Repositório Digital

A- A A+

Produção de novilhos superprecoces em pastagem de aveia e azevém submetida a diferentes alturas de manejo

.

Produção de novilhos superprecoces em pastagem de aveia e azevém submetida a diferentes alturas de manejo

Mostrar registro completo

Estatísticas

Título Produção de novilhos superprecoces em pastagem de aveia e azevém submetida a diferentes alturas de manejo
Autor Aguinaga, Angelo Antonio Queirolo
Carvalho, Paulo Cesar de Faccio
Anghinoni, Ibanor
Santos, Davi Teixeira dos
Freitas, Fabiana Kellermann de
Lopes, Marília Terra
Resumo Foram avaliadas a produção e as características de carcaças de novilhos jovens mantidos em pastagem cultivada de aveia preta (Avena strigosa Schreb) e azevém (Lolium multiflorum Lam) manejada em diferentes alturas. Os tratamentos impostos foram quatro diferentes alturas de manejo da pastagem (10, 20, 30 e 40 cm), obtidas por meio da aplicação de diferentes cargas animais. O delineamento foi o de blocos casualizados, com três repetições. Utilizaram-se animais jovens de aproximadamente dez meses de idade, machos castrados sem padrão racial definido, com peso médio inicial de 210 kg. O aumento no ganho médio diário (GMD) foi condicionado pelo incremento na qualidade e/ou na quantidade de forragem disponível, visto que as ofertas de forragem para os tratamentos de 10, 20, 30 e 40 cm de altura foram de 6, 10, 23 e 51 kg de MS/100 kg de PV/dia, respectivamente. Portanto, o modelo de resposta do GMD em relação às alturas de pastejo resultou em valores de 0,73 e 1,14 kg/animal/dia nos tratamentos de menor e maior GMD, respectivamente, que foram de 10 e 30 cm de altura. Como a variação no GMD foi baixa, o maior ganho por área observado no tratamento 10 cm pode ser atribuído à maior carga animal, ambas com respostas lineares decrescendo com o aumento da altura de pastejo. O peso vivo dos animais antes do abate e o peso de carcaça quente elevaram com o aumento da altura da pastagem, reduzindo apenas no tratamento 40 cm com a redução da qualidade da pastagem. Não houve diferença entre os tratamentos para o rendimento de carcaça, pois todos os valores mantiveram-se em torno de 51%. O escore de condição corporal e o grau de acabamento apresentaram tendência muito similar à evolução do ganho médio diário dos animais.
Abstract The objective of this trial was to evaluate production and carcass characteristics of young steers grazing a mixture of black oat and Italian ryegrass pasture. Treatments were four different pasture heights (10, 20, 30, and 40 cm) that were obtained with different stocking rates. Fifty-five beef steers averaging 210 kg of body weight and 10 months of age at the beginning of the trial were used in a randomized complete block design with three replicates. The observed increase in the average daily weight gain (ADG) was associated with the quality and/or amount of available forage because herbage allowance increased from 6 to 51 kg DM/100 kg BW when pasture height was enhanced from 10 to 40 cm. Therefore, the ADG was 0.73 and 1.14 kg/animal/day for the treatments with the lowest and highest ADG, which corresponds to 10 and 30 cm pasture height. Considering the low ADG, the greatest gain/area observed on the 10 cm treatment may be explained by a greater stocking rate; both ADG and stocking rate decreased linearly by increasing pasture height. Body weight and hot carcass weight increased until 30 cm of pasture height but decreased at 40 cm because of poorer pasture quality. There was no difference on carcass yield, which averaged 51% among treatments. The body condition score and carcass fat thickness followed the ADG in this trial.
Contido em Revista brasileira de zootecnia= Brazilian journal of animal science. Viçosa, MG. Vol. 35, n. 4 supl. (jul./ago. 2006) p. 1765-1773
Assunto Novilho
Produção animal
[en] average daily gain
[en] forage allowance
[en] gain per area
[en] pasture height
[en] stocking rate
Origem Nacional
Tipo Artigo de periódico
URI http://hdl.handle.net/10183/129217
Arquivos Descrição Formato
000634140.pdf (452.3Kb) Texto completo Adobe PDF Visualizar/abrir

Este item está licenciado na Creative Commons License

Este item aparece na(s) seguinte(s) coleção(ões)


Mostrar registro completo

Percorrer



  • O autor é titular dos direitos autorais dos documentos disponíveis neste repositório e é vedada, nos termos da lei, a comercialização de qualquer espécie sem sua autorização prévia.
    Projeto gráfico elaborado pelo Caixola - Clube de Criação Fabico/UFRGS Powered by DSpace software, Version 1.8.1.