Repositório Digital

A- A A+

Memórias do campus Alegrete Instituto Federal Farroupilha RS : da Colônia do Passo Novo às vivências da Ditadura Civil- Militar (1954 – 1965)

.

Memórias do campus Alegrete Instituto Federal Farroupilha RS : da Colônia do Passo Novo às vivências da Ditadura Civil- Militar (1954 – 1965)

Mostrar registro completo

Estatísticas

Título Memórias do campus Alegrete Instituto Federal Farroupilha RS : da Colônia do Passo Novo às vivências da Ditadura Civil- Militar (1954 – 1965)
Autor Ribeiro, Ana Paula da Silveira
Orientador Santos, Simone Valdete dos
Data 2015
Nível Mestrado
Instituição Universidade Federal do Rio Grande do Sul. Faculdade de Educação. Programa de Pós-Graduação em Educação.
Assunto Ensino agrícola
História da educação
História oral
[en] Agricultural education
[en] History of educational institutions
[en] Memories of teachers and students
[en] Oral history
Resumo Inserido no campo da História da Educação e numa perspectiva da História Cultural, esta pesquisa aborda as vivências dos servidores e alunos na Escola Agrotécnica Federal de Alegrete- RS, desde 1954, na sua inauguração, até a interrupção do Estado Democrático em 1964. Neste contexto, a escola esteve sob intervenção militar em 1965. Este estudo reconstrói o início das atividades na Escola, suas incertezas, dificuldades e implicações políticas, imbricadas com a história de vida dos alunos e servidores que trilharam este caminho. Para o desenvolvimento deste estudo, foi percorrido um caminho metodológico utilizando-se a abordagem qualitativa, sendo utilizada a história oral como método de pesquisa. A técnica aplicada foram as entrevistas realizadas com os sujeitos (alunos, funcionários e professores), associada à análise documental. Como suporte teórico destaco as contribuições de Maurice Halbwachs, Alistar Thompson e Ecléa Bosi, no que se refere às reflexões sobre memória e memória coletiva, bem como Justino de Magalhães abordando a importância do estudo das instituições escolares. Esta pesquisa insere-se numa perspectiva da História Cultural, na qual destaco as contribuições de Sandra Pesavento, Roger Chartier e Peter Burke. Para oportunizar a contextualização do momento político e social da Educação Profissional, conforme a temporalidade pesquisada, ocorreu a análise da Legislação pertinente ao Ensino Agrícola. Foi possível concluir que a Escola Agrotécnica Federal de Alegrete/RS, atualmente Campus do Instituto Federal Farroupilha/RS, se constituiu a partir de políticas públicas evidenciadas pelos diversos momentos políticos pelo qual passou o País, desde a sua implantação até a intervenção militar ocorrida na Escola em 1965. As narrativas dos sujeitos recompõem este tempo, no qual as memórias tecem uma trama de lembranças construídas coletivamente em um espaço compartilhado que adquire sentido na medida em que a memória individual encontra sua ancoragem na memória coletiva dos sujeitos.
Abstract In the field of History of Education and on Cultural History perspective, this study approaches the experiences of public servers and students from Escola Agrotécnica Federal de Alegrete since 1954 on its inauguration until the interruption of democratic period in 1964. In this context, the school was under military intervention in 1965. This study reconstructs the beginning of activities at the school, its uncertainties, difficulties and policy implications, interwoven with the story of life of students and public servers that have gone down this path.For the development of this work, a methodological path has been gone through, using the qualitative approach and the oral history as investigation method. Interviews made with people (students, workers and teachers), associated to documental analysis, were the applied techniques. As theoretical input I point out Maurice Halbwachs’, Alistar Thompson’s and Ecleia Bosi’s contributions, referring to the reflections about memory and collective memory, as well as Justino de Magalhães’ approach of the importance of studying the educational institutions. This research is inserted in a Cultural History perspective, in which I distinguish Sandra Pesavento’s, Roger Chartier’s and Peter Burke’s contributions. In order to provide the contextualization of the social and political moment of the Professional Education during the researched period, the body of laws about Agricultural Education, as well as decrees and regulations, has been analyzed. It was possible to conclude that Escola Agrotécnica Federal de Alegrete/RS, nowadays Instituto Federal Farroupilha/RS , was established from the public policies evidenced by the several political moments which the country has undergone, since the school’s creation until the Military Overthrow in 1965. People’s narratives recompose this time where the memories weave a plot of remembrances built collectively in a shared space that makes sense insofar as the individual memory finds its anchoring in peoples’ collective memory.
Tipo Dissertação
URI http://hdl.handle.net/10183/128925
Arquivos Descrição Formato
000975409.pdf (4.304Mb) Texto completo Adobe PDF Visualizar/abrir

Este item está licenciado na Creative Commons License

Este item aparece na(s) seguinte(s) coleção(ões)


Mostrar registro completo

Percorrer



  • O autor é titular dos direitos autorais dos documentos disponíveis neste repositório e é vedada, nos termos da lei, a comercialização de qualquer espécie sem sua autorização prévia.
    Projeto gráfico elaborado pelo Caixola - Clube de Criação Fabico/UFRGS Powered by DSpace software, Version 1.8.1.