Repositório Digital

A- A A+

Romeiros e turistas no Santuário de Bom Jesus da Lapa

.

Romeiros e turistas no Santuário de Bom Jesus da Lapa

Mostrar registro completo

Estatísticas

Título Romeiros e turistas no Santuário de Bom Jesus da Lapa
Autor Steil, Carlos Alberto
Resumo O presente trabalho aborda a relação entre peregrinação e turismo, tomando como referência o material de campo coletado no santuário de Bom Jesus da Lapa, Brasil. Turismo e peregrinação são tomados como categorias que condensam duas estruturas de significados, ou “tipos ideais”, no sentido weberiano, do que seria a verdadeira peregrinação ou o turismo genuíno. Nossa hipótese é que, enquanto a peregrinação, em seu sentido idealizado, remete ao modelo emocional da communitas (Victor Turner; Edith Turner), o turismo conduz ao modelo da societas (Norbert Elias), marcada pelo olhar distanciado e de estranhamento. Tomamos, assim, a romaria como um discurso metassocial que comporta duas formas de sociabilidade, que operam a partir de lógicas opostas: a da communitas, para a qual a verdadeira sociedade seria expressa pelo ideal fraterno da comunhão, e a da societas, onde a regra básica de funcionamento da sociedade estaria na distinção.
Abstract The relationship between pilgrimage and tourism is analyzed in this paper, based on field data collected at the religious shrine of Bom Jesus da Lapa, in Brazil. Tourism and pilgrimage are understood here as categories that concentrate two meaning structures, or “ideal types” in a Weberian sense, of what the true pilgrimage or what the true tourism would be. The hypothesis is that the pilgrimage, in its idealized sense, is linked to the emotional communitas model (Victor Turner; Edith Turner), while the category of tourism takes us to the societas model (Norbert Elias), characterized by its distant view and estrangement. The religious pilgrimage then is here understood as a meta social discourse that has within it two different forms of sociability, that operate based on opposing forms of thought: the logic of the communitas according to which true society would be expressed by the fraternal ideal of communion, and the logic of the societas, according to which distinction is the fundamental rule for society’s functioning.
Contido em Horizontes antropológicos. Porto Alegre. Vol. 9, n. 20 (out. 2003), p. 249-261
Assunto Antropologia e turismo
[en] Pilgrimage
[en] Popular catholicism
[en] Religious tourism
[en] Shrine
Origem Nacional
Tipo Artigo de periódico
URI http://hdl.handle.net/10183/129342
Arquivos Descrição Formato
000385852.pdf (71.59Kb) Texto completo Adobe PDF Visualizar/abrir

Este item está licenciado na Creative Commons License

Este item aparece na(s) seguinte(s) coleção(ões)


Mostrar registro completo

Percorrer



  • O autor é titular dos direitos autorais dos documentos disponíveis neste repositório e é vedada, nos termos da lei, a comercialização de qualquer espécie sem sua autorização prévia.
    Projeto gráfico elaborado pelo Caixola - Clube de Criação Fabico/UFRGS Powered by DSpace software, Version 1.8.1.