Repositório Digital

A- A A+

Intervention in autism : social engagement implemented by caregivers

.

Intervention in autism : social engagement implemented by caregivers

Mostrar registro completo

Estatísticas

Título Intervention in autism : social engagement implemented by caregivers
Autor Santos, Adrine Carvalho dos
Ribeiro, Ivete Furtado
Garotti, Marilice Fernandes
Bosa, Cleonice Alves
Abstract To become involved in states of social engagement with their caregivers is a core deficit of children with autism. This study verified the effectiveness of an intervention with caregivers for the promotion of social engagement in their children with autism. The interactions of seven dyads were video recorded before, during and after the intervention in order to record the duration of eleven states of the children’ attention engagement, coded as social engagement (SE) or non-social engagement (NSE). Eight hours of intervention were divided into meetings with all the caregivers and into individualized monitoring. After the intervention, significant differences were observed regarding the increase of SE and in the decrease of NSE and these gains were maintained at follow-up. The increase in SE was positively associated with the degree of caregivers’ adherence to the treatment. We conclude that short duration interventions can qualify caregivers as competent mediators to increase social engagements.
Resumo Envolver-se em estados de engajamento social com seus cuidadores é um déficit central de crianças com autismo. Este estudo verificou a efetividade de uma intervenção com cuidadores para a promoção de engajamento social em suas crianças com autismo. As interações de sete díades foram filmadas antes, durante e após a intervenção para registro da duração de onze estados de engajamento da atenção infantil, categorizados como social (ES) ou não social (ENS). Oito horas de intervenção foram divididas em encontros grupais e em monitoramentos individuais. Após a intervenção foram observadas diferenças significativas no aumento de ES e na diminuição de ENS e esses ganhos foram mantidos na avaliação de seguimento. O aumento em ES estava positivamente associado ao grau de adesão das cuidadoras ao tratamento. Concluímos que intervenções de curta duração podem capacitar cuidadores como mediadores competentes para aumentar engajamentos sociais.
Resumen Participar en estados de engajamento social con sus cuidadores es un déficit central de niños con autismo. Este estudio verificó la efectividad de una intervención con cuidadores para la promoción de engajamento social en sus niños con autismo. Las interacciones de siete díades fueron filmadas antes, durante y después de la intervención para registro de la duración de once estados de engajamento de la atención infantil, categorizados como social (ES) o no social (ENS). Ocho horas de intervención fueron divididas en encuentros grupales y en monitoreos individuales. Tras la intervención fueron observadas diferencias significativas en el aumento de ES y en la disminución de ENS y esas ganancias fueron mantenidas en la evaluación de seguimiento. El aumento en ES estaba positivamente asociado al grado de adhesión de las cuidadoras al tratamiento. Concluimos que intervenciones de corta duración pueden capacitar cuidadores como mediadores competentes para aumentar engajamentos sociales.
Contido em Paidéia (Ribeirão Preto) : Programa de Pós-Graduação em Psicologia, Faculdade de Filosofia, Ciências e Letras de Ribeirão Preto, Universidade de São Paulo. Vol. 25, n. 60 (jan./abr. 2015), p. 67-75.
Assunto Autismo
[en] autism
[en] caregivers
[en] social interaction
[es] cuidadores
[es] interacción social
Origem Nacional
Tipo Artigo de periódico
URI http://hdl.handle.net/10183/129016
Arquivos Descrição Formato
000972232.pdf (294.3Kb) Texto completo (inglês) Adobe PDF Visualizar/abrir

Este item está licenciado na Creative Commons License

Este item aparece na(s) seguinte(s) coleção(ões)


Mostrar registro completo

Percorrer



  • O autor é titular dos direitos autorais dos documentos disponíveis neste repositório e é vedada, nos termos da lei, a comercialização de qualquer espécie sem sua autorização prévia.
    Projeto gráfico elaborado pelo Caixola - Clube de Criação Fabico/UFRGS Powered by DSpace software, Version 1.8.1.