Repositório Digital

A- A A+

As práticas educativas neopentecostais : estudo de caso

.

As práticas educativas neopentecostais : estudo de caso

Mostrar registro completo

Estatísticas

Título As práticas educativas neopentecostais : estudo de caso
Autor Silva, Katiane Machado da
Orientador Machado, Carmen Lúcia Bezerra
Data 2015
Nível Doutorado
Instituição Universidade Federal do Rio Grande do Sul. Faculdade de Educação. Programa de Pós-Graduação em Educação.
Assunto Pratica educativa
[en] Education
[en] Educational practices
[en] Neopentecostals religion
[en] Outskirt
[en] Work
Resumo A presente tese de doutorado parte da indagação “quais as práticas educativas que se produzem na Igreja do Evangelho Quadrangular, no Bairro Pestano, localizado na Periferia da cidade de Pelotas, Rio Grande do Sul”. Tem como objetivo central descrever, compreender e analisar essas práticas educativas. Os conceitos que fundamentam esse estudo são: Educação e trabalho, Periferia e Religião. Trata-se de estudo de caso de natureza qualitativa. Assumi como método o desenvolvimento da dialética marxiana. Para o objetivo proposto foram realizadas quatro entrevistas semi-estruturadas e registro em diário de campo com observação das diversas práticas que compõem a Igreja do Evangelho Quadrangular. Como resultado da pesquisa três práticas se destacam como centrais na análise: a Igreja, o Culto e a Célula. A Igreja, como espaço/território, instituição e também como um dos lugares de formação e educação do povo da periferia, sendo que todas as suas proposições estão alinhavadas por um instrumento: a bíblia, a qual é usada como uma “ferramenta” de evangelização desenvolvida no conjunto das práticas educativas que compõem as neopentecostais. A bíblia usada como uma verdade universal. A igreja também como espaço de dar testemunho, parte da pedagogia do exemplo. O Culto, espaço de cultuar as simbologias, espaço de educação e acolhimento. Local de encontro, de ser “escola”. E, a Célula, lugar de conhecer, acompanhar as pessoas, de construir relações sociais para fortalecer a família. O consumo ganha uma centralidade para responder as demandas necessárias do capital. A tese principal explicita que há uma conexão entre os neopentecostais e a reorganização do capital o que se materializa nas práticas educativas, pois é nelas que reside o processo educativo entre as Igrejas Neopentecostais e a produção de uma nova sociabilidade entre os sujeitos sociais no capitalismo. A Igreja teve que se reorganizar como o movimento do capital; a crise do capital também produziu uma crise na Instituição Igreja. O ascetismo, a renúncia, o auto- sacrifício, os velhos costumes, o desprezo pelos prazeres mundanos, enfim, as velhas roupas tiveram que ser deixadas, ou trocadas por uma nova roupagem, em que o consumo ganha uma centralidade, na qual se exacerba a relação de troca entre DEUS/IGREJA e seus fiéis. Nas práticas se concretizam as mudanças e nelas é que se operacionaliza o processo de formação humana necessário para responder às demandas necessárias do capital. Deste modo, estas práticas educativas religiosas neopentecostais contribuem para uma nova sociabilidade no movimento do capital em sua atual configuração.
Abstract The present doctoral dissertation starts from the wonder of “what educational practices are produced at Foursquare Gospel Church, in Pestano district, on the outskirt of Pelotas city, in Rio Grande do Sul state?”. It aims to describe, comprehend and analyze these educational practices. The concepts that based this study are: work and education, outskirts and religion. It is a qualitative case study. As methodology it is assumed the developing of the Marxian dialectics. To the proposed aim it was done four semi structured interviews and notes on the field diary, observing several practices that compound the Foursquare Gospel Church. As the research result three practices were seen as central in the analyses: the church, the worship and the cell. The church as place/territory, institution and also as a place of formation and people education on the outskirts, being all its propositions followed by an instrument: the bible, which is used as a “tool” to the evangelization developed and a set of educational practices that compound the Neopentecostals. The bible used as a universal truth. Place to give testimony as part of example pedagogy. The worship, place to adore symbols, place of education and welcoming. Place of meeting and of being a” school”. And the cells, as a place to know, accompany people and build relationship to strength families. The consumption assumes centrality to answer the needs and demands of the capital. The main thesis states that there is a connection between Neopentecostals and the capital reorganization and it is materialized in the educational practices, because on them, are the educational process between Neopentecostals and the production of a new sociability among the subjects in the capitalism. This way the Neopentecostal educational practices contribute to a new sociability in the capital movement in the actual configuration. The church had to be reorganized as a capital movement, because the crisis in the capital, also produced a crisis in the institution church. The old asceticism, renouncement and self-sacrifice, the old traditions, the disdain for the world pleasures, therefore, the old clothes had to be left, or changed by new ones, where the consumption earns a centrality, where is highlighted the relationship of exchanges with GOD/CHURCH and its churchgoers. In the practices are concretized the changes and on them are done the process of human formation needed to answer the needs and demands of the capital.
Tipo Tese
URI http://hdl.handle.net/10183/128905
Arquivos Descrição Formato
000975681.pdf (720.1Kb) Texto completo Adobe PDF Visualizar/abrir

Este item está licenciado na Creative Commons License

Este item aparece na(s) seguinte(s) coleção(ões)


Mostrar registro completo

Percorrer



  • O autor é titular dos direitos autorais dos documentos disponíveis neste repositório e é vedada, nos termos da lei, a comercialização de qualquer espécie sem sua autorização prévia.
    Projeto gráfico elaborado pelo Caixola - Clube de Criação Fabico/UFRGS Powered by DSpace software, Version 1.8.1.