Repositório Digital

A- A A+

O comportamento do usuário do transporte aéreo frente à variabilidade do tempo de viagem

.

O comportamento do usuário do transporte aéreo frente à variabilidade do tempo de viagem

Mostrar registro completo

Estatísticas

Título O comportamento do usuário do transporte aéreo frente à variabilidade do tempo de viagem
Autor Weber, Fernanda David
Orientador Senna, Luiz Afonso dos Santos
Data 2015
Nível Doutorado
Instituição Universidade Federal do Rio Grande do Sul. Escola de Engenharia. Programa de Pós-Graduação em Engenharia de Produção.
Assunto Comportamento do usuário
Tempo de viagem
Transporte aéreo
[en] Air transportation
[en] Stated preference
[en] Travel time variability
Resumo A demanda por transporte é derivada, e seu resultado está relacionado à necessidade de superar barreiras físicas, envolvendo deslocamentos e, consequentemente, tempo. Como a sociedade moderna é orientada pelo relógio, tempo pode ser considerada uma variável de grande importante na dinâmica diária. Sendo assim, os sistemas de transporte têm papel fundamental para garantir que essa dinâmica seja atendida dentro do esperado. Portanto, os sistemas de transporte devem prover um serviço confiável. Ou seja, a operação dos mesmos deve ser regular, resultando em uma variabilidade mínima no tempo de viagem. Esse trabalho tem por objetivo analisar o comportamento do usuário do transporte aéreo frente à variabilidade do tempo de viagem. Para isso, modelos comportamentais foram estimados a partir de um estudo de caso realizado em Porto Alegre, Rio Grande do Sul, com os viajantes que frequentam o Aeroporto Internacional Salgado Filho. Uma comparação entre diferentes abordagens comportamentais, baseadas na teoria da utilidade esperada, também foi contemplada no estudo, com o intuito de encontrar o melhor modelo representativo do comportamento do público estudado. Os modelos estimados apresentam diferentes formas funcionais não lineares, caracterizando diferentes reações dos tomadores de decisão quando em situações de risco.
Abstract The demand for transport is derived, and the result is related to the need to overcome the physical barriers involving displacements and hence time. As modern society is driven by the clock, time can be considered a great important variable in the daily dynamics. Thus, the transport systems has a key role to ensure that this dynamic is met as expected. Therefore, transport systems should provide a reliable service. That is, the operation there of is regular, resulting in a minimal variability in travel time. This work aims to study the air transport user behavior against the variability of travel time. To do this, behavioral models were estimated from a case study conducted in Porto Alegre, Rio Grande do Sul, with travelers attending the Salgado Filho International Airport. A comparison between different behavioral approaches based on expected utility theory, the study was also considered in order to find the best studied model representative of the behavior of the public. The estimated models have different nonlinear functional forms, featuring different reactions of decision-makers when at risk.
Tipo Tese
URI http://hdl.handle.net/10183/127888
Arquivos Descrição Formato
000971490.pdf (3.790Mb) Texto completo Adobe PDF Visualizar/abrir

Este item está licenciado na Creative Commons License

Este item aparece na(s) seguinte(s) coleção(ões)


Mostrar registro completo

Percorrer



  • O autor é titular dos direitos autorais dos documentos disponíveis neste repositório e é vedada, nos termos da lei, a comercialização de qualquer espécie sem sua autorização prévia.
    Projeto gráfico elaborado pelo Caixola - Clube de Criação Fabico/UFRGS Powered by DSpace software, Version 1.8.1.