Repositório Digital

A- A A+

Produção e qualidade de ovos em reprodutoras de frangos de corte com horário de arraçoamento diferenciado

.

Produção e qualidade de ovos em reprodutoras de frangos de corte com horário de arraçoamento diferenciado

Mostrar registro completo

Estatísticas

Título Produção e qualidade de ovos em reprodutoras de frangos de corte com horário de arraçoamento diferenciado
Autor Avila, Valdir Silveira de
Penz Junior, Antonio Mario
Brum, Paulo Antonio Rabenschlag de
Guidoni, Antonio Lourenco
Rosa, Paulo S.
Coldebella, Arlei
Resumo Foi estudada a influência de quatro horários de arraçoamento (único, às 6h30; dual [50% às 6h30 e 50% às 15h30]; único, às 11h; e único, às 15h30) sobre a produção e qualidade dos ovos de reprodutoras de corte, alocados ao acaso, em 48 boxes, com 27 fêmeas Arbor Acres e três machos cada, com 12 repetições. As exigências nutricionais e de manejo atenderam as recomendações da linhagem. Estudaram-se as produções de ovos total (PTOTAL), de ninho (PNINHO), limpos (PLIMPO) e quebrados (PQUEMO) em seis coletas (6h30, 9h, 11h, 13h30, 15h30 e 17h30); peso médio (PESOVO) e gravidade específica do ovo (GE) agrupados em três coletas (9h, 13h30 e 17h30). Foram utilizados a análise de variância, o teste T de Student para comparação das médias referentes a tratamento e coleta, e a análise de regressão polinomial para idade. Houve efeito do horário de arraçoamento e coleta para todas as variáveis, exceto para PQUEMO, em que não foi evidenciado efeito do horário de arraçoamento. Para os arraçoamentos às 6h30 e dual, o maior percentual de ovos produzido (22,78 ± 0,36% e 20,26 ± 0,33%, respectivamente) ocorreu na coleta das 9h, enquanto, para os arraçoamentos às 11h e às 15h30, ocorreu na coleta das 13h30 (20,35 ± 0,39% e 19,25 ± 0,38%, respectivamente). As reprodutoras do sistema dual de arraçoamento e aquelas arraçoadas às 15h30 tiveram PESOVO de 71,0 ± 0,3 g, que, em qualquer coleta, foi, no mínimo, igual aos demais. As médias de GE foram maiores para as aves arraçoadas às 11h (1,0788 ± 0,0002) e às 15h30 (1,0799 ± 0,0002) que as demais. Ovos de reprodutoras mais velhas e aqueles coletados nas primeiras horas do dia foram mais pesados e apresentaram cascas mais finas. O sistema de arraçoamento dual apresentou-se como a melhor alternativa na substituição do sistema de alimentação única às 6h30.
Abstract Four feeding schedule were investigated for broiler breeders: at 6:30 am; 50% feeding at 6:30 am and 50% at 3:30 pm (dual); at 11:00 am, and at 3:30 pm. Arbor Acres breeders were randomly assigned to 48 boxes, with 12 replicates of 27 females and three males each. The nutritional levels and management procedures were those recommended for strain. The variables studied were: total egg production, nest, clean and broken egg production, in six collections (6:30 am, 9:00 am, 11:00 am, 1:30 pm, 3:30 pm and 5:30 pm); egg weight and egg specific gravity, grouped in three collections (9:00 am, 1:30 pm and 5:30 pm). Analysis of variance was used. Means were compared using Student t test for traits and collection and polynomial regression analysis for age. The collection and feeding schedule effects were significant for all traits, except for broken eggs, in which feeding schedule was not significant. The maximum egg production was obtained at 9:00 am for feeding schedule at 6:30 am (22.78 ± 0.36%) and dual (20.26 ± 0.33%), and at 1:30 pm for feeding schedule at 11:00 am (20.35 ± 0.39%) and at 3:30 pm (19.25 ± 0.38%). Female broiler breeders under the dual and at 3:30 pm feeding schedule showed egg weight of 71.0 ± 0.3 g, which was at least equal to the other feeding schedule in any collection. The egg specific gravity for feeding schedule at 11:00 am (1.0788 ± 2) and 3:30 pm (1.0799 ± 2) were higher than the other feeding schedule. Eggs from older female broiler breeders and eggs collected in the first hours of the day were heavier and had thinner eggshell than those from younger females and eggs collected later in the day. The dual feeding schedule could be an alternative to feeding schedule at 6:30.
Contido em Revista brasileira de zootecnia= Brazilian journal of animal science. Viçosa, MG. Vol. 34, n. 5 (jul./ago. 2005) p. 1202-1209
Assunto Frango de corte
[en] egg production
[en] egg quality
[en] feeding schedule
[en] female broiler breeders
Origem Nacional
Tipo Artigo de periódico
URI http://hdl.handle.net/10183/129218
Arquivos Descrição Formato
000634134.pdf (356.8Kb) Texto completo Adobe PDF Visualizar/abrir

Este item está licenciado na Creative Commons License

Este item aparece na(s) seguinte(s) coleção(ões)


Mostrar registro completo

Percorrer



  • O autor é titular dos direitos autorais dos documentos disponíveis neste repositório e é vedada, nos termos da lei, a comercialização de qualquer espécie sem sua autorização prévia.
    Projeto gráfico elaborado pelo Caixola - Clube de Criação Fabico/UFRGS Powered by DSpace software, Version 1.8.1.