Repositório Digital

A- A A+

Reprodutibilidade de medidas ecocardiográficas da massa ventricular esquerda no ELSA-Brasil

.

Reprodutibilidade de medidas ecocardiográficas da massa ventricular esquerda no ELSA-Brasil

Mostrar registro completo

Estatísticas

Título Reprodutibilidade de medidas ecocardiográficas da massa ventricular esquerda no ELSA-Brasil
Outro título Reproducibility of left ventricular mass by echocardiogram in the ELSA-Brasil
Autor Tognon, Alexandre Pereira
Foppa, Murilo
Luft, Vivian Cristine
Chambless, Lloyd Ellwood
Lotufo, Paulo Andrade
El Aouar, Lilia Maria Mameri
Fernandes, Luciana Pereira
Duncan, Bruce Bartholow
Resumo Fundamento: A ecocardiografia, apesar de não invasiva e de relativo baixo custo, tem na variabilidade de medidas repetidas um dos principais limitantes a sua utilização em estudos epidemiológicos. Objetivo: Avaliar a reprodutibilidade da massa ventricular esquerda obtida em centros de investigação (on-line) com aquela obtida em centro de leitura (off-line) e entre medidas realizadas por diferentes avaliadores no centro de leitura. Método: Ecocardiografistas dos seis centros de investigação do ELSA-Brasil mediram on-line a massa ventricular esquerda e outras medidas ecocardiográficas de 124 exames antes de enviá-los ao centro de leitura, onde foram lidos off-line de acordo com o protocolo do estudo. Metade desses exames foi medida de forma cega por um segundo leitor. Resultados: Dos 124 exames, cinco (4%) foram considerados não mensuráveis. Dos 119 restantes, 72 (61%) eram de mulheres, com idade média de 50,2 ± 7,0 anos, sendo apenas dois exames com alteração estrutural cardíaca. Em 110 (92,4%) dos exames, as imagens foram consideradas ótimas/boas pelo centro de leitura. Não foram observadas diferenças significativas entre as médias da massa ventricular esquerda obtidas on-line e off-line (1,29 g, IC 95% −3,60-6,19), sendo o coeficiente de correlação intraclasse de 0,79 (IC 95% 0,72-0,85). Para as medidas realizadas no centro de leitura, % 0,78-0,91). Conclusão: Não houve diferenças sistemáticas relevantes na medida da massa ventricular esquerda on-line versus off-line e a reprodutibilidade das medidas foi similar à de estudos anteriores. A realização das medidas em centros de leitura, como utilizado no ELSA-Brasil, é factível e útil em estudos clínico-epidemiológicos realizados em nosso meio.
Abstract Background: Echocardiography, though non-invasive and having relatively low-cost, presents issues of variability which can limit its use in epidemiological studies. Objectives: To evaluate left ventricular mass reproducibility when assessed at acquisition (online) compared to when assessed at a reading center after electronic transmission (offline) and also when assessed by different readers at the reading center. Method: Echocardiographers from the 6 ELSA-Brasil study investigation centers measured the left ventricular mass online during the acquisition from 124 studies before transmitting to the reading center, where studies were read according to the study protocol. Half of these studies were blindly read by a second reader in the reading center. Results: From the 124 echocardiograms, 5 (4%) were considered not measurable. Among the remaining 119, 72 (61%) were women, mean age was 50.2 ± 7.0 years and 2 had structural myocardial abnormalities. Images were considered to be optimal/good by the reading center for 110 (92.4%) cases. No significant difference existed between online and offline measurements (1,29g, CI 95% −3.60-6.19), and the intraclass correlation coefficientbetween them was 0.79 (CI 95% 0.71-0.85). For images read by two readers, the intraclass correlation coefficient was 0.86 (CI 95% 0.78-0.91). Conclusion: There were no significant drifts between online and offline left ventricular mass measurements, and reproducibility was similar to that described in previous studies. Central quantitative assessment of echocardiographic studies in reading centers, as performed in the ELSA-Brasil study, is feasible and useful in clinical and epidemiological studies performed in our setting.
Contido em Arquivos brasileiros de cardiologia. São Paulo. Vol. 104, n. 2 (fev. 2015), p. 104-111
Assunto Ecocardiografia
Estudo multicêntrico
Hipertrofia ventricular esquerda
Precisão da medição dimensional
Reprodutibilidade dos testes
[en] Dimensional measurement accuracy
[en] Echocardiography
[en] Hypertrophy left ventricular
[en] Multicenter studies
[en] Reproducibiity of results
Origem Nacional
Tipo Artigo de periódico
URI http://hdl.handle.net/10183/129018
Arquivos Descrição Formato
000963423.pdf (983.5Kb) Texto completo Adobe PDF Visualizar/abrir

Este item está licenciado na Creative Commons License

Este item aparece na(s) seguinte(s) coleção(ões)


Mostrar registro completo

Percorrer



  • O autor é titular dos direitos autorais dos documentos disponíveis neste repositório e é vedada, nos termos da lei, a comercialização de qualquer espécie sem sua autorização prévia.
    Projeto gráfico elaborado pelo Caixola - Clube de Criação Fabico/UFRGS Powered by DSpace software, Version 1.8.1.