Repositório Digital

A- A A+

Inserção do etanol brasileiro no mercado internacional : realidade, regulamentação, perspectivas e estratégias

.

Inserção do etanol brasileiro no mercado internacional : realidade, regulamentação, perspectivas e estratégias

Mostrar registro completo

Estatísticas

Título Inserção do etanol brasileiro no mercado internacional : realidade, regulamentação, perspectivas e estratégias
Autor Teixeira, Fernanda de Castro
Orientador Jaeger Junior, Augusto
Data 2012
Nível Especialização
Instituição Universidade Federal do Rio Grande do Sul. Faculdade de Direito. Curso de Especialização em Direito Ambiental Nacional e Internacional.
Assunto Biocombustíveis
Direito ambiental
Mercado internacional
[en] Biofuel
[en] Cane sugar ethanol
[en] Eropean union
[en] International market
[en] International standards
[en] Sustainable
Resumo Diante de uma situação de possível catástrofe ambiental, a busca pela solução dos problemas atmosféricos tem sido uma das prioridades mundiais, especialmente quanto à questão do efeito estufa. A mudança das matrizes energéticas é um importante alvo nesse caminho. Biocombustíveis têm sido uma das principais apostas para a solução da questão atmosférica e climática, além de serem apontados como alternativa diante do provável esgotamento das fontes de petróleo. No Brasil, o principal combustível de fonte renovável é o etanol de canade- açúcar, cuja produção tem crescido e se expandido como promessa ecológica e de desenvolvimento social. Entretanto, barreiras externas, especialmente da União Europeia, têm se levantado contra sua exportação, tendo como pretexto o fato de que a produção brasileira não seria sustentável. Partindo da exposição de argumentos favoráveis e desfavoráveis relacionados ao etanol de cana-de-açúcar e da realidade econômica, normativa e social do setor sucroalcooleiro do Brasil, este trabalho se propõe a analisar as perspectivas de crescimento da produção desse combustível e os possíveis caminhos normativos e institucionais que podem garantir sucesso do etanol brasileiro no mercado internacional.
Abstract Faced with a situation of possible environmental catastrophe, the search for a solution of the atmospheric problems has been a global priority, especially on the issue of greenhouse gases. The change of the energy matrices is an important target in this way. Biofuels have been one of the main bets for the settlement of the atmosphere and climate, and are identified as the likely alternative to a depletion of petroleum sources. In Brazil, the main fuel source is renewable ethanol from cane sugar, whose production has grown and expanded as a promise of ecological and social development. However, external barriers, especially from the European Union, have risen up against its export, using as an excuse the fact that Brazilian production would not be sustainable. Based on the exposure of favorable and unfavorable arguments related to cane sugar ethanol and economic, normative and social reality of this sector in Brazil, this work proposes to analyze the perspectives of the production growth of this fuel and the possible regulatory pathways and institutional arrangements that can ensure success of Brazilian ethanol in the international market.
Tipo Trabalho de conclusão de especialização
URI http://hdl.handle.net/10183/128091
Arquivos Descrição Formato
000969716.pdf (416.0Kb) Texto completo Adobe PDF Visualizar/abrir

Este item está licenciado na Creative Commons License

Este item aparece na(s) seguinte(s) coleção(ões)


Mostrar registro completo

Percorrer



  • O autor é titular dos direitos autorais dos documentos disponíveis neste repositório e é vedada, nos termos da lei, a comercialização de qualquer espécie sem sua autorização prévia.
    Projeto gráfico elaborado pelo Caixola - Clube de Criação Fabico/UFRGS Powered by DSpace software, Version 1.8.1.