Repositório Digital

A- A A+

Recria de cordeiras em pastagem nativa melhorada submetida à fertilização nitrogenada : 1. Dinâmica da pastagem

.

Recria de cordeiras em pastagem nativa melhorada submetida à fertilização nitrogenada : 1. Dinâmica da pastagem

Mostrar registro completo

Estatísticas

Título Recria de cordeiras em pastagem nativa melhorada submetida à fertilização nitrogenada : 1. Dinâmica da pastagem
Autor Carassai, Igor Justin
Nabinger, Carlos
Carvalho, Paulo Cesar de Faccio
Santos, Davi Teixeira dos
Freitas, Fabiana Kellermann de
Gonçalves, Edna Nunes
Silva, Carlos Eduardo Gonçalves da
Resumo Avaliou-se o efeito da fertilização com duas doses de nitrogênio (100 e 200 kg/ha, na forma de uréia) sobre as variáveis produtivas de uma pastagem nativa melhorada (3,12 ha divididos em piquetes de 0,52 ha), tendo como controle áreas sem aplicação de N. Utilizou-se um delineamento de blocos ao acaso com duas repetições. A pastagem foi mantida com lotação contínua e número variável de animais para manter oferta de forragem de 16% PV. Na primavera de 2004, aplicou-se 5-20-20 (250 kg/ha) e, no verão de 2005, o nitrogênio. A oferta de forragem total e a taxa de desaparecimento não diferiram entre as doses de nitrogênio ao longo do período experimental. A massa de forragem total diminuiu significativamente com o tempo e foi influenciada pelas doses de nitrogênio, em virtude do acúmulo anterior ao período experimental. As demais características avaliadas na pastagem não foram afetadas pelas doses de nitrogênio nem pelo tempo, em razão do déficit hídrico ocorrido. Não houve acúmulo de forragem durante a primeira metade do período experimental e a taxa de acúmulo somente se tornou positiva na metade final do experimento, conseqüentemente, a altura do pasto e a massa de forragem diminuíram significativamente ao longo da avaliação. A massa de forragem verde apresentou comportamento inverso ao do material morto (resposta quadrática), que aumentou inicialmente e diminuiu depois com o restabelecimento da condição hídrica. Assim, a oferta de forragem verde foi baixa e teve influência da interação dose × época. Os valores de densidade volumétrica foram mais baixos que os reportados para este tipo de pastagem, mas, ao final do período de observações, houve tendência de aumento da densidade de material verde. A altura do pasto e a massa de forragem tiveram alta correlação (r = 0,87), comprovando que, nesta condição, a altura do pasto pode ser usada para estimar a massa de forragem. Em condições de déficit hídrico, a aplicação de nitrogênio não contribui para a expressão de resposta das características estudadas.
Contido em Revista brasileira de zootecnia= Brazilian journal of animal science. Viçosa, MG. Vol. 37, n. 8 (ago. 2008), p. 1338-1346
Assunto Adubação nitrogenada
Forragem
Pastagem nativa
[en] altura do pasto
[en] densidade volumétrica
[en] lotação contínua
[en] massa de forragem
[en] oferta de forragem
Origem Nacional
Tipo Artigo de periódico
URI http://hdl.handle.net/10183/129172
Arquivos Descrição Formato
000694307.pdf (71.18Kb) Texto completo Adobe PDF Visualizar/abrir

Este item está licenciado na Creative Commons License

Este item aparece na(s) seguinte(s) coleção(ões)


Mostrar registro completo

Percorrer



  • O autor é titular dos direitos autorais dos documentos disponíveis neste repositório e é vedada, nos termos da lei, a comercialização de qualquer espécie sem sua autorização prévia.
    Projeto gráfico elaborado pelo Caixola - Clube de Criação Fabico/UFRGS Powered by DSpace software, Version 1.8.1.