Repositório Digital

A- A A+

Pulpectomias em dentes decíduos realizadas por estudantes de Odontologia : estudo prospectivo

.

Pulpectomias em dentes decíduos realizadas por estudantes de Odontologia : estudo prospectivo

Mostrar registro completo

Estatísticas

Título Pulpectomias em dentes decíduos realizadas por estudantes de Odontologia : estudo prospectivo
Autor Brustolin, Juliane Priscila
Orientador Casagrande, Luciano
Data 2015
Nível Mestrado
Instituição Universidade Federal do Rio Grande do Sul. Faculdade de Odontologia. Programa de Pós-Graduação em Odontologia.
Assunto Dentes : Deciduos
Pulpectomia
[en] Primary teeth
[en] Pulpectomy
[en] Root canal
Resumo Este estudo prospectivo com base universitária buscou avaliar as taxas de sucesso clínico e radiográfico e fatores associados às falhas presentes em pulpectomias realizadas em dentes decíduos, por alunos de graduação de uma instituição de ensino. A amostra de conveniência foi composta por pacientes com idade entre 3 e 10 anos que buscaram atendimento na instituição e necessitavam de tratamento endodôntico. Os dados referentes ao tratamento como, por exemplo, tipo de dente envolvido (anterior ou posterior), condição clinica do dente, diagnóstico pulpar, utilização de EDTA após o preparo químico-mecânico, uso de medicação intra-canal, técnica utilizada para obturação do canal, qualidade da obturação realizada, tipo de material restaurador elegido (RC, CIVRM), número de avaliações e o tempo de consulta clínica foram coletados por um único avaliador em um prontuário específico para o procedimento endodôntico. Ainda, fatores potencialmente associados à falha do tratamento endodôntico também foram investigados incluindo sexo (feminino ou masculino), idade, Índice de Placa Visível (IPV) e Índice de Sangramento Gengival (ISG), número de dentes cariados, perdidos ou obturados (CPOD) e ainda o comportamento da criança durante o atendimento. Curva de sobrevida de Kaplan-Meier com teste de log-rank foi utilizada para analisar a longevidade das pulpectomias (p<0.005). Um total de 81 pulpectomias realizadas em 62 crianças com idade media de 5.6 anos (+-1.5) foram incluídas nas análises. A sobrevida das pulpectomias alcançou 62,9% aos 12 meses de acompanhamento, com taxa de falha anual (TFA) de 28,9% sendo que, a maioria das falhas ocorreu entre o primeiro e o terceiro mês de avaliação (p<0.001). Dentes restaurados com resina composta apresentaram maior longevidade do que aqueles tratados com cimento de ionômero de vidro resinoso (p=0.006). Não foi encontrada diferença estatística em outros parâmetros clínicos e individuais investigados. As pulpectomias realizadas em dentes decíduos por estudantes de graduação apresentaram baixa taxa de sucesso.
Abstract This prospective university-based study aimed to evaluate the success rate and factors associated to failure of pulpectomies performed in primary teeth by undergraduate students. The convenience sample comprised patients aged 3 to 10 years who were under care in the institution and underwent primary tooth pulpectomies. Treatment-related data, such as type of tooth involved (anterior or posterior teeth), presence of dental pain, tooth status, pulp diagnosis, EDTA treatment after chemic-mechanical preparation, use of intra-canal medicament, technique used for endodontic filling, quality of endodontic obturation, type of restorative material used (CR; RMGIC), number of appointments and consult time were collected by a single evaluator on a specific chart for endodontic procedure. Also, Factors potentially associated with treatment failure were also investigated, including gender (male; female), patient age, Visible Plaque (VPi) and Gingival Bleeding (GBi) index, decayed, missed and filled teeth (dmft), and child behaviour. Kaplan–Meier survival curve with log-rank test was used to analyze the longevity of pulpectomies (p<0.005). Lastly, 81pulpectomies placed in 62 children (5.6 1.5 years) were included in the analysis. The survival of restorations reached 62.9% up to 12 months of follow-up, with overall annual failure rate (AFR) of 28.9%, and the majority of the failures occurred in the first 3 months (p<0.001). Teeth restored with composite resin presented more longevity than those teeth restored with RMGIC (p=0.006). The use of two or more sessions to perform the endodontic treatment resulted in more failures (p=0.028). Patients presenting gingivitis (GBI>20%) experienced more failures in their pulpectomies (p=0.006). There were no significant differences for the others individual and clinical parameters tested. The pulpectomies of primary teeth performed by undergraduate students presented low success rates.
Tipo Dissertação
URI http://hdl.handle.net/10183/128192
Arquivos Descrição Formato
000976157.pdf (566.5Kb) Texto parcial Adobe PDF Visualizar/abrir

Este item está licenciado na Creative Commons License

Este item aparece na(s) seguinte(s) coleção(ões)


Mostrar registro completo

Percorrer



  • O autor é titular dos direitos autorais dos documentos disponíveis neste repositório e é vedada, nos termos da lei, a comercialização de qualquer espécie sem sua autorização prévia.
    Projeto gráfico elaborado pelo Caixola - Clube de Criação Fabico/UFRGS Powered by DSpace software, Version 1.8.1.