Repositório Digital

A- A A+

Desempenho de frangos de corte sob suplementação com ácidos lático, fórmico, acético e fosfórico no alimento ou na água

.

Desempenho de frangos de corte sob suplementação com ácidos lático, fórmico, acético e fosfórico no alimento ou na água

Mostrar registro completo

Estatísticas

Título Desempenho de frangos de corte sob suplementação com ácidos lático, fórmico, acético e fosfórico no alimento ou na água
Autor Viola, Eduardo Spillari
Vieira, Sérgio Luiz
Torres, Cibele Araújo
Freitas, Dimitri Moreira de
Berres, Josemar
Resumo Este estudo foi realizado para avaliar os efeitos da suplementação de ácidos orgânicos nas dietas e de ácidos orgânicos e ácido ortofosfórico na água de bebida sobre o desempenho de frangos de corte. Foram utilizadas 2.112 aves divididas em seis tratamentos, cada um com oito repetições. As dietas, exclusivamente vegetais, foram formuladas à base de milho e farelo de soja sem antibióticos ou anticoccidianos. A dieta controle não foi suplementada com ácidos orgânicos. As demais foram suplementadas com misturas de ácidos orgânicos, formuladas para cada fase de crescimento (1 a 7, 8 a 21 e 22 a 35 dias de idade): mistura A: ácidos lático (52%), fórmico (1%) e acético (2%); mistura B: ácidos lático (76%), fórmico (2%) e acético (4%); mistura C: ácidos lático (50%), fórmico (8%) e acético (7%); mistura D: ácido fórmico (85%). A mistura E continha 40% de ácido lático, 5% de ácido acético e 5% de ácido ortofosfórico e foi adicionada à água de bebida. As doses adicionadas nas dietas, por fase, foram: 8,0; 4,5 e 2,5 kg/t para as misturas A, B e C e 2,5; 2,5 e 2,0 kg/t para a mistura D. A mistura E foi utilizada na água de bebida nas doses de 3,0; 2,0; 1,0 kg/1.000 L. O experimento foi conduzido em delineamento completamente casualizado. Houve um benefício geral da suplementação da mistura de ácidos sobre o ganho de peso das aves. Entretanto, não houve diferença na conversão alimentar ao final do estudo. O consumo de alimento foi menor para a mistura B, enquanto o consumo de água foi negativamente afetado pela mistura E fornecida na água. O peso relativo das seções do intestino delgado aos 7 dias de idade foi menor nas aves da dieta controle, enquanto, aos 21 dias de idade, foi menor nas aves alimentadas com a dieta suplementada com as misturas A e C. A mistura E utilizada na água determinou redução no comprimento de jejuno aos 7 dias de idade, enquanto a mistura B teve efeito negativo sobre os comprimentos de íleo e intestino delgado aos 21 dias de idade. Em comparação à dieta controle, sem suplementação de antibióticos promotores de crescimento, as dietas suplementadas com acidificantes foram eficientes em melhorar o ganho de peso de frangos de corte.
Abstract This study was carried out to evaluate the effect of the supplementation of organic acids in the diets and ortho-phosphoric acid in the drinking water on broiler performance. A total of 2,112 broiler chicks was allotted to six treatments, each one with eight replications. The diets, all vegetable, were composed by corn-soybean meal without antibiotic growth promoters or anticoccidials. A control diet did not have organic acids, whereas the other treatments had supplementation of organic acid blends as follow for the feeding phases from 1 to 7, 8 to 21, and 22 to 35 days of age: blend A: lactic acid (52%), formic (1%) and acetic (2%); blend B: lactic acid (76%), formic (2%) and acetic (4%); blend C: lactic acid (50%), formic (8%) and acetic (7%); blend D: formic acid (85%). Blend E contained 40% of lactic acid, 5% of acetic acid and 5% of ortho-phosphoric and was added to drink water. The added doses in diets, for phase, were: 8.0, 4.5, and 2.5 kg/t for blends A, B and C and 2.5, 2.5, and 2.0 kg/t for blend D. Blend E was used in drink water in doses of 3.0, 2.0, and 1.0 kg/1,000 L. A completely randomized design was used. There was a general benefit of the supplementation of the organic acid blend on weight gain of birds. However, no difference was observed for feed conversion at the end of the study. Feed intake was lower for birds fed blend B, whereas water intake was reduced by the blend E added to the drinking water. Relative weight of small intestines sections at 7 days of age was smaller in the birds on the control diet, while at the 21 days of age, was smaller in the birds supplemented with blends A and C. The blend E used in the water determined a reduction in the jejunum length at 7 days of age, while blend B had negative effects on the ileum and small intestine lengths at 21 days of age. In comparison to the control diet, without supplementation of growth promoters antibiotics, the diets supplemented with organic acids were efficient in improving the weight gain of broilers.
Contido em Revista brasileira de zootecnia= Brazilian journal of animal science. Viçosa, MG. Vol. 37, n. 2 (fev. 2008), p. 296-302
Assunto Frango de corte
Nutrição animal : Dieta
[en] all vegetable diets
[en] animal nutrition
[en] organic acids
Origem Nacional
Tipo Artigo de periódico
URI http://hdl.handle.net/10183/129186
Arquivos Descrição Formato
000662080.pdf (52.20Kb) Texto completo Adobe PDF Visualizar/abrir

Este item está licenciado na Creative Commons License

Este item aparece na(s) seguinte(s) coleção(ões)


Mostrar registro completo

Percorrer



  • O autor é titular dos direitos autorais dos documentos disponíveis neste repositório e é vedada, nos termos da lei, a comercialização de qualquer espécie sem sua autorização prévia.
    Projeto gráfico elaborado pelo Caixola - Clube de Criação Fabico/UFRGS Powered by DSpace software, Version 1.8.1.