Repositório Digital

A- A A+

Efeito do controle supragengival em comparação ao controle combinado supra e subgengival durante a fase de manutenção periódica preventiva : resultados microbiológicos

.

Efeito do controle supragengival em comparação ao controle combinado supra e subgengival durante a fase de manutenção periódica preventiva : resultados microbiológicos

Mostrar registro completo

Estatísticas

Título Efeito do controle supragengival em comparação ao controle combinado supra e subgengival durante a fase de manutenção periódica preventiva : resultados microbiológicos
Outro título Effect of supragingival intervention in comparison with combined supra and subgingival intervention during periodontal maintenance phase : microbiological results
Autor Angst, Patrícia Daniela Melchiors
Orientador Gomes, Sabrina Carvalho
Data 2015
Nível Doutorado
Instituição Universidade Federal do Rio Grande do Sul. Faculdade de Odontologia. Programa de Pós-Graduação em Odontologia.
Assunto Biofilmes
Microbiologia
Periodontite
[en] Long-term care
[en] Microbiology
[en] Periodontitis
[en] Randomized controlled trial
Resumo Objetivos: Comparar o efeito do controle estrito do biofilme supragengival (SUPRA), em comparação ao controle combinado dos biofilmes supra e subgengival (SUPRA+SUB), na microbiota subgengival de pacientes durante a fase de manutenção periódica preventiva (MPP), ao longo de 1 ano. Materiais e métodos: Sessenta e dois pacientes com periodontite moderada ou avançada (idade média 50.97 ± 9.26 anos, 40 mulheres, 24 fumantes) foram tratados de acordo com um protocolo não-cirúrgico. Finalizada a fase terapêutica, os pacientes iniciaram a fase de MPP e foram randomicamente alocados para receber a intervenção SUPRA ou SUPRA+SUB. Exames periodontais, instruções de higiene bucal, e as respectivas intervenções (SUPRA ou SUPRA+SUB) foram realizados em consultas trimestrais. Biofilme subgengival foi coletado ao baseline, 3, 6 e 12 meses. Técnica de PCR em Tempo Real foi utilizada para quantificar as espécies bacterianas Porphyromonas gingivalis (Pg), Treponema denticola (Td), Tannerella forsythia (Tf), e o domínio Eubacteria (Bactérias totais). Equações de estimação generalizadas foram usadas para se estimar os efeitos dos tratamentos considerando-se a avaliação longitudinal. Resultados: Não foram observadas diferenças significativas entre os grupos para as contagens de Pg, Td, Tf, e Bactérias totais ao longo de 1 ano. Contudo, a partir dos 3 meses, as contagens de Pg e Tf aumentaram significativamente em ambos os grupos. As contagens de Bactérias totais e Td foram mantidas longitudinalmente. Por outro lado, as contagens médias das espécies bacterianas alvo permaneceram em baixos níveis (≤ 103) durante todo o estudo. Paralelamente, os parâmetros clínicos foram mantidos sem alterações significativas. Conclusões: As intervenções de manutenção investigadas produziram resultados microbiológicos semelhantes ao longo do tempo, o que demonstra o grande e importante impacto do controle do biofilme supragengival durante a fase de MPP.
Abstract Aim: Compare the effects of supragingival scaling alone (SPG) against the combined supra and subgingival scaling (SPG+SBG), on subgingival microbiota from patients during periodontal maintenance period (PMP), along 1 year. Material and Methods: Sixty-two patients with moderate or severe periodontitis (mean age 50.97 ± 9.26, 40 females, 24 smokers) were treated according to a non-surgical protocol. Ended the therapy phase, they entered a PMP and were randomly allocated to receive SPG or SPG+SBG interventions. Periodontal exams, oral hygiene instructions, and the respective intervention (SPG or SPG+SBG) were performed at quarterly appointments. Subgingival biofilm was sampled at baseline, 3, 6 and 12 months. Real-time PCR technique was used to quantify the bacteria species Porphyromonas gingivalis (Pg), Treponema denticola (Td), Tannerella forsythia (Tf), and Eubacteria domain (Total bacteria). Generalized estimating equations were used to estimate treatment effects while accounting for longitudinal evaluation. Results: No significant inter-groups differences were observed to Pg, Td, Tf, and Total bacteria counts over 1 year. However, from 3 months onward, Pg and Tf counts increased significantly in both groups. Total bacteria and Td counts were maintained overtime. Still, the mean counts of target bacteria species remained at low levels (≤ 103) throughout the study. In parallel, the clinical parameters were maintained without significant changes. Conclusions: The PMP interventions yielded similar microbiological results along time, demonstrating the great impact and importance of supragingival biofilm control during PMP.
Tipo Tese
URI http://hdl.handle.net/10183/128798
Arquivos Descrição Formato
000972893.pdf (524.4Kb) Texto parcial Adobe PDF Visualizar/abrir

Este item está licenciado na Creative Commons License

Este item aparece na(s) seguinte(s) coleção(ões)


Mostrar registro completo

Percorrer



  • O autor é titular dos direitos autorais dos documentos disponíveis neste repositório e é vedada, nos termos da lei, a comercialização de qualquer espécie sem sua autorização prévia.
    Projeto gráfico elaborado pelo Caixola - Clube de Criação Fabico/UFRGS Powered by DSpace software, Version 1.8.1.