Repositório Digital

A- A A+

Humanização em salas de exames de ressonância magnética com enfoque no design para experiência

.

Humanização em salas de exames de ressonância magnética com enfoque no design para experiência

Mostrar registro completo

Estatísticas

Título Humanização em salas de exames de ressonância magnética com enfoque no design para experiência
Outro título Humanization in MRI exams rooms with a focus on experience design
Autor Dallarosa, Fernanda Bertoni
Orientador Pacheco, Joyson Luiz
Data 2015
Nível Mestrado
Instituição Universidade Federal do Rio Grande do Sul. Escola de Engenharia. Faculdade de Arquitetura. Programa de Pós-Graduação em Design.
Assunto Design
Diagnóstico por imagem
Humanização da assistência
Ressonancia magnetica nuclear
Sala de exames
[en] Experience design
[en] Healthcare design
[en] Humanization
[en] MRI exams rooms
Resumo Esta pesquisa aborda o ambiente da sala de exames de Ressonância Magnética (RM), um dos principais exames de diagnóstico médico por imagem. A partir de um estudo de caso, usuários internos (funcionários) e usuários externos (pacientes) de um Estabelecimento Assistencial de Saúde (EAS) expressaram suas percepções acerca da experiência com o referido exame por meio de entrevista e questionários formulados com o apoio da avaliação pós-ocupação (APO). Observou-se que as mulheres são as principais desistentes na realização dos exames, alegando claustrofobia. Também foi observado que o próprio aparelho de RM causa emoções contraditórias nos pacientes, ora despertando medo, ora, satisfação. Fica claro que o ambiente é fator de influência das emoções e que os dados coletados nessa pesquisa serão norteadores para projetos futuros, como, por exemplo, uma proposta de design do ambiente de exames com foco na humanização e com intenções de melhorar a experiência dos examinados com o procedimento.
Abstract This research addresses the MRI examination room environment (MRI), which is considered one of the main medical imaging tests. Using a case study methodology, both internal users (employees) and external users (patients) were interviewed and were asked to express their perceptions regarding the experience with the procedure. The interview and questionnaires were based on the framework of postoccupancy evaluation (POE). It was observed that women are the main dropouts in MRI scans, claiming claustrophobia. It was also observed that the scanner itself is likely to evoke mixed emotions in patients, sometimes arousing fear and sometimes arousing satisfaction. This study makes it clear that the environment is a key factor in shaping emotions and that the data collected in this survey will serve as a guide for future projects, such as a proposal for design focusing on environmental humanization that aims at improving the experience with this medical procedure.
Tipo Dissertação
URI http://hdl.handle.net/10183/127897
Arquivos Descrição Formato
000974382.pdf (27.94Mb) Texto completo Adobe PDF Visualizar/abrir

Este item está licenciado na Creative Commons License

Este item aparece na(s) seguinte(s) coleção(ões)


Mostrar registro completo

Percorrer



  • O autor é titular dos direitos autorais dos documentos disponíveis neste repositório e é vedada, nos termos da lei, a comercialização de qualquer espécie sem sua autorização prévia.
    Projeto gráfico elaborado pelo Caixola - Clube de Criação Fabico/UFRGS Powered by DSpace software, Version 1.8.1.