Repositório Digital

A- A A+

A satisfação dos usuários segundo a forma de internação em hospital universitário

.

A satisfação dos usuários segundo a forma de internação em hospital universitário

Mostrar registro completo

Estatísticas

Título A satisfação dos usuários segundo a forma de internação em hospital universitário
Outro título Users’ satisfaction according to the type of inpatient stay in a university hospital
Outro título La satisfacción del usuario en la forma de la admisión en un hospital universitario
Autor Molina, Karine Lorenzen
Orientador Moura, Gisela Maria Schebella Souto de
Data 2015
Nível Mestrado
Instituição Universidade Federal do Rio Grande do Sul. Escola de Enfermagem. Programa de Pós-Graduação em Enfermagem.
Assunto Hospitais universitários
Hospitalização
Qualidade da assistência à saúde
Satisfação do paciente
Tempo de internação
[en] Consumer behavior
[en] Hospitalization
[en] Hospitals
[en] Inpatient care units
[en] Length of stay
[en] Nursing
[en] Patient satisfaction
[en] Quality of health care
[es] Calidad de la atención de salud
[es] Comportamiento del consumidor
[es] Enfermería
[es] Hospitales
[es] Hospitalización
[es] Satisfacción del paciente
[es] Tiempo de internación
[es] Unidades de internación
Resumo A pesquisa de satisfação é um importante indicador de qualidade. A porta de entrada é vista como um “termômetro” da qualidade do atendimento prestada pelo sistema de saúde. Emergências superlotadas e longos períodos de espera para internações eletivas são uma realidade nos hospitais. Este estudo analisou a satisfação dos usuários segundo a forma de internação – emergência e admissão - em hospital universitário, descreveu o perfil sociodemográfico, comparou a satisfação de usuários, elencou aspectos do atendimento quanto a elogios críticas e sugestões e investigou a influência do tempo de internação na satisfação dos usuários . Integrante de um estudo longitudinal esta pesquisa foi do tipo survey, realizada em um hospital público, universitário e geral no Sul do Brasil. A amostra constituiuse de usuários maiores de 18 anos internados no mínimo 48 horas em unidades clínicas e cirúrgicas. O instrumento de pesquisa constou com variáveis sociodemográficas, de internação, de satisfação e duas perguntas abertas. A coleta foi realizada por telefone no período de 15 a 30 dias após a alta hospitalar. A análise do estudo foi do tipo descritiva e analítica. Foram elegíveis 367 usuários, 174 internaram pela emergência e 192 pela admissão, 52% do sexo feminino, 50,9% adultos e adultos jovens, 51% vivem com companheiro, 47,7% têm mais de 8 anos de estudo, 77,7% foram internados pelo Sistema Único de Saúde e a média de internação foram de 13,6 dias. Para o grupo da emergência 51,7% foram idosos, 51,5% de usuários destacaram elogios e o período de internação teve correlação com as dimensões da admissão (rS=.236), com a equipe de nutrição (rS=.203) e com a alta (rS=.218). Para o grupo que internou pela admissão 57,1% destacaram críticas e o período de internação teve correlação com a admissão (rS=.185). Considerando o desfecho satisfação dos usuários 33,3% responderam estar satisfeitos e 66,1% muito satisfeitos com o atendimento recebido. A única dimensão de satisfação que não teve diferença estatística entre os dois grupos foi a da equipe de enfermagem. Este estudo evidenciou a fragilidade do sistema de saúde frente aos cuidados com os idosos e quanto aos processos de gerenciamento de leitos, mas demonstrou um elevado nível de satisfação dos usuários com a assistência prestada em hospital universitário.
Abstract A satisfaction survey is an important indicator of quality. The entrance door is seen as a “thermometer” of the quality of care provided by the health system. Overcrowded emergency rooms and long waiting time for elective hospitalizations are a reality in many hospitals. This study analyzed users’ satisfaction according to the type of inpatient stay – emergency or admission – in a university hospital; described their demographic profile, compared the satisfaction of users; presented aspects of care about praises, criticisms and suggestions; and investigated the influence of the length of stay in the satisfaction of users. Belonging to a longitudinal study this research was of a survey type, carried out in a public university hospital in southern Brazil. The sample consisted of users over 18 years old, hospitalized for at least 48 hours in clinical and surgical units. The research instrument