Repositório Digital

A- A A+

Narrativas no estudo das práticas em saúde mental : contribuições das perspectivas de Paul Ricoeur, Walter Benjamim e da antropologia médica

.

Narrativas no estudo das práticas em saúde mental : contribuições das perspectivas de Paul Ricoeur, Walter Benjamim e da antropologia médica

Mostrar registro completo

Estatísticas

Título Narrativas no estudo das práticas em saúde mental : contribuições das perspectivas de Paul Ricoeur, Walter Benjamim e da antropologia médica
Outro título Narratives in the study of mental health care practices : contributions of the perspectives of Paul Ricoeur, Walter Benjamin and of medical anthropology
Autor Palombini, Analice de Lima
Onocko-Campos, Rosana Teresa
Leal, Erotildes Maria
Serpa Júnior, Octavio Domont
Xavier, Maria Angélica Zamora
Baccari, Iavana Oliveira Preto
Ferrer, Ana Luiza
Diaz, Alberto Giovanello
Resumo Narrativas são cada vez mais frequentes em estudos qualitativos para compreender experiências e diferentes visões de sujeitos num dado contexto. Partindo desta concepção, faz-se o resgate de tradições que abordam a narratividade – a filosofia de Paul Ricoeur, a perspectiva histórica em Walter Benjamin e o campo da antropologia médica constituída a partir da fenomenologia. Em Ricoeur, tendo a hermenêutica como pensamento derivado e variante da fenomenologia, a narrativa é ligada à temporalidade. Em Benjamin, a narrativa, sempre inconclusa, feita de restos e fragmentos, emerge à revelia das histórias oficiais. Se Ricoeur retoma de Gadamer a tradição como componente fundamental para a construção de um mundo do texto com que se torna possível a imitação da vida, Benjamin, diante da derrocada da tradição, aponta para a invenção de formas narrativas fora dos cânones tradicionais, possibilitando retomar o passado para transformar o presente. Apresentam-se ainda pressupostos da antropologia médica, que considera a narrativa como dimensão do vivido e não sua abstração, ou seja, uma narrativa corporificada e situada. Por fim, apresentam-se três pesquisas distintas em saúde mental que se utilizam de narrativas, articuladas às correntes teóricas apresentadas, com suas diferenças e aproximações.
Abstract Narratives are ever more frequent in qualitative studies seeking to interpret experiences and the different viewpoints of individuals in a given context. Starting from this concept, the tradition that addresses narrative is reexamined, including the philosophy of Paul Ricoeur, the historical perspective of Walter Benjamin and the field of medical anthropology grounded in phenomenology. In Ricoeur, with hermeneutics as a variation derived from phenomenology, narrative is linked to temporality. In Benjamin, narrative comprised of bits and pieces, always inconclusive, emerges in spite of the official stories. If Ricoeur retrieves tradition from Gadamer as a fundamental component for the construction of the world of a text that makes imitation of life possible, Benjamin, faced with the collapse of tradition, suggests the invention of narrative forms outside the traditional canons, making it possible to hark to the past in order to change the present. Assumptions of medical anthropology are also presented, as they consider narrative a dimension of life and not its abstraction, namely an embodied and situated narrative. Lastly, three distinct research projects in mental health that use narrative linked to the theoretical concepts cited with their differences and similarities are presented.
Contido em Ciência & saúde coletiva. Rio de Janeiro. Vol. 18, n. 10 (2013), p. 2847-2857.
Assunto Narrativas
Pesquisa qualitativa
Saúde mental
[en] Mental health
[en] Methods
[en] Narration
[en] Public health
[en] Qualitative research
Origem Nacional
Tipo Artigo de periódico
URI http://hdl.handle.net/10183/129037
Arquivos Descrição Formato
000970719.pdf (129.5Kb) Texto completo Adobe PDF Visualizar/abrir

Este item está licenciado na Creative Commons License

Este item aparece na(s) seguinte(s) coleção(ões)


Mostrar registro completo

Percorrer



  • O autor é titular dos direitos autorais dos documentos disponíveis neste repositório e é vedada, nos termos da lei, a comercialização de qualquer espécie sem sua autorização prévia.
    Projeto gráfico elaborado pelo Caixola - Clube de Criação Fabico/UFRGS Powered by DSpace software, Version 1.8.1.