Repositório Digital

A- A A+

Ações e procedimentos constituíntes da consulta ginecológica e sua contribuição para a promoção da integralidade

.

Ações e procedimentos constituíntes da consulta ginecológica e sua contribuição para a promoção da integralidade

Mostrar registro completo

Estatísticas

Título Ações e procedimentos constituíntes da consulta ginecológica e sua contribuição para a promoção da integralidade
Autor Queiroz, Rafaela Roque
Orientador Gouveia, Helga Geremias
Data 2015
Nível Graduação
Instituição Universidade Federal do Rio Grande do Sul. Escola de Enfermagem. Curso de Enfermagem.
Assunto Atenção primária à saúde
Integralidade em saúde
Saúde da mulher
Teste de Papanicolau
[en] Integrality in health
[en] Papanicolaou test
[en] Primary health care
[en] Women's health
Resumo INTRODUÇÃO: O Sistema Único de Saúde prevê, como um de seus princípios, a Integralidade. No Brasil, a Política Nacional de Atenção Integral à Saúde da Mulher propõe a implementação de ações de saúde integral, contribuindo com a garantia dos direitos humanos das mulheres e buscando reduzir a morbimortalidade por causas preveníveis e evitáveis (BRASIL, 2004). Atualmente, a atenção a saúde das mulheres, muitas vezes, se limita à consulta de pré-natal e à consulta ginecológica, esta última sendo entendida como o momento para a coleta de material do colo uterino objetivando a realização do exame citopatológico (CP) e, raramente, é acompanhada pelo exame clínico das mamas. OBJETIVO: Analisar as ações e os procedimentos que compõem as consultas ginecológicas na Rede de Atenção Básica e sua contribuição para a promoção da atenção integral à saúde das mulheres. METODOLOGIA: Estudo qualitativo-exploratório das experiências de 22 usuárias em consultas ginecológicas. Foram realizados dois grupos focais no serviço de atenção básica do município com melhores indicadores de acesso e qualidade da atenção à saúde das mulheres do Rio Grande do Sul. RESULTADOS: A análise dos dados identificou que a atenção ginecológica oferecida às usuárias no serviço de saúde local, pela enfermeira, não contempla os sentidos da integralidade. As consultas têm o foco apenas na coleta de CP e o modelo de atenção oferecido não oportuniza momentos de diálogo em que a usuária possa expor suas necessidades de saúde e criar vínculo com o profissional e serviço. Já nas consultas ginecológicas, realizadas por especialistas em outros municípios, as usuárias relataram maior satisfação pelas suas práticas. Foi identificado o vínculo por meio do diálogo com os ginecologistas no momento da consulta. A integralidade também é ofertada nesse município no atendimento a urgências e na marcação de consultas ginecológicas em outros municípios e da garantia do transporte até o local da consulta. CONSIDERAÇÕES FINAIS: Os resultados desse estudo corroboram com a necessidade da prática de uma consulta ginecológica ampliada. Considera-se então, que essa consulta é composta de elementos de tecnologias leves, como o diálogo e o vínculo e tecnologias duras como a realização de exames e procedimentos. A coleta de CP e o exame clínico das mamas devem ser mais um momento dessa consulta e não o foco da mesma.
Abstract INTRODUCTION: The National Health System (SUS) provides, as one of its principles, the integrality. In Brazil, the National Policy of Integrated Care to Women's Health, proposes the implementation of actions of integrality in health, contributing to the assurance of human rights of women and seeking to reduce the morbimortality by preventable and avoidable causes (BRASIL, 2004). Currently, the women's health care is, often, limited to prenatal and gynecological consultation. The latter being understood as the moment for the collection of cervical material to the realization of Papanicolaou Test (PT) and, rarely being followed by clinical breast examination. OBJECTIVE: To analyse the actions and procedures that make up the gynecological consultation at Primary Health Care network and its contribution to the promotion of integrated care in women's health. METHODOLOGY: A qualitative exploratory study of 22 users experiences at gynecological consultations. Two focal groups were carried out at the primary health service of the municipality with the best indicators of access and quality of women's health care of Rio Grande do Sul. RESULTS: Data analysis identified that the gynecological care provided to users at the local health service, by the nurse, do not contemplate the meanings of integrality. The focus of the consultation is only in the collection of Pap smear cytology and the care model provided does not offer moments of dialogue in which the user can expose their health needs and create a bond with the professional and service. At the gynecological consultations conducted by specialists in other municipalities, however, the users reported greater satisfaction for their practices. A bond, through dialogue with gynecologists was identified at the time of consultation. The integrality is provided, as well, in this municipality, at the emergency care, and appointing gynecological consultations in other municipalities, guaranteeing a means of transportation to the location of the consultation. FINAL CONSIDERATIONS: the results of this study corroborate to the need of practicing an amplified gynecological consultation. It is considered, therefore, that this consultation is composed by elements of light technology, as dialogue and bond, and hard technologies as realization of tests and procedures. The collection of Pap smear cytology and the clinical breast examination must be only a moment of this consultation and not the focus of it.
Tipo Trabalho de conclusão de graduação
URI http://hdl.handle.net/10183/129028
Arquivos Descrição Formato
000975810.pdf (990.6Kb) Texto completo Adobe PDF Visualizar/abrir

Este item está licenciado na Creative Commons License

Este item aparece na(s) seguinte(s) coleção(ões)


Mostrar registro completo

Percorrer



  • O autor é titular dos direitos autorais dos documentos disponíveis neste repositório e é vedada, nos termos da lei, a comercialização de qualquer espécie sem sua autorização prévia.
    Projeto gráfico elaborado pelo Caixola - Clube de Criação Fabico/UFRGS Powered by DSpace software, Version 1.8.1.