consisted of sociodemographic, stay-in and satisfaction variables, and two open questions. The collection of data was carried out by phone in a period of 15 to 30 days after hospital discharge. The analysis of the study was of a descriptive and analytical type. Three hundred and sixty-seven users were eligible, 174 were hospitalized by emergency and 192 by admission, 52% were female, 50.9% adults and young adults, 51% live with a partner, 47.7% have more than 8 years of study, 77.7% were admitted by the Unified Health System (SUS), and the average of hospitalization were 13.6 days. For the emergency group, 51.7% were elderly people, 51.5% of users reported praise and the length of hospitalization had correlation with the dimensions of admission (rS =.236), with the team of nutrition (rS =.203), and discharge (rS =.218). For the group that entered by admission, 57.1% highlighted criticism and the length of hospitalization had correlation with the admission (rS=.185). Considering the outcome “users’ satisfaction”, 33.3% replied to be satisfied and 66.1% very satisfied with the service received. The only dimension of satisfaction that did not show any statistical difference between the two groups was the nursing team. This study pointed to the fragility of the health system in relation to the care of the elderly and bed management processes, but demonstrated a high level of user’s satisfaction regarding the assistance provided in the referred university hospital.
Resumen La pesquisa de satisfacción es un importante indicador de calidad. La puerta de entrada es mirada como un “indicador” de la calidad del atendimento ofertada por el sistema de salud. Emergencias superlotadas y largos períodos de espera para ingresos efectivos son una de las realidades en los hospitales. Esto estudio analisó la satisfacción de los usuários según la forma de ingreso-emergência y admisión- en hospital universitário, describió el perfil sociodemográfico, comparó la satisfacción de usuários, levantó aspectos del atendimiento cuanto a elogios, crítica y sugerencias e investigó la influencia del tiempo de ingreso en la satisfacción de los usuários. Integrante de un estúdio longitudinal, esta pesquisa fué del tipo survey, realizada en un hospital público, universitario y general en el Sur del Brasil. La amuestra se constituyó de usuários mayores de 18 años ingresados en el mínimo 48 horas en unidades clínicas y cirúrgicas. El instrumento de pesquisa constó con variables sociodemográficas, de ingreso, de satisfacción y dos preguntas abiertas . La coleta fué realizada por teléfono en el período de 15 a 30 días apos el alta del hospital. La análisis del estúdio fué del tipo descriptiva y analítica, fueron escogidos 367 usuarios, 174 ingresaron por la emergência y 192 por la admisión, 52 del sexo femenino, 50,9% adultos y adultos jóvenes, 51% viven con compañero, 47,7% tienen más de 8 años de estudio, 77,7% ingresaron por el Sistema Único de Salud y la media de ingreso fué de 13,6 días. Para el grupo de emergencia 51,7% fueron ancianos, 51,5% de usuários destacaron elogios y el período de ingresso tuvo correlación con las dimensiones de admisión (rS=.236), con el equipo de nutrición (rS=.203) y con el alta (rS=.218). Para el grupo que ingresó por la admisión 57,1% destacaron críticas y el período de ingresso tuvo correlación con la admisión (rS=.185). Llevando en cuenta el desfecho satisfación de los usuários 33,3% respondieron estar satisfechos y 66,1%muy satisfechos con la atención recebida. La única dimensión de satisfacción que no tuvo diferencia estatística entre los dos grupos fué a de el equipo de enfermeira. Este estúdio demonstró la fragilidade del sistema de salud frente a los cuidados con los ancianos y cuanto a los procesos de gestión de lechos, pero demonstró un elevado nível de satisfacción de los usuários con la asistencia prestada en hospital universitário.
Tipo Dissertação
URI http://hdl.handle.net/10183/128955
Arquivos Descrição Formato
000976636.pdf (1.733Mb) Texto completo Adobe PDF Visualizar/abrir

Este item está licenciado na Creative Commons License

Este item aparece na(s) seguinte(s) coleção(ões)


Mostrar registro completo

Percorrer



  • O autor é titular dos direitos autorais dos documentos disponíveis neste repositório e é vedada, nos termos da lei, a comercialização de qualquer espécie sem sua autorização prévia.
    Projeto gráfico elaborado pelo Caixola - Clube de Criação Fabico/UFRGS Powered by DSpace software, Version 1.8.1.