Repositório Digital

A- A A+

Avaliação da prescrição de antimicrobianos de uso restrito em um hospital universitário de Passo Fundo/RS

.

Avaliação da prescrição de antimicrobianos de uso restrito em um hospital universitário de Passo Fundo/RS

Mostrar registro completo

Estatísticas

Título Avaliação da prescrição de antimicrobianos de uso restrito em um hospital universitário de Passo Fundo/RS
Outro título Prescription evaluation of antimicrobians of the rescrict using at Passo Fundo University Hospital
Autor Diefenthaeler, Helissara S.
Orientador Heineck, Isabela
Data 2007
Nível Mestrado
Instituição Universidade Federal do Rio Grande do Sul. Faculdade de Farmácia. Programa de Pós-Graduação em Ciências Farmacêuticas.
Assunto Antimicrobianos
Exame microbiológico de cultura
Prescrições de medicamentos
Teste de sensibilidade antimicrobiana
[en] Antimicrobials
[en] Microbiological exam of the culture
[en] Rational prescription
[en] Test of the antimicrobial sensibility (TSA)
Resumo O uso inadequado de antimicrobianos é fator determinante para disseminação da resistência bacteriana. Vários países têm usado como estratégias políticas de restrição para tornar o uso mais racional. Principalmente em hospitais, onde a utilização é mais prevalente. Embora o uso empírico seja a opção de tratamento em muitas condições clínicas, sabe-se que exames microbiológicos de cultura e teste de sensibilidade antimicrobiana (TSA), podem orientar uma prescrição mais racional. Para se avaliar a adequação de prescrições de antimicrobianos de uso restrito no Hospital São Vicente de Paulo de Passo Fundo, considerando resultados de exames microbiológicos e protocolos clínicos da instituição, foram analisadas 372 prescrições de pacientes internados. O tipo de infecção foi a única justificativa apresentada para o uso de antimicrobianos, sendo a maior freqüência para infecções do trato respiratório inferior (59,4%) seguido das do trato urinário (10,8%). O tratamento inicial empírico ocorreu em 89% dos casos. Dos pacientes com uso empírico (331/372), 66,7% apresentaram pneumonia. Nesta situação, devido à dificuldade de coleta de material, o tratamento é baseado nos prováveis agentes causadores e o uso empírico é aceitável. O exame de cultura foi solicitado em menos da metade das prescrições 48,7%(181/372), e o TSA foi realizado nos casos de cultura positiva (121/181). O resultado do TSA apontou que o tratamento inicial prescrito estava adequado em 76% dos casos (92/121). A necessidade de troca do esquema terapêutico inicial foi identificada em 12,7% (23/181) dos casos que realizaram cultura e TSA. A troca de esquema ocorreu em 65,2% (15/23) dos casos, nos demais o médico optou por não alterar devido à resposta clínica do paciente. Das prescrições avaliadas conforme protocolos, 71,9% (192/267) demonstraram indicação terapêutica de acordo com a recomendação. De acordo com os protocolos, observou-se uma freqüência maior de adequação das prescrições e das condutas laboratoriais quando comparada com outros estudos. Estes resultados podem estar associados às políticas de restrição de uso adotadas pela instituição.
Abstract The inadequated use of antimicrobials is the determinant fact to the dissemination of the resistance of the bacteria. Many countries have used as a strategy the politics of the restriction to become this use more rational, mainly in the hospitals, where the utilization is more prevalent. Although the empiricist use is the option of the treatment in many clinical conditions, we know that microbiological exams of culture and the test of antimicrobial sensibility (TSA) can conduct to a more rational prescription. To evaluate the adjustment of the prescriptions of antimicrobials in restrict use at São Vicente de Paulo Hospital, in Passo Fundo, and considering the results of the microbiological exams and clinical protocols of the institution, 372 interned patients prescriptions were analyzed. The type of the infection was the unique justify showed to the use of the antimicrobials, being the biggest frequency to the infections in the lower respiratory tract (59.4%), followed by the urinary tract (10.8%). The initial empiricist treatment occurred in 89% of the cases. Within the patients with the empiricist use (331/372), 66.7% showed pneumonia. In this situation, due to the difficulty of the material collecting, the treatment is based in the probable causer agents and the empiricist use is acceptable. The exam of the culture was required in the less of the half prescriptions (48.7%) (181/372) and TSA was executed in the cases of the positive culture (121/181). The results of TSA showed that the initial treatment prescribed was adjusted in 76% of the cases (92/121). The necessity of the changing of the initial therapeutic scheme was identified in 12.7% (23/181) of the cases where the culture and TSA were found. In the others, the doctor opted to not to modify it due to the clinical answer of the patient. According protocols, evaluated prescriptions 71.9% (192/267) showed therapeutic indication according the recommendation. According with the protocols, it was observed a major frequency of adaptation of the prescriptions and of the lab behaviors when it is compared with other studies. These results can be associated with the restriction policies of adopted using for the institution.
Tipo Dissertação
URI http://hdl.handle.net/10183/12911
Arquivos Descrição Formato
000605604.pdf (263.3Kb) Texto completo Adobe PDF Visualizar/abrir

Este item está licenciado na Creative Commons License

Este item aparece na(s) seguinte(s) coleção(ões)


Mostrar registro completo

Percorrer



  • O autor é titular dos direitos autorais dos documentos disponíveis neste repositório e é vedada, nos termos da lei, a comercialização de qualquer espécie sem sua autorização prévia.
    Projeto gráfico elaborado pelo Caixola - Clube de Criação Fabico/UFRGS Powered by DSpace software, Version 1.8.1.