Repositório Digital

A- A A+

Estudo de caso : avaliação da eficiência de uma estação de tratamento de efluentes de um campus universitário

.

Estudo de caso : avaliação da eficiência de uma estação de tratamento de efluentes de um campus universitário

Mostrar registro completo

Estatísticas

Título Estudo de caso : avaliação da eficiência de uma estação de tratamento de efluentes de um campus universitário
Autor Albornoz, Louidi Lauer
Orientador Tessaro, Isabel Cristina
Data 2015
Nível Graduação
Instituição Universidade Federal do Rio Grande do Sul. Escola de Engenharia. Curso de Engenharia Química.
Assunto Engenharia química
Resumo Com o crescente apelo em relação às questões ambientais de gerenciamento da água, devido à sua escassez em diversos locais do Brasil, o tratamento e o reúso de efluentes gerados em grande e pequena escala têm cada vez mais importância. Não apenas o tratamento de água visando à remoção dos poluentes para atender às exigências das legislações ambientais, mas também o reúso desse efluente para os mais diversos fins: na agricultura como aporte de água e nutrientes, em uso urbano na lavagem de calçadas e de carros, na construção civil, na cultura de peixes, entre outros. O objetivo deste trabalho é avaliar a eficiência do tratamento da estação de tratamento de efluentes instalada no Campus Litoral Norte (Universidade Federal do Rio Grande do Sul), localizado na cidade de Tramandaí. Esta estação utiliza o tratamento preliminar, secundário e terciário para promover a remoção dos poluentes gerados em seu campus. O gradeamento foi utilizado como tratamento preliminar, o tratamento secundário é realizado através do contato do efluente com lodo ativado em meio contendo oxigênio dissolvido. A desinfecção do efluente foi promovida pelo contato do mesmo com hipoclorito de sódio (10 %). A avaliação da eficiência foi realizada através da coleta mensal em 6 pontos da estação: entrada do reator aeróbio, reator aeróbio, decantador secundário, lodo de retorno, tanque de desinfecção e tanque de armazenamento. Com os resultados das análises pode-se calcular as eficiências de remoção e os valores finais de concentração para 6 parâmetros específicos: DBO, DQO, NTK, NH3, SST e coliformes fecais. Comparando esses valores de remoção e concentração com os valores esperados pela empresa fabricante da estação e com as legislações ambientais verificou-se que a estação possui uma grande capacidade de remoção da matéria orgânica carbonácea resultando em valores de remoção de DBO de 93% em média a partir da 5° coleta; apresenta remoção de 74 % em média no parâmetro NTK. O tempo de detenção hidráulica da estação de tratamento foi 7,6 dias com uma vazão de entrada de efluente de 5,9 m³/dia. Com esses resultados, também realizou-se uma proposta de reúso do efluente tratado na piscicultura, visto que para o uso nessa alternativa necessitava-se de um número menor de etapas posteriores para adequação do efluente, frente a outras alternativas avaliadas no trabalho.
Tipo Trabalho de conclusão de graduação
URI http://hdl.handle.net/10183/127733
Arquivos Descrição Formato
000970373.pdf (1.001Mb) Texto completo Adobe PDF Visualizar/abrir

Este item está licenciado na Creative Commons License

Este item aparece na(s) seguinte(s) coleção(ões)


Mostrar registro completo

Percorrer



  • O autor é titular dos direitos autorais dos documentos disponíveis neste repositório e é vedada, nos termos da lei, a comercialização de qualquer espécie sem sua autorização prévia.
    Projeto gráfico elaborado pelo Caixola - Clube de Criação Fabico/UFRGS Powered by DSpace software, Version 1.8.1.