Repositório Digital

A- A A+

Boas práticas de fabricação em matadouro-frigorífico de bovinos

.

Boas práticas de fabricação em matadouro-frigorífico de bovinos

Mostrar registro completo

Estatísticas

Título Boas práticas de fabricação em matadouro-frigorífico de bovinos
Autor Peres, Letícia Aguzzi
Orientador Cardoso, Susana
Data 2015
Nível Especialização
Instituição Universidade Federal do Rio Grande do Sul. Faculdade de Veterinária. Curso de Especialização em Produção, Tecnologia e Higiene de Alimentos de Origem Animal.
Assunto Boas práticas de fabricação
Carne : Consumo
Frigoríficos
Gestão da segurança de alimento
Matadouros : Bovinos
Resumo O mercado de carnes está cada vez mais competitivo e complexo no que se refere ao ciclo de vida e do tempo de prateleira do produto final, além do rigoroso controle higiênico- sanitário e da demanda por diversificação e agregação de valor aos produtos. Uma das formas para se atingir um alto padrão de qualidade é a implantação do sistema de Boas Práticas de Fabricação, que pode ser definido por um conjunto de princípios e regras para o adequado manuseio de alimentos, que abrange desde as matérias-primas até o produto final, o principal ponto do sistema de BPF é garantir a integridade do alimento e a saúde do consumidor. O presente trabalho objetiva realizar uma revisão bibliográfica sobre a importância da implantação das Boas Práticas de Fabricação, como uma ferramenta de gestão da qualidade em matadouro-frigorífico de bovinos, propondo reflexão para tornar a carne bovina e seus derivados confiáveis, livres de contaminação, garantir a qualidade global do produto final, reduzir perdas e custos do processo, aumentar a produtividade e fortalecer a empresa no mercado. As BPFs são um dos sistemas mais reconhecidos e de boa resposta para obter alimentos seguros, e que mantém estreita relação com o ser humano, atua nos processos envolvidos, assegurando sua saúde, segurança e bem-estar e que confere educação e qualificação nos aspectos de higiene, desinfecção e disciplina operacional. Assim, a segurança de alimentos é garantida com esforços combinados de todos os envolvidos na cadeia produtiva de alimentos, com aplicação de medidas corretivas e o envolvimento de toda equipe para seu êxito, exigindo a obediência de uma série de etapas que devem ser desenvolvidas e constantemente reavaliadas. O momento é de estruturação e de busca de ferramentas objetivas para melhoria da qualidade e sustentabilidade econômico-administrativa dos matadouros-frigoríficos.
Tipo Trabalho de conclusão de especialização
URI http://hdl.handle.net/10183/127674
Arquivos Descrição Formato
000974623.pdf (362.4Kb) Texto completo Adobe PDF Visualizar/abrir

Este item está licenciado na Creative Commons License

Este item aparece na(s) seguinte(s) coleção(ões)


Mostrar registro completo

Percorrer



  • O autor é titular dos direitos autorais dos documentos disponíveis neste repositório e é vedada, nos termos da lei, a comercialização de qualquer espécie sem sua autorização prévia.
    Projeto gráfico elaborado pelo Caixola - Clube de Criação Fabico/UFRGS Powered by DSpace software, Version 1.8.1.