Repositório Digital

A- A A+

Crescimento populacional e sustentabilidade das cidades : em busca de um modelo conceitual para o planejamento urbano

.

Crescimento populacional e sustentabilidade das cidades : em busca de um modelo conceitual para o planejamento urbano

Mostrar registro completo

Estatísticas

Título Crescimento populacional e sustentabilidade das cidades : em busca de um modelo conceitual para o planejamento urbano
Autor Dall'Asta, Érica
Orientador Sattler, Miguel Aloysio
Data 2014
Nível Mestrado
Instituição Universidade Federal do Rio Grande do Sul. Escola de Engenharia. Programa de Pós-Graduação em Engenharia Civil.
Assunto Crescimento urbano
Desenvolvimento sustentável
Planejamento urbano
[en] Compact city
[en] Sustainable urban growth
[en] Sustainable urban planning
[en] Urban sprawl
[en] Vertical city
Resumo A população mundial aumenta a cada dia e, somado aos movimentos populacionais, a ocupação do território urbano tem crescido a taxas cada vez maiores. O Brasil segue a mesma tendência, já que quase dobrou sua população em pouco mais de trinta anos, essa se estabeleceu predominantemente nas cidades. O mundo está próximo de atingir níveis populacionais jamais imaginados e as pessoas estão migrando para os grandes centros urbanos, que crescem de forma descontrolada, causando impactos diversos, desde ambientais até relacionados ao bem-estar físico e mental de seus ocupantes. Como resultado, as cidades são os locais onde as maiores desigualdades sociais e impactos ao ambiente natural acontecem. Diante desse contexto, as estratégias de planejamento correntes estão fadadas ao fracasso, pois repetem estratégias utilizadas em séculos anteriores, e não estão preparadas para as demandas que surgem com o desenvolvimento humano e urbano do século XXI. Pesquisadores divergem sobre a forma de crescimento da cidade, são sugeridas soluções, que vão desde o controle do espalhamento da área urbana, incentivo à cidade compacta e até o incentivo à verticalização. Ao mesmo tempo, as cidades se espalham no território e verticalizam. A lacuna verificada foi determinada a partir da constatação da escassez de trabalhos que considerassem de forma sistêmica as características e os possíveis impactos de cada uma das formas de crescimento urbano, a falta de vinculação dessas informações aos princípios de desenvolvimento sustentável, tão preconizado, e a fragmentação dos temas relacionados ao desenvolvimento urbano sustentável. O entendimento sobre como as cidades crescem, e quais são os impactos das formas urbanas resultantes, e quais são as demandas para um crescimento sustentável pode se tornar a base para auxiliar os planejadores no processo de tomada de decisão. O desenvolvimento sustentável é um desafio a ser considerado nos ambientes consumidores, poluidores e opressores em que se transformaram as cidades. Este trabalho tem o objetivo de buscar um modelo conceitual para o planejamento sustentável do crescimento urbano. Por se tratar de uma proposta que procura atender uma demanda real, a melhoria nas práticas tradicionais de planejamento urbano, e contribuir com a construção do conhecimento sobre o assunto, através da organização das informações, foi adotada como estratégia a pesquisa construtiva. Para tanto, foi realizada na primeira etapa, de compreensão, ampla busca de referencial teórico para auxiliar na estruturação do trabalho. Na segunda etapa, na fase de desenvolvimento, foram propostos os resultados, organizados a partir de um modelo conceitual formado a partir de constructos relacionados ao crescimento urbano e ao planejamento urbano sustentável. O modelo foi complementado por uma sequência de etapas para a futura implementação em contextos reais (método). O modelo ainda foi avaliado por especialistas da área de sustentabilidade. Por fim, na etapa de reflexão foram definidos os avanços práticos, avanços teóricos, replicabilidade e possibilidades de pesquisas futuras. Através do desenvolvimento deste trabalho constatouse que, apesar da complexidade, é possível trabalhar de forma sistêmica com o planejamento do crescimento urbano, contemplando-se as metas para o desenvolvimento sustentável em todas as suas dimensões: social, econômica, ecológica, espacial e cultural.
Abstract The world population is increasing each day and, in addition to population movements, the occupation of urban territory has grown at rates ever higher. Brazil follows the same trend, almost doubled its population in little more than thirty years that has been established mainly in the cities. The world is approaching population levels never imagined before and people are migrating to the large urban centers, which grow in an uncontrolled manner, causing different impact, since environmental until related to physical and mental well-being of its occupants. As a result, cities are the places where the greatest social inequalities and impacts on the natural environment happen. In this context, the planning strategies are doomed to fail, because repeat strategies used in previous centuries, and are not prepared for the demands that arise with urban and human development of the 21st century. Researchers differ on the way to the city's growth, suggesting solutions, ranging from the control of the sprawl of the urban area, encouraging the compact city and until the incentive to vertical city. At the same time, the cities spread across the territory and get taller. The gap was determined from the observation of the scarcity of studies that consider in a systematic way the characteristics and the potential impacts of each of the forms of urban growth, the lack of binding of these information to the principles of sustainable development, as recommended, and the fragmentation of topics related to sustainable urban development. The understanding of how cities grow, what are the impacts of urban forms resulting from, and what are the demands for a sustainable growth can become the basis for helping the planners of the decision-making process. The sustainable development is a challenge that must be considered in consumer, polluters and oppressors environments that became the cities. This work has the objective to seek a conceptual model for the sustainable planning of urban growth. This is a proposal that seeks to meet a real demand, improving the traditional practices of urban planning, and contribute to the construction of knowledge on the subject, through the organization of the information, was adopted as a strategy the constructive research. For both, was performed in the first step, of understanding, broad search of theoretical framework to assist in structuring the work. In the second stage, the stage of development, were proposed results, organized from a conceptual model formed from constructs related to urban growth and urban planning sustainable. The model was complemented by a sequence of steps for the future implementation in real contexts (method). The model has been evaluated by experts in the area of sustainability. Finally, the reflection phase were defined the practical developments, theoretical advances, replicability and possibilities for future research. Through the development of this work it was found that, despite the complexity, it is possible to work in a systematic way with the planning of urban growth, contemplating the goals for sustainable development in all its dimensions: social, economic, ecological, spatial and cultural.
Tipo Dissertação
URI http://hdl.handle.net/10183/127911
Arquivos Descrição Formato
000974553.pdf (5.179Mb) Texto completo Adobe PDF Visualizar/abrir

Este item está licenciado na Creative Commons License

Este item aparece na(s) seguinte(s) coleção(ões)


Mostrar registro completo

Percorrer



  • O autor é titular dos direitos autorais dos documentos disponíveis neste repositório e é vedada, nos termos da lei, a comercialização de qualquer espécie sem sua autorização prévia.
    Projeto gráfico elaborado pelo Caixola - Clube de Criação Fabico/UFRGS Powered by DSpace software, Version 1.8.1.