Repositório Digital

A- A A+

Aprendizagem musical colaborativa mediada pelas tecnologias digitais : motivação dos alunos e estratégias de aprendizagem

.

Aprendizagem musical colaborativa mediada pelas tecnologias digitais : motivação dos alunos e estratégias de aprendizagem

Mostrar registro completo

Estatísticas

Título Aprendizagem musical colaborativa mediada pelas tecnologias digitais : motivação dos alunos e estratégias de aprendizagem
Outro título Music collaborative learning mediated by digital technologies : students motivation and learning strategies
Autor Cernev, Francine Kemmer
Orientador Hentschke, Liane
Data 2015
Nível Doutorado
Instituição Universidade Federal do Rio Grande do Sul. Instituto de Artes. Programa de Pós-Graduação em Música.
Assunto Aprendizagem colaborativa
Educação básica
Educação musical
Motivação : Música
Pesquisa : Acao
Tecnologia digital
[en] Action-research
[en] Digital technology
[en] Motivation to learn music in school
[en] Music collaborative learning
Resumo O presente trabalho se propôs a investigar a aprendizagem musical colaborativa e a motivação dos alunos para aprender utilizando as tecnologias digitais no contexto da educação básica. O referencial teórico foi construído a partir das discussões sobre a aprendizagem colaborativa e sobre a motivação dos alunos. O olhar investigativo da aprendizagem musical colaborativa, utilizando tecnologias digitais livres, buscou compreender como essas práticas musicais ocorrem em sala de aula e como seu uso pode contribuir para o ensino de música na escola. Ao trabalhar na perspectiva de um estudo que contempla a motivação, foi utilizada a abordagem psicológica amparada na Teoria da Autodeterminação (TAD) com ênfase na satisfação das necessidades psicológicas básicas destes alunos. A metodologia de pesquisa adotada foi a pesquisa ação, delineada a partir da concepção da pesquisa ação integral e sistêmica proposta por André Morin (2004). As aulas foram planejadas visando o envolvimento entre os alunos, professoras, as possibilidades físicas dos recursos tecnológicos oferecidos pela escola e pelas interações oferecidas pelo ciberespaço. A coleta de dados utilizou diferentes técnicas: 1) entrevistas semiestruturadas com a professora; 2) entrevistas de grupos focais com os alunos; 3) questionários online; 4) observações participantes com registros audiovisuais; e 5) registros das produções e documentos escritos. Os dados foram sistematizados e organizados utilizando o aplicativo Nvivo. Os resultados apontaram as diferentes estratégias que os alunos adotaram em sala de aula, as relações estabelecidas entre os alunos e as tecnologias digitais bem como a motivação dos estudantes para as aulas de música neste contexto, que puderam suprir as necessidades psicológicas básicas dos estudantes, apesar de nem todos apresentarem motivação autônoma para aprender música na escola. Esta pesquisa pretende contribuir para a área de educação musical ao demonstrar possibilidades pedagógicas ao inserir as tecnologias nas aulas de música, não apenas como uma aplicabilidade tecnológica, mas em uma nova forma de se pensar o ensino de música no ambiente curricular e contribuir para a motivação na aprendizagem musical.
Abstract This study aimed to investigate the music collaborative learning and the motivation to learn using digital technologies in the context of basic education. The theoretical framework was built from the discussions on collaborative learning and the motivation of students. The investigative look of music collaborative learning using free digital technologies, sought to understand how these musical practices occur in the classroom and how its use can contribute to music education in school. By working from the perspective of a study that includes motivation, supported psychological approach to Self-Determination Theory (STD) with in emphasis of psychological basic needs of these students. The methodology used was action research, outlined from the design of systemic integral action-research proposed by André Morin (2004). Classes were planned in order engagement between students, teachers, the physical possibilities of technological resources offered by the school and by interactions offered by cyberspace. The data collection involved: 1) semi-structured interviews with the teacher; 2) focused groups with students; 3) online questionnaires; 4) participant observations with audiovisual records; and 5) records of production and written documents. Nvivo was used to support data analysis. The results showed the different strategies that students adopt in the classroom, the relations between the students and the digital technologies and the motivation of students for music class in this context that could supply the psychological needs of students, although not all present autonomous motivation to learn music in school. This research intends to contribute with the music education to demonstrate pedagogical possibilities to use the technology in music lessons, not only as a technological applicability, but in a new way of thinking about music education in curriculum and environment contribute to motivation in musical learning.
Tipo Tese
URI http://hdl.handle.net/10183/128932
Arquivos Descrição Formato
000975823.pdf (4.002Mb) Texto completo Adobe PDF Visualizar/abrir

Este item está licenciado na Creative Commons License

Este item aparece na(s) seguinte(s) coleção(ões)


Mostrar registro completo

Percorrer



  • O autor é titular dos direitos autorais dos documentos disponíveis neste repositório e é vedada, nos termos da lei, a comercialização de qualquer espécie sem sua autorização prévia.
    Projeto gráfico elaborado pelo Caixola - Clube de Criação Fabico/UFRGS Powered by DSpace software, Version 1.8.1.