Repositório Digital

A- A A+

Um estudo da usina de Belo Monte

.

Um estudo da usina de Belo Monte

Mostrar registro completo

Estatísticas

Título Um estudo da usina de Belo Monte
Autor Mahl, Fernando Augusto
Orientador Homrich, Roberto Petry
Data 2015
Nível Graduação
Instituição Universidade Federal do Rio Grande do Sul. Escola de Engenharia. Curso de Engenharia Elétrica.
Assunto Engenharia elétrica
[en] Belo Monte
[en] Electric power
[en] Environmental impacts
[en] Transmission
Resumo É fato que o Brasil busca o desenvolvimento e necessita de energia elétrica abundante e barata. As fontes hidrelétricas mais próximas dos grandes centros consumidores estão em esgotamento, o que torna necessária a busca por novas fronteiras energéticas, nesse caso, a região Norte do país. Nesta situação se enquadra a Usina de Belo Monte, um marco na exploração energética desta região. A construção da Usina Hidrelétrica de Belo Monte é envolta de polêmicas, desde os primeiros estudos na década de 70. A legislação ambiental e a consciência ecológica modificaram-se muito desde então, impondo uma série de mudanças com relação ao projeto inicial. Essas mudanças tornaram o projeto viável do ponto de vista ambiental, mas com impactos negativos na geração de energia, como por exemplo, a redução da energia firme. No estudo do aproveitamento hidrelétrico, publicado em 1980, constavam duas alternativas para o aproveitamento energético do rio, uma composta por seis usinas hidrelétricas e outra por sete. Qualquer que fosse a alternativa escolhida, haveria uma área alagada extremamente grande, e devido à pressão de ambientalistas, só a usina de Belo Monte obteve permissão para continuidade dos estudos. O objetivo deste trabalho é mostrar a importância de Belo Monte para o sistema elétrico brasileiro, elaborando um estudo de caso da usina. O projeto atual de Belo Monte é diferente dos projetos clássicos de usinas hidrelétricas e é dividido em três sítios, distantes entre si. A transmissão da energia gerada será feita através da infraestrutura já existente e de uma linha em 800 kV em corrente contínua, tecnologia pioneira no Brasil. O baixo custo de produção de Belo Monte, e em geral das hidrelétricas, aliada a segurança no fornecimento tornam o projeto atrativo frente a outras fontes alternativas, apesar dos impactos ambientais e sociais, provando a sua importância.
Abstract It is true that Brasil seeks development and needs abundant and cheap electricity. The nearest hydroelectric plants of the great consumer centers are in exhaustion, which makes it necessary to search for new energy frontiers, in this case, in the north region. In this situation fits the Belo Monte Dam, a milestone in energy exploration in this region. The construction of the Belo Monte Hydroelectric Plant is shrouded in controversy since the first studies in the 70s. Environmental legislation and environmental awareness have changed a lot since then, imposing a series of changes to the initial project. These changes have made the project feasible from an environmental point of view, but with negative impacts on power generation, such as the reduction of firm energy. In the study of hydroelectric, published in 1980, contained two alternatives for the energy use of the river, one composed of six hydroelectric plants and other seven. Whatever the chosen alternative, there would be an extremely large flooded area, and due to pressure from environmentalists, only the Belo Monte was allowed to continue their studies. The objective of this study is to show the importance of Belo Monte to the Brazilian electrical system, establishing a power plant case study. The current project of Belo Monte is different from classic designs of hydroelectric plants and is divided into three sites, far between. The transmission of the power generated will be done through existing infrastructure and a line at 800 kV direct current, pioneering technology in Brasil. The low production cost of Belo Monte, and in general of hydroenergy, combined with security of supply make the attractive front design to other alternative sources, despite the environmental and social impacts, proving its importance.
Tipo Trabalho de conclusão de graduação
URI http://hdl.handle.net/10183/127661
Arquivos Descrição Formato
000971079.pdf (2.176Mb) Texto completo Adobe PDF Visualizar/abrir

Este item está licenciado na Creative Commons License

Este item aparece na(s) seguinte(s) coleção(ões)


Mostrar registro completo

Percorrer



  • O autor é titular dos direitos autorais dos documentos disponíveis neste repositório e é vedada, nos termos da lei, a comercialização de qualquer espécie sem sua autorização prévia.
    Projeto gráfico elaborado pelo Caixola - Clube de Criação Fabico/UFRGS Powered by DSpace software, Version 1.8.1.