Repositório Digital

A- A A+

Comparação do valor nutritivo de farinhas de sangue e de farinhas de vísceras para suínos utilizando-se o método da proteína e gordura digestíveis e o método de substituição

.

Comparação do valor nutritivo de farinhas de sangue e de farinhas de vísceras para suínos utilizando-se o método da proteína e gordura digestíveis e o método de substituição

Mostrar registro completo

Estatísticas

Título Comparação do valor nutritivo de farinhas de sangue e de farinhas de vísceras para suínos utilizando-se o método da proteína e gordura digestíveis e o método de substituição
Autor Henn, João Dionísio
Ribeiro, Andrea Machado Leal
Kessler, Alexandre de Mello
Resumo Foram realizados dois experimentos com suínos de 49 e 65 kg (experimentos 1 e 2, respectivamente) para determinação dos valores de energia digestível (ED) de três farinhas de sangue (experimento 1): convencional (FSC), flash dried (FSFD) e células vermelhas spray dried (CVSD) e de três farinhas de vísceras (experimento 2): FV10,1; FV12,7 e FV16,7% de cinzas) por um método alternativo ao método de substituição (MSb). O método consistiu da substituição do amido da dieta basal por níveis crescentes do ingrediente-teste (7 e 14%). Os coeficientes de digestibilidade da proteína (CDPB) e da gordura (CDGB) foram obtidos por meio de análise de regressão entre a porcentagem de PB (ou GB) adicionada à dieta basal e a porcentagem de proteína digestível (ou gordura digestível) da dieta. Os ensaios de digestibilidade foram feitos por meio da coleta total de fezes durante cinco dias, após quatro dias de adaptação. Também foi constituído um tratamento com substituição de 25% de FSC ou FV-10,1% à dieta basal para determinação da ED pelo MSb. Os CDPB, ED e EMA foram 30%, 1.432 e 1.246 kcal/kg para FSC; 86,7%, 4.185 e 3.648 kcal/kg para FSFD e 84,6%, 4.041 e 3.512 kcal/kg para CVSD. Houve diferença nas curvas de regressão entre a FSC e as outras fontes. A ED da FSC pelo MSb foi de 988±268 kcal/kg. Para as FV-10,1; FV- 12,7 e FV-16,7, os CDPB, CDGB, ED e EMA foram, respectivamente, de 93,0; 87,6; 4.106; 3.719; 96,4; 85,6; 4.390; e 3.987 e 84,3%, 80,5%; 3.925 e 3.580 kcal/kg. Para o CDPB, houve diferença significativa entre as inclinações de regressão da FV-16,7, em comparação às outras fontes. Para os CDGB, não houve diferença significativa entre as inclinações. O valor de ED da FV-10,1, pelo MSb, foi 4.057±164 kcal/kg. É provável que o MSb subestime a ED de ingredientes de pouca palatabilidade, como as farinhas de sangue. É provável que o MSb subestime a ED de ingredientes de pouca palatabilidade, como as farinhas de sangue. O método alternativo apresenta-se como boa opção no cálculo da ED.
Abstract Two experiments (EXP) were carried out with 49 and 65 kg barrows (EXP 1 and 2, respectively) to determine digestible energy (DE) values of three sources of blood meals (EXP 1): conventional (CBM), flash dried (FDBM) and spray dried red blood cells (SDRBC), and of three poultry by-product meals (EXP 2) (PBM-10.1, PBM-12.7, and PBM-16.7% of ash content) by an alternative method to the replacement method (SbM). The method was based on the starch basal diet replacement with increasing levels of ingredient test (7 and 14%). Digestibility coefficients of protein (DCP) and fat (DCF) were obtained by the regression analysis between the percentage of added protein (or fat) in the basal diet and the dietary digestible protein (or digestible fat) percentage. Total feces collection was performed, during 5 days, for the digestibility assays, after 4 days of adaptation. Another treatment consisted of starch basal diet replacement with 25% of CBM or PBM-10.1 to determine DE by SbM. The DCP, DE and AME were of 30%, 1,432, and 1,246 kcal/kg for CBM; 86.7, 4.185, and 3,648 kcal/kg for FDBM and 84.6%, 4,041, and 3.512 kcal/kg for SDRBC, respectively. Regression lines difference was found between CBM and the other two sources. DE of CBM measured by SbM was of 988±268 kcal/kg. For PBM-10.1, PBM-12.7 and PBM-16.7, DCP, DCF, DE and AME were, respectively, 93.0, 87.6, 4,106, 3,719, 96.4, 85.6, 4,390, and 3,987 and 84.3%, 80.5%, 3,925, and 3,580 kcal/kg. Regression lines difference was found between PBP-16.7 and the other two sources for DCP. For DCF lines, no differences were found. DE value of PBM 10.1, measured by SbM, was of 4,057±164 kcal/kg. It is probable that SbM underestimate ingredient DE, specially for those with little palatability, as blood meals. The alternative method is a good option for DE calculations.
Contido em Revista brasileira de zootecnia= Brazilian journal of animal science, Viçosa, MG. Vol. 35, n. 4 (jul./ago. 2006), p. 1366-1372
Assunto Farinha de sangue
Farinha de víceras
Nutricao animal
Suino : Alimento para animal
[en] blood meal
[en] digestibility
[en] fat
[en] poultry by-product meal
[en] protein
Origem Nacional
Tipo Artigo de periódico
URI http://hdl.handle.net/10183/129266
Arquivos Descrição Formato
000550278.pdf (232.5Kb) Texto completo Adobe PDF Visualizar/abrir

Este item está licenciado na Creative Commons License

Este item aparece na(s) seguinte(s) coleção(ões)


Mostrar registro completo

Percorrer



  • O autor é titular dos direitos autorais dos documentos disponíveis neste repositório e é vedada, nos termos da lei, a comercialização de qualquer espécie sem sua autorização prévia.
    Projeto gráfico elaborado pelo Caixola - Clube de Criação Fabico/UFRGS Powered by DSpace software, Version 1.8.1.