Repositório Digital

A- A A+

Comportamento ingestivo de novilhos em pastagem nativa no Rio Grande do Sul

.

Comportamento ingestivo de novilhos em pastagem nativa no Rio Grande do Sul

Mostrar registro completo

Estatísticas

Título Comportamento ingestivo de novilhos em pastagem nativa no Rio Grande do Sul
Autor Pinto, Cassiano Eduardo
Carvalho, Paulo Cesar de Faccio
Frizzo, Adriana
Fontoura Júnior, José Acélio Silveira da
Nabinger, Carlos
Rocha, Rubson
Resumo Neste estudo avaliou-se a influência da variação nas ofertas de fitomassa ao longo das diferentes estações de crescimento na dinâmica da pastagem e no rendimento animal. Os tratamentos consistiram de quatro ofertas fixas de fitomassa (4,0; 8,0; 12,0 e 16,0%, expresso em kg de MS/100 kg de PV por dia) ao longo da estação de crescimento e três ofertas variáveis (8,0% na primavera e 12,0% no restante da estação de crescimento; 12,0% na primavera e 8,0% no restante da estação de crescimento; e 16,0% na primavera e 12,0% no restante da estação de crescimento). O delineamento experimental foi o de blocos completamente casualizados com duas repetições. O método de pastejo foi o contínuo com lotação variável, utilizando-se a técnica de put-and-take. As produções primária e secundária e o comportamento de novilhos de sobreano foram medidos regularmente. Os resultados comprovaram que situações de oferta de forragem muito baixa, como no tratamento 4,0%, penalizam fortemente o desempenho dos animais. O tratamento de 8,0% na primavera e de 12,0% no restante da estação de crescimento promoveu bons ganhos de peso, sugerindo que esta prática pode ser interessante quando se pretende manipular a estrutura da pastagem. Os resultados do comportamento ingestivo dos animais indicaram que, diferentemente do que ocorre em pastagens cultivadas, a oferta de forragem e a massa de forragem não explicam suficientemente o tempo de pastejo dos animais. Em vegetações heterogêneas, deve-se considerar a diversidade estrutural na caracterização da pastagem visando sua associação ao comportamento em pastejo.
Abstract This study tested the hypothesis that variation of herbage allowance during the growing season influences pasture dynamics and grazing behaviour. Treatments consisted of four fixed herbage allowances during the entire year (4.0, 8.0, 12.0, and 16.0%, expressed as kg DM/100 kg live weight/day) and three variable herbage allowances (8% in spring and 12% along the rest of the grazing season; 12% spring and 8% along the rest of the grazing season; 16% in spring and 12% along the rest of the grazing season). A randomized complete block design was used, with two replicates. It was used a variable continuous stocking method, using the “put-and-take” technique. Primary and secondary productions were measured, as well as steer grazing behaviour. Results showed that low herbage allowance, as in 4% treatment, jeopardize animal performance. Herbage allowance of 8% in spring and 12% along the rest of the grazing season promoted good animal performance, suggesting this management could be interesting when manipulating sward structure. Concerning grazing behaviour, results indicated that differently from what occurs in cultivated pastures, herbage allowance or herbage mass did not explain sufficiently the grazing time observed. It was concluded that in heterogeneous vegetation, it must be considered the structural diversity on pasture characterization in order to link that with grazing behaviour.
Contido em Revista brasileira de zootecnia= Brazilian journal of animal science. Viçosa, MG. Vol. 36, n. 2 (mar./abr. 2007), p. 319-327
Assunto Comportamento animal
Novilho
Pastagem nativa
Rio Grande do Sul
[en] Grazing behaviour
[en] Herbage allowance
[en] Native pasture
Origem Nacional
Tipo Artigo de periódico
URI http://hdl.handle.net/10183/129102
Arquivos Descrição Formato
000900565.pdf (341.0Kb) Texto completo Adobe PDF Visualizar/abrir

Este item está licenciado na Creative Commons License

Este item aparece na(s) seguinte(s) coleção(ões)


Mostrar registro completo

Percorrer



  • O autor é titular dos direitos autorais dos documentos disponíveis neste repositório e é vedada, nos termos da lei, a comercialização de qualquer espécie sem sua autorização prévia.
    Projeto gráfico elaborado pelo Caixola - Clube de Criação Fabico/UFRGS Powered by DSpace software, Version 1.8.1.