Repositório Digital

A- A A+

Influência do cimento endodôntico e agente cimentante na retenção de pinos de fibra

.

Influência do cimento endodôntico e agente cimentante na retenção de pinos de fibra

Mostrar registro completo

Estatísticas

Título Influência do cimento endodôntico e agente cimentante na retenção de pinos de fibra
Outro título Influence of endodontic sealer and luting cements on fiber posts bond strength
Autor Nascimento, Angela Longo do
Orientador Só, Marcus Vinicius Reis
Data 2015
Nível Mestrado
Instituição Universidade Federal do Rio Grande do Sul. Faculdade de Odontologia. Programa de Pós-Graduação em Odontologia.
Assunto Cimentos dentários
Pinos
[en] Confocal microscopy
[en] Dental pins
[en] Endodontics
[en] Glass ionomer cements
[en] Post and core technique
[en] Root canal obturation
Resumo Objetivos: O objetivo desse estudo foi avaliar a influência da presença do cimento endodôntico e agente cimentante na retenção de pinos de fibra. Metodologia: Cento e oitenta dentes extraídos foram divididos em dois grupos (n=90) de acordo com a forma de obturação: condensação lateral ou obturação apenas do terço apical. Cada um destes grupos foi subdividido em três grupos (n=10) de acordo com o cimento utilizado para a obturação (AH Plus, Endofil e MTAFillapex). Os cimentos foram manipulados e acrescidos de corante Rodamina B na proporção de 0,1% para possibilitar visualização através da microscopia confocal a laser. Quinze dias após a obturação, estes dentes foram preparados para a cimentação do pino de fibra (Reforpost Angelus) com os cimentos RelyX ARC (ARC), U200 e Gold Label Cement Lining (GL). Os dentes foram seccionados transversalmente para obtenção de fatias com 1mm de espessura e submetidos à microscopia confocal a laser para verificar a penetração do cimento endodôntico nos túbulos dentinários, posteriormente ao teste de push-out. O padrão de falha foi analisado em esteromicroscópio e imagens representativas foram feitas em microscopia eletrônica de varredura. Os valores de resistência de união em MPa de acordo com a técnica de obturação foram analisados pelo teste de Mann-Whitney. Os valores de resistência de união dos grupos experimentais foram analisados pelo teste de Kruskal-Wallis e post hoc de Dunn, com nível de significância de 5%. Resultados: Não houve diferença significativa entre as formas de obturação (P>0,05). O tipo de cimento obturador influenciou a resistência de união, e o cimento MTA-Fillapex apresentou valores de resistência de união significativamente inferiores ao AH Plus (P<0,05). Os grupos que utilizaram GL para cimentação dos pinos de fibra de vidro apresentaram valores para o teste de push-out superiores aos cimentos resinosos (P < 0,05). Não houve diferença significativa entre o ARC e o U200 (P > 0,05). Conclusões: Valores de resistência de união mais altos foram observados quando os pinos de fibra foram cimentados com cimento GL . Os padrões de falha mistas foram predominantes e ocorreram em todos os grupos experimentais.
Abstract Aim: Evaluate the influence of the endodontic sealer and luting cements on the fiber post bond strength. Methodology: One hundred and eighty extracted teeth were assigned to two groups, considering the root filling technique: lateral condensation or root filling of the apical portion only. Each group were divided into three groups (n=10) according the sealer applied (AH Plus, Endofill or MTA-Fillapex). Rhodamine B was mixed to the sealer in a ratio of 0,1% in order to provide adequate fluorescence assessed by confocal microscopy. Fifty days after root canal filling, post-space preparation were performed with luting cements: RelyX ARC (ARC), U200 and Gold Label Cement Lining (GL). One thick slices were produced and submitted to confocal miscroscopy to assessed sealer penetration into dentinal tubules, and than submitted to push-out test. The failure modes were analysed in stereomicroscope and representative images were obtained in a scanning electron microscope. Push-out strength values of the root filling technique were analyzed using Mann-Whitney test. Push-out strength values of experimental groups were analysed using Kruskal-Wallis and Dunn´s post hoc test at significance level 5%. Results: No significant difference was observed (P>0.05) between the root filling technique. The type of endodontic sealer influenced the push-out bond strength, and MTA-Fillapex sealers presents lower bond strength values than AH Plus (P<0.05). Fiber posts cemented with GL presented higher push-out bond strength than resin cements (P<0.05). There was no significant difference between ARC and U200 (P>0.05). Conclusions: Fiber posts showed higher bond strength values when cemented with GL. Mixed failures were predominant and occurred in all the experimental groups.
Tipo Dissertação
URI http://hdl.handle.net/10183/128193
Arquivos Descrição Formato
000976191.pdf (322.9Kb) Texto parcial Adobe PDF Visualizar/abrir

Este item está licenciado na Creative Commons License

Este item aparece na(s) seguinte(s) coleção(ões)


Mostrar registro completo

Percorrer



  • O autor é titular dos direitos autorais dos documentos disponíveis neste repositório e é vedada, nos termos da lei, a comercialização de qualquer espécie sem sua autorização prévia.
    Projeto gráfico elaborado pelo Caixola - Clube de Criação Fabico/UFRGS Powered by DSpace software, Version 1.8.1.