Repositório Digital

A- A A+

ENEM E SEAP : os possíveis significados da avaliação em comunidades escolares

.

ENEM E SEAP : os possíveis significados da avaliação em comunidades escolares

Mostrar registro completo

Estatísticas

Título ENEM E SEAP : os possíveis significados da avaliação em comunidades escolares
Autor Saraiva, Mateus
Orientador Luce, Maria Beatriz
Data 2015
Nível Mestrado
Instituição Universidade Federal do Rio Grande do Sul. Faculdade de Educação. Programa de Pós-Graduação em Educação.
Assunto Avaliação
Ensino médio
Exame Nacional do Ensino Médio (ENEM)
[en] Education policy
[en] High school
[en] National evaluation system
[en] Self-assessment of the institution
[es] Auto evaluación institucional
[es] Enseñanza media
[es] Política educacional
[es] Sistema nacional de evaluación
Resumo O Ensino Médio é uma etapa essencial para a preparação ao trabalho e à cidadania e, pelo seu processo de universalização e crescente importância, as escolas destinadas a essa etapa têm sido questionadas a respeito da sua qualidade. Com o intuito de incrementar a qualidade do ensino oferecido, o Governo Federal, dentre outras iniciativas, tem investido e incentivado o uso dos resultados da avaliação. Considerando e refletindo sobre esta conjuntura, a pesquisa traça o perfil e as problematizações feitas pelas comunidades escolares públicas do Estado do Rio Grande do Sul com aproveitamentos extremos no Exame Nacional de Ensino Médio (ENEM). Para isso, as instituições foram divididas em dois grupos polares, o Alfa e o Beta, de acordo com o desempenho no ENEM 2012 e, por meio das informações existentes no Censo Escolar em 2010, 2011 e 2012, no ENEM em 2012 e 2013 e no Sistema Estadual de Avaliação Participativa (SEAP) em 2012 e 2013. O estudo procurou aspectos que unificassem ou distanciassem as instituições, de acordo com o aproveitamento na larga escala. O objetivo foi buscar relações entre os resultados da prova, com os do Censo Escolar e os do SEAP, para, desta maneira, compreender como as comunidades escolares se diferenciam além do aproveitamento no Exame (PORTELA et. al., 2012; CURY 2008b). Com esse intuito, foram exploradas as base quantitativas das diferentes fontes e elementos qualitativos oriundos das justificativas do SEAP. A fim de refletir sobre a avaliação e seus resultados, a pesquisa apresenta conceitos que conotam os significados à avaliação, tais como: o Estado e a globalização (SANTOS, 2008; CASTELLANI, SARRO, 2011; DALE, GANDIN, 2014); a peculiaridade do caso brasileiro (CASTRO, RIBEIRO, 2009; FAGNANI, 2011); a avaliação em políticas públicas (FARIA, 2005); a discussão do Ensino Médio como promotor da cidadania por meio da aprendizagem (CURY, 2008a) e parte do sistema de ensino (SAVIANI, 2008); as avaliações como instrumentos das comunidades escolares (SORDI; LUDKE, 2009), como instrumento para a accountability dessas comunidades (MACHADO, 2009) que possibilitem o empoderamento na sua forma intransitiva (GOHN, 2004). A reflexão sobre as políticas e seus resultados apresentou – como resultados da pesquisa – instituições que se diferenciam, pelos aproveitamentos distintos no ENEM (devido ao recorte da pesquisa), mas também pelo perfil socioeconômico dos alunos e formação dos professores; destaca a importância da formação adequada dos professores, mas a carência em escolas com menores indicadores socioeconômicos; comparando os grupos, também foi possível verificar que a infraestrutura das instituições se assemelha, independentemente do desempenho acadêmico dos estudantes, assim como as pontuações atribuídas na autoavaliação. A pesquisa aponta à necessidade de mais discussão sobre as competências e habilidades exigidas pelo Enem e sobre as responsabilidades das instituições escolares nas finalidades propostas na Lei de Diretrizes e Base (LDB), mediante a garantia de condições de qualidade para a aprendizagem e de políticas de combate à desigualdade social; destarte, sobre a importância da problematização da política de avaliação articulada à formação de professores e gestão escolar na construção do Sistema Nacional de Educação.
Abstract The high school is a key step in preparation for work and citizenship. In order to improve the quality of education offered, it has invested and encouraged the use of evaluations results. Considering and reflecting on this situation, the research traces the profile and issues made by the public school communities of Rio Grande do Sul with extreme averages in the high-stake evaluation, Exame Nacional de Ensino Médio (ENEM). The schools were divided into two polar groups, Alpha and Beta, according to performance ENEM 2012. Through the information in the School Census in 2010, 2011 and 2012, in ENEM in 2012 and 2013 and in the self-assessment of the institution, Sistema Estadual de Avaliação Participativa (SEAP) in 2012 and 2013, the study looked for aspects that unify or distance institutions, according to their average on a large scale. To seek relations between the test results, with the School Census and the SEAP, for in this way understand how school communities differ beyond the ENEM average (PORTELA et. al., 2012; CURY 2008b). The research explored the quantitative bases from different sources and qualitative elements coming from the SEAP's justifications. As a result, it was found that institutions are different in socioeconomic profile of the students and adequate teachers education; the research