Repositório Digital

A- A A+

A intervenção institucional como determinante da inovação : a indústria naval e Offshore no Brasil

.

A intervenção institucional como determinante da inovação : a indústria naval e Offshore no Brasil

Mostrar registro completo

Estatísticas

Título A intervenção institucional como determinante da inovação : a indústria naval e Offshore no Brasil
Autor Avila, Ariane Mello Silva
Orientador Zawislak, Paulo Antonio
Data 2015
Nível Mestrado
Instituição Universidade Federal do Rio Grande do Sul. Escola de Administração. Programa de Pós-Graduação em Administração.
Assunto Desenvolvimento industrial
Indústria naval
Inovação
[en] Industrial development
[en] Innovation
[en] Institutions
[en] Shipbuilding and offshore industry
Resumo Do ponto de vista econômico, entende-se que ao mesmo tempo em que a sociedade cria as instituições, baseado no comportamento dos indivíduos, as instituições também podem ser impostas a partir das necessidades da sociedade. As instituições desempenham um papel fundamental em permitir a realização do potencial dinâmico das economias nacionais. No entanto, este é o desafio que existe por traz da estruturação de setores re-emergentes, onde os decisores políticos e as empresas têm se esforçado para criar as condições institucionais para que a indústria possa prosperar, evoluir e inovar. As instituições são capazes de ajudar a impulsionar esses esforços a partir de políticas adequadas baseadas em ciência e tecnologia e ações de mercado. Este trabalho utiliza os conceitos da teoria econômica institucional e de inovação com o objetivo de analisar os principais traços da intervenção institucional capazes de estimular a inovação. Por instituições, entende-se um conjunto de restrições, construídas pelos indivíduos, para estruturar as interações sociais (econômicas e políticas), enquanto que por inovação, entende-se uma nova combinação de fatores para atingir resultados superiores. Assim, a inovação é um constructo social, por refletir as necessidades da sociedade, e de concepção institucional por ser aceito, reconhecido e adquirido pelo mercado. Entretanto, no momento em que a inovação não surgir de forma espontânea em determinado quadro institucional faz-se necessário à criação de métodos intervencionistas para estimulá-la. A não espontaneidade da indústria pode levar a distorções, entraves e custos não previstos, por isso, a necessidade de intervenções. A recente história da re-emergente indústria naval e offshore brasileira é ilustrativa para este caso, onde se percebe uma distorção do quadro institucional a partir da criação de regras e leis que servem como filtro para o desenvolvimento do setor. A presença de um quadro institucional formalizado em demasia e a grande presença de intervenções institucionais que estimulam as ações de mercado em detrimento da ciência e tecnologia é resultado de uma desconformidade entre as normas e regras institucionalizadas. Em outras palavras, essa indústria sofre as ações do institutional stuck.
Abstract From the economic perspective, it is understood that while the society creates institutions spontaneously, based on the behavior of individuals, institutions can also be imposed by society’s needs. Institutions play a key role in enabling the realization of the dynamic potential of national economies. However, that is the challenge behind the re-emerging structuring where policy makers and firms have been struggling to create the institutional conditions to allow the industry to flourish, evolve and innovate. Institutions are able to help boost such endeavors whenever the right policies are based on science and technology and market actions. The present study uses the concepts of institutional economics theory and innovation to analyze the main features of institutional intervention capable of stimulating innovation. Institutions mean a set of constraints, built by individuals to structure social interactions (economic and political), while innovation is understood as a new combination of factors to achieve economic results. Thus, innovation is a social construct, because it reflects the needs of society, as well as an institutional concept for it has to be accepted, recognized and purchased by the market. However, when the innovation does not arise spontaneously in certain institutional board it is necessary to create interventional methods to stimulate it. The lack of spontaneity of industry can lead to distortions, barriers and unanticipated costs, so the need for interventions. The recent history of re-emerging shipbuilding and offshore in Brazil illustrates that case, where we can recognize a distortion of the institutional framework from the creation of rules and laws that serve as a filter for the industry development. The presence of an institutional board formalized in excess and the big presence of the institutional interventions that stimulate the actions of the market in detriment of the science and technology is the result of a variance between institutionalized standards and rules. In other words, this industry suffer the actions of the institutional stuck.
Tipo Dissertação
URI http://hdl.handle.net/10183/127251
Arquivos Descrição Formato
000971737.pdf (3.499Mb) Texto completo Adobe PDF Visualizar/abrir

Este item está licenciado na Creative Commons License

Este item aparece na(s) seguinte(s) coleção(ões)


Mostrar registro completo

Percorrer



  • O autor é titular dos direitos autorais dos documentos disponíveis neste repositório e é vedada, nos termos da lei, a comercialização de qualquer espécie sem sua autorização prévia.
    Projeto gráfico elaborado pelo Caixola - Clube de Criação Fabico/UFRGS Powered by DSpace software, Version 1.8.1.