Repositório Digital

A- A A+

Caracterizações morfológica e agronômica e divergência genética em germoplasma de trevo-branco

.

Caracterizações morfológica e agronômica e divergência genética em germoplasma de trevo-branco

Mostrar registro completo

Estatísticas

Título Caracterizações morfológica e agronômica e divergência genética em germoplasma de trevo-branco
Autor Bortolini, Fernanda
Dall'Agnol, Miguel
Schifino-Wittmann, Maria Teresa
Trevisan, Miriam A. Silva
Vieira, Vladirene Macedo
Scheffer-Basso, Simone Meredith
Montardo, Daniel Portella
Resumo Objetivou-se caracterizar a variabilidade existente e estimar a divergência genética de uma coleção nuclear de trevo-branco formada por 78 acessos. Dezessete plantas de cada acesso foram caracterizadas com base em nove parâmetros (oito morfológicos e um agronômico): estatura das plantas, hábito de crescimento, intensidade de florescimento, comprimento de estolão, número de nós por estolão, comprimento dos entrenós, diâmetro de estolão, produção total de MS e área foliar por planta. Pela estimativa da distância de Mahalanobis, os acessos 1 (PI 195534) e 10 (PI 419325) apresentaram a maior distância (45,4) e os acessos 58 (PI 180491) e 68 (PI 197830), a menor distância (0,19). A área foliar foi a característica com maior contribuição relativa para divergência genética (24%), seguida pela estatura da planta (20%), pela intensidade de florescimento (19%) e pela produção total de MS (15%). A análise de correlação linear simples entre as variáveis mostrou correlação positiva e significativa entre estatura e área foliar (0,92), assim como entre comprimento de estolão e comprimento de entrenós (0,90).
Abstract This work aimed to evaluate morphological features of the white clover core collection obtained from the United States Department of Agriculture (USDA), represented by 78 accessions, in order to characterize the existent morphological variability and to estimate the genetic divergence, using nine characters (eight morphological and one agronomic). Seventeen plants from each access were evaluated individually at the Experimental Station of the Universidade Federal do Rio Grande do Sul in Eldorado do Sul and characterized in relation to the following characters: plant height, growth habit, flowering intensity, stolon length, node number per stolon, internode length, stolon diameter, total dry matter yield and leaf area per plant. Using the estimate of Mahalanobis´ distance, the results showed that the accessions 1 (PI 195534) and 10 (PI 419325) presented the greatest distance (45.4), while the accessions 58 (PI 180491) and 68 (PI 197830) presented the smallest distance (0.19). The leaf area was the character with the largest individual relative contribution to the genetic divergence (24%), followed by plant height (20%), flowering intensity (19%) and total dry matter yield (15%). There was a positive and highly significant correlation between plant height and leaf area (0.92) and also between stolon length and internode length (0.90).
Contido em Revista brasileira de zootecnia= Brazilian journal of animal science, Viçosa. Vol. 35, n. 4, supl (jul./ago. 2006), p. 1601-1610
Assunto Forragem
Melhoramento vegetal
Morfologia vegetal
Planta forrageira
Trevo branco
Variabilidade genética
[en] morphology
[en] plant breeding
[en] variability
[en] winter forage
Origem Nacional
Tipo Artigo de periódico
URI http://hdl.handle.net/10183/129245
Arquivos Descrição Formato
000560448.pdf (230.9Kb) Texto completo Adobe PDF Visualizar/abrir

Este item está licenciado na Creative Commons License

Este item aparece na(s) seguinte(s) coleção(ões)


Mostrar registro completo

Percorrer



  • O autor é titular dos direitos autorais dos documentos disponíveis neste repositório e é vedada, nos termos da lei, a comercialização de qualquer espécie sem sua autorização prévia.
    Projeto gráfico elaborado pelo Caixola - Clube de Criação Fabico/UFRGS Powered by DSpace software, Version 1.8.1.