Repositório Digital

A- A A+

Gestão de servidores anistiados no SERPRO : a demissão e o retorno dos marajás

.

Gestão de servidores anistiados no SERPRO : a demissão e o retorno dos marajás

Mostrar registro completo

Estatísticas

Título Gestão de servidores anistiados no SERPRO : a demissão e o retorno dos marajás
Autor Janssen, Fabrício Luiz Villela
Orientador Costa, Silvia Generali da
Data 2015
Nível Especialização
Instituição Universidade Federal do Rio Grande do Sul. Escola de Administração. Curso de Especialização em Gestão Pública - UNISERPRO.
Assunto Anistia
Gestão pública
Servidores publicos
[en] Amnesty
[en] Collor period
[en] Public management
[en] Serpro
Resumo O presente trabalho tem como objetivo resgatar uma parte da história do Serpro, o Serviço Federal de Processamento de Dados: a demissão de um grande número de seus servidores pelo ex-presidente Fernando Collor no início dos anos 1990. Após o fim abreviado de seu governo, os servidores iniciaram uma longa jornada para poderem retornar a seus antigos postos de trabalho e com os direitos trabalhistas que lhes foram tirados na ocasião. Para a maioria, essa jornada ainda não foi concluída, mesmo passados mais de 20 anos da criação da lei da anistia. Este trabalho é um estudo de caso, que engloba um universo de 804 anistiados, que atuam novamente no Serpro em 2015. Destes, 77 responderam a uma pesquisa eletrônica de clima organizacional, com perguntas objetivas e subjetivas, onde puderam contar parte de suas histórias e suas opiniões com relação ao tema. Além disto, o trabalho traz um estudo do contexto histórico que motivou as demissões. A pesquisa utilizou dados primários e foi apresentada por meio de uma análise estatística. Os resultados obtidos fornecem subsídios para uma atuação mais adequada da área de gestão de pessoas do Serpro no tratamento dos profissionais anistiados.
Abstract This paper aims to redeem a part of the history of Serpro, the dismissal of a large number of its employees by the President Fernando Collor in the early 1990. After the end of his government, they began a long journey to be able to return to their old jobs and to have agian labor rights that have been taken at the time. For most, this journey is not yet complete, even after more than 20 years of the amnesty law. This paper is a case study, which includes a universe of 804 amnestied, working again in Serpro. Of these, 77 responded to an electronic survey of organizational climate, with objective and subjective questions, which could tell some of their stories and their opinions on the issue. Moreover, the work presents a study of the historical context that led to layoffs. The study used primary and secondary data and was presented by means of a statistical analysis. The results provide information for a better performance of Serpro people management area in the treatment of amnestied professionals.
Tipo Trabalho de conclusão de especialização
URI http://hdl.handle.net/10183/127310
Arquivos Descrição Formato
000969524.pdf (1.030Mb) Texto completo Adobe PDF Visualizar/abrir

Este item está licenciado na Creative Commons License

Este item aparece na(s) seguinte(s) coleção(ões)


Mostrar registro completo

Percorrer



  • O autor é titular dos direitos autorais dos documentos disponíveis neste repositório e é vedada, nos termos da lei, a comercialização de qualquer espécie sem sua autorização prévia.
    Projeto gráfico elaborado pelo Caixola - Clube de Criação Fabico/UFRGS Powered by DSpace software, Version 1.8.1.