Repositório Digital

A- A A+

Uma comparação entre duas gravações do Cravo Bem-Temperado de J.S. Bach por András Schiff

.

Uma comparação entre duas gravações do Cravo Bem-Temperado de J.S. Bach por András Schiff

Mostrar registro completo

Estatísticas

Título Uma comparação entre duas gravações do Cravo Bem-Temperado de J.S. Bach por András Schiff
Autor Matschulat, Josias
Orientador Hentschke, Liane
Data 2015
Nível Doutorado
Instituição Universidade Federal do Rio Grande do Sul. Instituto de Artes. Programa de Pós-Graduação em Música.
Assunto Autenticidade
Performance historicamente informada
Piano
Retórica
[en] Authenticity
[en] Historically informed performance
[en] Rhetoric
Resumo Este trabalho compara as duas gravações realizadas pelo pianista András Schiff em 1984 e 2011, respectivamente, do Cravo Bem-Temperado de J. S. Bach, e discute as entrevistas concedidas pelo pianista à imprensa especializada, nas quais ele expõe sua abordagem com relação à interpretação da música de J. S. Bach. O objetivo do trabalho é corroborar a hipótese de que o pianista adota, na sua gravação mais recente, uma abordagem mais próxima ao estilo de performance da música barroca denominado estilo retórico, conforme proposto por Haynes (2007) e Golomb (2004; 2008). Conclui-se, através da análise das gravações e das entrevistas supracitadas, que Schiff adota princípios do estilo retórico na sua execução, além de reconhecer implicitamente, nas suas entrevistas, a relevância dos princípios retóricos para a execução da música de Bach. Também são discutidos os argumentos do pianista a favor do uso do piano como instrumento apropriado para a execução da música de Bach e da rejeição do uso do pedal de sustentação deste instrumento, e a relação de Schiff com o movimento da Performance Historicamente Informada.
Abstract This paper compares the two recordings made by the pianist András Schiff in 1984 and 2011, respectively, of the First Book of The Well-Tempered Clavier by J. S. Bach, and discusses the interviews granted by the pianist to the specialized press where he exposes his approach to the interpretation of Bach's music. The paper aims to support the hypothesis that the pianist adopts in his latest recording an approach called Rhetorical Style by Haynes (2007) and Golomb (2004; 2008) which, according to the authors, is closer to the Baroque Music performance style. By analyzing the aforementioned recordings and interviews, it is concluded that Schiff adopts principles of the Rhetorical Style in his performance, and also implicitly acknowledges in his interviews the relevance of rhetorical principles for the execution of Bach's music. Also discussed are the pianist's arguments in favor of using the piano as an appropriate instrument for the execution of Bach's music and against the use of the instrument' sustain pedal, in addition to Schiff's relationship with the Historically Informed Performance movement.
Tipo Tese
URI http://hdl.handle.net/10183/128031
Arquivos Descrição Formato
000974646.pdf (3.957Mb) Texto completo Adobe PDF Visualizar/abrir

Este item está licenciado na Creative Commons License

Este item aparece na(s) seguinte(s) coleção(ões)


Mostrar registro completo

Percorrer



  • O autor é titular dos direitos autorais dos documentos disponíveis neste repositório e é vedada, nos termos da lei, a comercialização de qualquer espécie sem sua autorização prévia.
    Projeto gráfico elaborado pelo Caixola - Clube de Criação Fabico/UFRGS Powered by DSpace software, Version 1.8.1.