highlights the lack of adequate teachers education in schools with lower socioeconomic indicators; comparing groups, it was also possible to verify that the infrastructure of institutions are similar, regardless of students performance, as well as the scores given in the self-assessment. In order to reflect on the assessment and its results, the work presents concepts that connote the evaluation of meanings, such as: the state and globalization (SANTOS, 2008; CASTELLANI, SARRO, 2011; DALE, GANDIN, 2014); the singularity of the brazilian case (CASTRO, RIBEIRO, 2009; FAGNANI, 2011); the public policy evaluating (Faria, 2005); the high school discussion as promoter of citizenship (CURY, 2008a) and part of the education system (Saviani, 2008); the evaluations as instruments of school communities (SORDI; LUDKE, 2009), as a tool for communities accountability (MACHADO, 2009) to enable the empowerment in its intransitive form (GOHN, 2004). The research points to the need for more discussion on the skills and abilities required by ENEM and on the responsibilities of educational institutions in the proposals purposes in the legislation, Lei de Diretrizes e Bases (LDB), by ensuring quality conditions for learning and policy combating social inequality; thus, on the importance of questioning the articulated evaluation policy to management in the construction of the National Educational System.
Resumen La secundaria es un momento fundamental para la preparación al trabajo y la ciudadanía y, por su proceso de universalización y gran importancia, las escuelas designadas a esta etapa son, a menudo, cuestionadas respecto su calidad. Con el intuito de mejorar la calidad de la enseñanza ofertada, mucho se ha invertido y fomentado sobre la utilidad de los resultados de la evaluación. Una vez que hemos considerado e reflexionado sobre esta coyuntura, la presente investigación ha delineado el perfil y los cuestionamientos de las comunidades escolares publicas el Estado del Rio Grande del Sur con rendimientos extremados en el Examen Nacional de la Enseñanza Media (ENEM). Para esto, las instituciones han sido divididas en dos grupos polares, el Alfa y el Beta, de acuerdo al rendimiento en el ENEM 2012. Por medio de las informaciones existentes en el Censo Escolar en los años 2010, 2011 y 2012, en el ENEM en 2012 y 2013 y en el Sistema Estadual de Evaluación Participativa (SEAP) en 2012 y 2013, la investigación ha procurado aspectos que juntasen o apartasen las instituciones, de acuerdo la evaluación en la larga escala. El objetivo ha sido buscar relaciones entre los resultados de la prueba, con los del Censo Escolar y los del SEAP, para, así, comprehender como las comunidades escolares se diferencian mas allá de los resultados del examen (PORTELA et. al., 2012; CURY 2008b). Con esta intención han sido explotadas las bases cuantitativas de las distintas fuentes y elementos cualitativos originados de las justificativas del SEAP. Como resultado, se ha encontrado instituciones que se diferencian por los resultados diferentes en el ENEM (debido al enfoque propuesto), pero también por el perfil socioeconómico del alumnado y la formación adecuada de los profesores en escuelas con menores indicadores socioeconómicos; una vez que hemos comparado los grupos, también ha sido posible verificar que la infraestructura de las instituciones se asemejan, sin diferenciación en lo que se refiere al rendimiento académico de los estudiantes, así como las calificaciones atribuidas en la autoevaluación. Con el propósito de reflexionar sobre la evaluación y sus resultados, la disertación presenta conceptos que exponen los significados de la evaluación, tales como: el Estado y la globalización (SANTOS, 2008; CASTELLANI, SARRO, 2011; DALE, GANDIN, 2014); la peculiaridad del caso brasileño (CASTRO, RIBEIRO, 2009; FAGNANI, 2011); la evaluación en políticas públicas (FARIA, 2005); la discusión de la Enseñanza Media como promotora de la ciudadanía por medio del aprendizaje (CURY, 2008a) y parte del sistema de enseñanza (SAVIANI, 2008); las evaluaciones como instrumentos de las comunidades escolares (SORDI; LUDKE, 2009), como instrumento para el accountability de estas comunidades (MACHADO, 2009) que posibiliten el empoderamiento en su forma intransitiva (GOHN, 2004). La investigación apunta la necesidad de más discusión sobre las competencias y habilidades exigidas por el ENEM y sobre las responsabilidades de las instituciones escolares en las finalidades propuestas en la Ley de Directrices y Base (LDB), atravéz la garantía de condiciones de calidad para el aprendizaje y de políticas de combate a la desigualdad social; destarte, sobre la importancia de la problematización de la política de evaluación articulada a la formación de profesores y gestión escolar en la construcción del Sistema Nacional de Educación.
Tipo Dissertação
URI http://hdl.handle.net/10183/128921
Arquivos Descrição Formato
000975394.pdf (1.442Mb) Texto completo Adobe PDF Visualizar/abrir

Este item está licenciado na Creative Commons License

Este item aparece na(s) seguinte(s) coleção(ões)


Mostrar registro completo

Percorrer



  • O autor é titular dos direitos autorais dos documentos disponíveis neste repositório e é vedada, nos termos da lei, a comercialização de qualquer espécie sem sua autorização prévia.
    Projeto gráfico elaborado pelo Caixola - Clube de Criação Fabico/UFRGS Powered by DSpace software, Version 1.8.1.