Repositório Digital

A- A A+

A linguagem e a experiência humana em sala de aula

.

A linguagem e a experiência humana em sala de aula

Mostrar registro completo

Estatísticas

Título A linguagem e a experiência humana em sala de aula
Autor Silva, Carmem Luci da Costa
Knack, Carolina
Juchem, Aline
Resumo Este trabalho, a partir das reflexões desenvolvidas por Émile Benveniste sobre linguagem, homem, sociedade e cultura (cf. Problemas de Linguística Geral I e II), busca constituir uma concepção antropológica-cultural de homem atrelada a uma noção simbólica de linguagem para, a partir disso, deslocar tal reflexão para o espaço de sala de aula, buscando responder à seguinte questão: considerando que, em uma concepção enunciativa, o discurso é o resultado da conversão da língua pelo locutor, como o aluno, em seu ato de produção de discurso (falado e escrito), faz renascer o acontecimento e a sua experiência do acontecimento? Para tanto, primeiramente, retomam-se os conceitos enunciativos que fundamentam essa questão e, articulando-os às reflexões do filósofo Agamben, enfatizam-se as noções de discurso e de experiência. Em seguida, com vistas a problematizar como o homem se experiencia falando e escrevendo, discutem-se a constituição e o funcionamento linguístico-enunciativo dos discursos falado e escrito. Por fim, apresenta-se a análise de fatos de linguagem, constituídos de enunciações falada e escrita de um aluno. Tal percurso evidencia que o locutor-aluno faz renascer o acontecimento e a experiência do acontecimento a partir de suas relações na e com a língua e com o outro, situados na cultura.
Abstract Based on the reflections of Émile Benveniste about language, man, society and culture (in Problems in General Linguistics I and II), this article aims to devise an anthropological and cultural concept of “man” related to the notion of symbolic language. From this, the reflection is displaced to the classroom context, trying to answer the following question: considering that, according to a enunciative perspective, discourse is the result of the conversion of language by the speaker, how does a student, in his/her act of producing discourse (both spoken and written), revives an event and his/her experience of the event? First, some enunciative concepts underlying this question are reviewed and, by linking them to the reflections of the philosopher Giorgio Agamben, the notions of discourse and experience are emphasized. Then, in order to discuss how men experience speaking and writing, the constitution and the linguistic-enunciative functioning of spoken and written discourses are discussed. Finally, an analysis of language facts from spoken and written enunciations of a student is presented. This itinerary shows that the student-speaker revives the event and the experience of the event based on his/her relations in and with language and the other, situated in culture.
Contido em Letras & letras : revista do Instituto de Letras e Lingüística da Universidade Federal de Uberlândia. Uberlândia, MG. Vol. 29, n. 1 (2013), p. 1-18
Assunto Aquisição da linguagem
Discurso
Linguagem
Sala de aula
[en] Discourse
[en] Enunciation
[en] Experience
Origem Nacional
Tipo Artigo de periódico
URI http://hdl.handle.net/10183/129091
Arquivos Descrição Formato
000970989.pdf (362.9Kb) Texto completo Adobe PDF Visualizar/abrir

Este item está licenciado na Creative Commons License

Este item aparece na(s) seguinte(s) coleção(ões)


Mostrar registro completo

Percorrer



  • O autor é titular dos direitos autorais dos documentos disponíveis neste repositório e é vedada, nos termos da lei, a comercialização de qualquer espécie sem sua autorização prévia.
    Projeto gráfico elaborado pelo Caixola - Clube de Criação Fabico/UFRGS Powered by DSpace software, Version 1.8.1.