Repositório Digital

A- A A+

Aborto ovino associado com infecção por Sarcocystis sp.

.

Aborto ovino associado com infecção por Sarcocystis sp.

Mostrar registro completo

Estatísticas

Título Aborto ovino associado com infecção por Sarcocystis sp.
Autor Pescador, Caroline Argenta
Corbellini, Luis Gustavo
Bandarra, Paulo Mota
Pedroso, Pedro Miguel Ocampos
Oliveira, Eduardo Conceição de
Leal, Juliano de Souza
Driemeier, David
Resumo Protozoal infection has worldwide distribution and may cause abortion, premature parturition or fetal death in almost all domestic animals. In July 2004, eight Corriedale sheep showed abortion and stillbirth in the third trimester of gestation. Of these reproductive losses, one stillborn male was submitted to the Laboratory of Veterinary Pathology for necropsy investigation. The direct immunofluorescence test for Leptospira sp. was negative. No significant bacteria was isolated from lung and liver by aerobic and microaerobic cultures. Macroscopic lesions were not found in any fetal tissue. The histological lesions were observed mainly in the brain and heart and consisted primarily of severe multifocal nonsupurative encephalitis and nonsuppurative myocarditis. Schizonts of a protozoan parasite consistent with Sarcocystis sp. were found in the endothelial cells and vascular endothelium in several organs. Many schizonts with merozoites arranged in a rosette-like pattern were observed in brain and kidney tissues. In sections stained with periodic acid-Schiff (PAS), the limiting membrane of some schizonts appeared to be weakly PAS-positive. Merozoites and nuclei were PAS-negative. Protozoa did not react immunohistochemically to the antibody anti-Toxoplasma gondii; however, crossreactivity was observed with Neospora caninum antibody. These findings were consistent with the diagnosis of Sarcocystis sp.
Abstract Infecções por protozoários têm distribuição mundial e podem causar aborto, nascimentos prematuros e ou morte fetal em diversas espécies animais. Em julho de 2004, oito ovinos Corriedale apresentaram problemas reprodutivos caracterizados por aborto e natimortalidade no terço final da gestação. Dessas oito perdas, um natimorto macho foi enviado ao Setor de Patologia Veterinária para necropsia. Alterações macroscópicas não foram observadas durante a necropsia. Lesões histológicas foram observadas principalmente no cérebro e coração e se caracterizaram por encefalite não-supurativa multifocal acentuada associada à presença de protozoários no interior de células endoteliais e vasos sanguíneos e miocardite não-supurativa focal leve. Alguns desses organismos apresentaram formato de roseta. O teste de imunoistoquímica anti-Toxoplasma gondii foi negativo, mas houve reação cruzada com anticorpo anti-Neospora caninum. O exame de imunofluorescência direta para Leptospira sp. foi negativo. A bacteriologia aeróbica e micro-aeróbica não revelou crescimento significativo. Esses achados foram compatíveis com o diagnóstico de Sarcocystis sp.
Contido em Pesquisa veterinaria brasileira. Rio de Janeiro, RJ. Vol. 27, n. 10 (2007), p. 393-397
Assunto Natimortalidade
Ovinos
Patologia veterinaria
Sarcocistose
[en] abortion
[en] Sarcocystis sp
[en] sheep
[en] stillbirth
Origem Nacional
Tipo Artigo de periódico
URI http://hdl.handle.net/10183/129203
Arquivos Descrição Formato
000641075.pdf (230.4Kb) Texto completo Adobe PDF Visualizar/abrir

Este item está licenciado na Creative Commons License

Este item aparece na(s) seguinte(s) coleção(ões)


Mostrar registro completo

Percorrer



  • O autor é titular dos direitos autorais dos documentos disponíveis neste repositório e é vedada, nos termos da lei, a comercialização de qualquer espécie sem sua autorização prévia.
    Projeto gráfico elaborado pelo Caixola - Clube de Criação Fabico/UFRGS Powered by DSpace software, Version 1.8.1.