status while MEP was additionally associated with exercise capacity and functional scale of HRQL.
Tipo Dissertação
URI http://hdl.handle.net/10183/127241
Arquivos Descrição Formato
000973440.pdf (572.8Kb) Texto parcial Adobe PDF Visualizar/abrir

Este item está licenciado na Creative Commons License

Este item aparece na(s) seguinte(s) coleção(ões)


Mostrar registro completo

Percorrer



  • O autor é titular dos direitos autorais dos documentos disponíveis neste repositório e é vedada, nos termos da lei, a comercialização de qualquer espécie sem sua autorização prévia.
    Projeto gráfico elaborado pelo Caixola - Clube de Criação Fabico/UFRGS Powered by DSpace software, Version 1.8.1.