Repositório Digital

A- A A+

Diferentes métodos de controle de plantas indesejáveis em pastagem nativa

.

Diferentes métodos de controle de plantas indesejáveis em pastagem nativa

Mostrar registro completo

Estatísticas

Título Diferentes métodos de controle de plantas indesejáveis em pastagem nativa
Autor Pellegrini, Luiz Giovani de
Nabinger, Carlos
Carvalho, Paulo Cesar de Faccio
Neumann, Mikael
Abstract The study was conducted in a representative native pasture area in the transition between the Serra do Sudeste and Depressão Central of RS. The main undesirable species were represented by: carqueja (Baccharis trimera (Less.) DC.), caraguatá (Eryngium horridum (Spreng.) Less.) and alecrim (Vernonia nudiflora Less). It was evaluated the initial effect (until 60 days after application) of two methods of controlling undesirable plants on forage production, vegetation dynamics, and control efficiency: T1 - without control (control, SC), T2 - mechanical control (mechanic control, CM) and T3 - chemical control (commercial herbicide composed by Picloram (64 g/L) + 2.4-D (240 g/L), in the dosage of 5 L commercial product/ha, CQ). The treatments were organized in a complete block design, with four replications. There were no differences among treatments for the green dry matter of grasses and total DM. The forage legume biomass differed among treatments, with values of 587.9, 472.0 and 0 kg/ha of DM in the CM, CQ and SQ, respectively. The control efficiency of undesirable species in this study was 76.2% for CQ and 27.9% for CM when compared to SC. The species control efficiency, in terms of frequency of pasture components, showed that the CM treatment was not efficient at 60 days after treatment application in the control of Vernonia nudiflora (Alecrim) in the second touch (-27.7%) and Eryngium horridum (Caraguatá) in the first touch (-30.0%).
Resumo O experimento foi desenvolvido em área de pastagem nativa representativa da transição entre a Serra do Sudeste e a Depressão Central do Rio Grande do Sul, onde as espécies indesejáveis foram representadas especialmente por carqueja (Baccharis trimera (Less.) DC.), caraguatá (Eryngium horridum (Spreng.) Less.) e alecrim (Vernonia nudiflora Less.). Foram avaliados os efeitos iniciais de dois métodos de controle de espécies indesejáveis (até 60 dias após aplicação) sobre a produção de forragem, a dinâmica da vegetação e a eficiência de controle: sem-controle; controle mecânico; e controle químico (herbicida comercial à base de Picloram [64 g/L] + 2,4-D [240 g/L], na dosagem de 5 L do produto comercial/ha). Os tratamentos foram arranjados em um delineamento em blocos ao acaso, com quatro repetições. A massa gramíneas verdes secas e a massa total de MS não diferiram entre os métodos de controle. Foram obtidos valores de 587,9; 472,0 e 0 kg de MS com o controle mecânico, o controle químico e sem-controle, respectivamente, o que comprova influência do método de controle sobre a massa de forragem de leguminosas. A eficiência de controle das espécies indesejáveis, em comparação à ausência de controle, foi de 76,2% para o controle químico e 27,9% para o controle mecânico. A eficiência de controle de espécies, sob aspectos de freqüência dos componentes da pastagem, evidenciou que o controle mecânico não foi eficiente aos 60 dias após aplicação no controle de plantas de alecrim no segundo toque (-27,7%) e plantas de caraguatá no primeiro toque (-30,0%).
Contido em Revista brasileira de zootecnia= Brazilian journal of animal science. Viçosa, MG. Vol. 36, n. 5 (set./out. 2007), p. 1247-1254
Assunto Campo nativo
Pastagem nativa
[en] control efficiency
[en] mowing
[en] native grassland
[en] weed control
Origem Nacional
Tipo Artigo de periódico
URI http://hdl.handle.net/10183/129100
Arquivos Descrição Formato
000900588.pdf (119.2Kb) Texto completo Adobe PDF Visualizar/abrir

Este item está licenciado na Creative Commons License

Este item aparece na(s) seguinte(s) coleção(ões)


Mostrar registro completo

Percorrer



  • O autor é titular dos direitos autorais dos documentos disponíveis neste repositório e é vedada, nos termos da lei, a comercialização de qualquer espécie sem sua autorização prévia.
    Projeto gráfico elaborado pelo Caixola - Clube de Criação Fabico/UFRGS Powered by DSpace software, Version 1.8.1.