Repositório Digital

A- A A+

Os sentidos atribuídos ao princípio da integralidade na formação do enfermeiro : uma revisão integrativa

.

Os sentidos atribuídos ao princípio da integralidade na formação do enfermeiro : uma revisão integrativa

Mostrar registro completo

Estatísticas

Título Os sentidos atribuídos ao princípio da integralidade na formação do enfermeiro : uma revisão integrativa
Autor Fritzen, Thaise Alves de Oliveira
Orientador Machado, Maria Luiza Paz
Data 2015
Nível Graduação
Instituição Universidade Federal do Rio Grande do Sul. Escola de Enfermagem. Curso de Enfermagem.
Assunto Educação em enfermagem
Educação superior
Estudantes de enfermagem
Integralidade em saúde
Resumo Este estudo objetivou identificar os sentidos atribuídos ao princípio da integralidade na formação em enfermagem. Trata-se de um estudo do tipo Revisão Integrativa (RI) de pesquisa baseada em Cooper (1984). Este método reúne resultados obtidos de outras pesquisas decorrentes da mesma temática, com o objetivo de sintetizar e analisar os dados obtidos, desenvolvendo uma explicação sobre o tema em questão. Foram utilizadas as bases de dados bibliográficas eletrônicas: Literatura Latino-Americana em Ciências da Saúde (LILACS), Scientific Eletronic Library Online (SciELO) e no portal de pesquisa Biblioteca Virtual em Saúde (BVS Enfermagem). A amostra inicial com os descritores utilizados se obteve 73 artigos disponíveis entre os anos de 2001 a 2014. Depois de aplicados os critérios de exclusão foram selecionados 14 artigos para análise. No que se refere aos sentidos da integralidade presentes nos artigos, foram encontrados três sentidos: “O ser como um todo”, “Um princípio do SUS” e “Singular e Subjetivo”, sendo abordados, respectivamente, em doze artigos (70,58%), três artigos (17,64%) e dois artigos (11,76%).Os principais resultados evidenciaram que a enfermagem vem abordando o holismo com o mesmo sentido do princípio da integralidade. Constatou-se também que há um longo caminho a percorrer em relação ao princípio da integralidade na formação profissional.Conclui-se que são necessárias modificações no processo de formação em enfermagem para que ocorra a transformação do modelo vigente em um modelo de prática baseado no princípio da integralidade.
Tipo Trabalho de conclusão de graduação
URI http://hdl.handle.net/10183/129031
Arquivos Descrição Formato
000976148.pdf (451.8Kb) Texto completo Adobe PDF Visualizar/abrir

Este item está licenciado na Creative Commons License

Este item aparece na(s) seguinte(s) coleção(ões)


Mostrar registro completo

Percorrer



  • O autor é titular dos direitos autorais dos documentos disponíveis neste repositório e é vedada, nos termos da lei, a comercialização de qualquer espécie sem sua autorização prévia.
    Projeto gráfico elaborado pelo Caixola - Clube de Criação Fabico/UFRGS Powered by DSpace software, Version 1.8.1.