Repositório Digital

A- A A+

Gestão dos resíduos sólidos urbanos em Novo Hamburgo/RS : seus espaços e agentes

.

Gestão dos resíduos sólidos urbanos em Novo Hamburgo/RS : seus espaços e agentes

Mostrar registro completo

Estatísticas

Título Gestão dos resíduos sólidos urbanos em Novo Hamburgo/RS : seus espaços e agentes
Autor Chites, Raquel
Orientador Dorfman, Adriana
Data 2015
Nível Mestrado
Instituição Universidade Federal do Rio Grande do Sul. Instituto de Geociências. Programa de Pós-Graduação em Geografia.
Assunto Reciclagem
Resíduos sólidos
[en] Management,
[en] Municipal power
[en] Recycling
[en] Solid waste
[en] Space
Resumo Esta dissertação tem como tema central a gestão e o espaço dos resíduos sólidos urbanos em Novo Hamburgo/RS. A partir da análise histórica e atual desta gestão, procuramos compreender transformações espaciais e do valor da terra no município. O trabalho com os resíduos sólidos urbanos, sua destinação e tratamento, tem local definido dentro de uma cidade: a periferia. O mapeamento dos antigos locais de destinação dos RSU e um levantamento histórico da urbanização de Novo Hamburgo permitiram analisar suas influências recíprocas. Os espaços ocupados foram áreas verdes, afastadas do centro e de propriedade da prefeitura. Sucessivas expansões da mancha urbana, remanejaram os lixões para locais cada vez mais distantes do centro. De maneira geral, marcas das localizações anteriores podem ser observadas na desvalorização atual de tais locais. Assim, os locais antigos e atuais dos RSU em Novo Hamburgo, caracteristicamente capitalista, são periféricos, como se pode notar no bairro Santo Afonso, em vilas do bairro Primavera e no entorno do antigo lixão da Roselândia. Porém, em alguns casos, como na Vila Kroeff, com a expansão de vias de transporte, ou no Buraco do Raio, com a construção de equipamentos de lazer, esta tendência não se concretiza. Além de conhecer os locais dos resíduos sólidos urbanos no passado e no presente, a pesquisa voltou-se a analisar os agentes envolvidos na cadeia da reciclagem e suas relações com as transformações espaciais em Novo Hamburgo. Um agente relevante é o poder público municipal, regulador e gestor do trabalho na base da cadeia da reciclagem. Outros protagonistas na gestão dos RSU são as cooperativas e associações de reciclagem, que buscam a melhoria do seu trabalho; os intermediários, que influenciam nos preços; e a população em geral, em sua relação com os resíduos sólidos, através da separação e destinação. A gestão dos RSU sempre foi algo secundário na história da administração pública de Novo Hamburgo: existiram projetos que não saíram do papel, longos períodos de exploração de trabalhadores no lixão da cidade, além de um histórico de irregularidades nos serviços de coleta terceirizada. O atual programa CataVida foi uma mudança positiva na gestão dos RSU no município, voltando-se para a inclusão de catadores no mercado de trabalho formal.
Abstract This dissertation has as main subject the urban solid waste management and its space, in the city of Novo Hamburgo/RS. Considering a historical and current analysis of this management, it is aimed to comprehend the main changes in land value and spatial aspect in the city. The work with solid urban waste, its destination and treatment, has a very specific place into the city: periphery. Mapping old places destined to solid waste destination and an urban historical research, from Novo Hamburgo, allowed us to analyze mutual influences. The occupied spaces were green areas, secluded from the downtown and from city hall‟s ownership. Successive urban sprawl relocated the dumps to far more distant places from the downtown. Generally, traces of the former places could be observed in the current devaluation of such parts of the city. Therefore, the old and current places destined to solid urban waste at Novo Hamburgo, peculiarly capitalist, are peripheral, as noticed at Santo Afonso‟s neighborhood, in villages of Primavera‟s neighborhood and around of the old Roselandia‟s landfill site. However, in some cases, as Kroeff village, with the transport expansion, or at “Buraco do Raio”, with leisure equipment‟s building, this tendency does not confirms. Besides knowing the places destined to solid urban waste – past and present – at Novo Hamburgo, this research analyzed which agents are involved in the recycling chain and their relations with spatial changes at Novo Hamburgo. A relevant agent is the city hall‟s public authority, the one who regulates and manages the work at the ground works of the recycling chain. Other leading figures in the solid urban waste management are the recycling associations and cooperatives which seek to improve its work; the intermediaries, the ones that influence the prices; and the general population and its relation with solid waste, through waste proper selection and destination. The solid urban waste management was always secondary, in the history of public governance from Novo Hamburgo: there were projects that never saw the light of the day, long periods of landfill site exploited workers, beside an irregularities‟ history in the outsourced collection services. The current program “CataVida” was a positive change at the solid urban waste management in the city, focused on the collectors inclusion at the formal labor market.
Tipo Dissertação
URI http://hdl.handle.net/10183/128032
Arquivos Descrição Formato
000975588.pdf (7.510Mb) Texto completo Adobe PDF Visualizar/abrir

Este item está licenciado na Creative Commons License

Este item aparece na(s) seguinte(s) coleção(ões)


Mostrar registro completo

Percorrer



  • O autor é titular dos direitos autorais dos documentos disponíveis neste repositório e é vedada, nos termos da lei, a comercialização de qualquer espécie sem sua autorização prévia.
    Projeto gráfico elaborado pelo Caixola - Clube de Criação Fabico/UFRGS Powered by DSpace software, Version 1.8.1.