Repositório Digital

A- A A+

Por uma cidade que se move e se comunica : corpo, rua e improviso

.

Por uma cidade que se move e se comunica : corpo, rua e improviso

Mostrar registro completo

Estatísticas

Título Por uma cidade que se move e se comunica : corpo, rua e improviso
Outro título For a moving and communicating city: body, street and jamming
Outro título Por una ciudad que se mueve y se comunica: cuerpo, calle y improviso
Autor Aguiar, Júlia Saldanha Vieira
Weber, Maria Helena
Resumo Este trabalho trata da relação de um lugar com suas pessoas. A reflexão acontece a partir de um estudo de caso: o Camelódromo da Praça XV. O Camelódromo foi uma grande feira que durante 40 anos ocupou um espaço importante no centro de Porto Alegre/RS. (Auto) organizado e vivido principalmente pelo povo, o fenômeno se configurava em um lugar onde improviso e estética constituíam o modo de ser e agir no cotidiano da rua. Ironicamente, no início de 2009 o Camelódromo foi transferido para dentro de um prédio. Hoje, onde se desenrolava o espetáculo do imprevisível, encontra-se um estacionamento para carros. Este trabalho foi produzido nos últimos meses do Camelódromo; em um espírito de elogio à estética do improviso e à auto-organização. Buscamos articular idéias da teoria da complexidade, do urbanismo, das artes e da comunicação, para tentar compreender um pouco essa manifestação espontânea, tão característica da urbe no século XXI.
Abstract This article is about the relationship between place and people. The argument develops from a case study: the Camelódromo da Praça XV market place. The Camelódromo is a huge, spontaneous fair, that ocuppied an important space in the centre of Porto Alegre/Brasil for 40 years. Self-organized and lived mainly by the lower classes, the phenomenon came to be a melting pot, where jamming and aesthetics made the way of being and acting in the street. Camelódromo developed into a complex social system; a web of conversations, gestures, routines, technologies and history, a culture. Ironically, in the beginning of 2009, the camelôs were swept from the street, and transferred to a building. Here, we look into articulating studies of the Systems Theory, with ideas from urbanism, arts and communication. The argumentation looks into recognizing the positive human complexity of these spontaneous manifestations, so characteristic of the contemporary urban scene.
Resumen El presente artículo explora la relación de un sitio con las personas. La argumentación se desarrolla con un estudio de caso: el mercado callejero Camelódromo da Praça XV. El Camelódromo ha sido una gran feria, espontánea, que durante 40 años ocupó un espacio clave en el Centro de Porto Alegre/Brasil. Auto-organizada y vivenciada mayoritariamente por el pueblo, el fenómeno se configuró como un espacio donde improviso y estética caracterizaban el modo de ser y actuar, en el cotidiano intenso de la calle. Ha sido, por tanto, un sistema social complejo; una cultura. Irónicamente, hoy, los ambulantes están en un sitio cerrado: el Centro Popular de Compras. Así, buscamos articular pensamientos de la teoría de la complexidad, con el urbanismo, artes y comunicación. La argumentación tiene en vista el reconocimiento de la cultura, de la estética y de la complejidad humana de las dichas manifestaciones espontáneas, tan características de la urbe contemporánea.
Contido em Em Questão : revista da Faculdade de Biblioteconomia e Comunicação da UFRGS. Porto Alegre. Vol. 15, n. 1 (jan./jun. 2009), p. 41-156
Assunto Camelódromo
Espaço público
[en] City
[en] Communicación
[en] Communication
[en] Complexity
[en] Informality
[en] Jamming
[en] Self-organization
[en] Street market
[es] Auto-organización
[es] Ciudad
[es] Complejidad
[es] Improviso
[es] Informalidad
[es] Mercado de calle
Origem Nacional
Tipo Artigo de periódico
URI http://hdl.handle.net/10183/129146
Arquivos Descrição Formato
000751625.pdf (560.1Kb) Texto completo Adobe PDF Visualizar/abrir

Este item está licenciado na Creative Commons License

Este item aparece na(s) seguinte(s) coleção(ões)


Mostrar registro completo

Percorrer



  • O autor é titular dos direitos autorais dos documentos disponíveis neste repositório e é vedada, nos termos da lei, a comercialização de qualquer espécie sem sua autorização prévia.
    Projeto gráfico elaborado pelo Caixola - Clube de Criação Fabico/UFRGS Powered by DSpace software, Version 1.8.1.